Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/423

Title: Diferentes regimes de amamentação e retorno à atividade ovariana cíclica pós-parto em ovelhas Santa Inês
???metadata.dc.creator???: Ascari, Ivan Júnior
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Alves, Nadja Gomes
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Péres, Juan Ramón Olalquiaga
???metadata.dc.contributor.referee1???: Lima, Renato Ribeiro de
Fonseca, Jeferson Ferreira da
???metadata.dc.description.concentration???: Reprodução
Keywords: Ácidos graxos não esterificados
Condição corporal
Desenvolvimento folicular
Mamada controlada
Progesterona
Non-sterified fatty acids
Body condiction
Follicular development
Controlled suckling
Progesterone
???metadata.dc.date.submitted???: 28-Feb-2012
Issue Date: 2013
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais - FAPEMIG
Citation: ASCARI, I. J. Diferentes regimes de amamentação e retorno à atividade ovariana cíclica pós-parto em ovelhas Santa Inês. 2012. 90 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
???metadata.dc.description.resumo???: Objetivou-se, neste estudo, avaliar o efeito de diferentes regimes de amamentação sobre a condição corporal e o intervalo do parto ao início da atividade ovariana cíclica em ovelhas Santa Inês. Foram utilizadas 32 ovelhas, alocadas em blocos, conforme a ordem de parto, o número de cordeiros e o peso corporal e submetidas a três tratamentos: amamentação contínua (n=11), amamentação controlada (n=10), com duas mamadas ao dia, por uma hora, a partir do 10o dia, ou desmame precoce (n=11), com separação total dos cordeiros no 10o dia. As ovelhas submetidas à amamentação controlada mantiveram contato auditivo com os cordeiros, mas sem contato visual, e as submetidas ao desmame precoce não mantiveram contato visual ou auditivo com seus cordeiros. Os animais foram avaliados no intervalo do 12o dia pós-parto até a manifestação do primeiro estro ou até os 60 dias pós-parto. O consumo de matéria seca e de nutrientes não diferiu entre as ovelhas dos tratamentos, mas diferiu ao longo do tempo. O peso, o escore de condição corporal, o ganho de peso, o ganho de peso médio diário, o ganho de escore de condição corporal, a percentagem de manifestação de estro, o intervalo do parto ao primeiro estro, à primeira ovulação e ao primeiro folículo com diâmetro maior ou igual a cinco milímetros e o diâmetro do primeiro folículo maior ou igual a cinco milímetros não diferiram entre as ovelhas que receberam os diferentes tratamentos. O consumo de matéria seca foi correlacionado ao peso das ovelhas que amamentaram continuamente e que foram submetidas à amamentação controlada, mas não das submetidas ao desmame precoce. O escore de condição corporal foi correlacionado ao peso das ovelhas de todos os tratamentos e ao consumo de matéria seca das submetidas à amamentação contínua. A concentração sérica de ácidos graxos não esterificados diminuiu ao longo do tempo nas ovelhas submetidas à amamentação controlada e ao desmame precoce, aumentou nas que amamentaram continuamente seus cordeiros (Interação tratamento x tempo) e não foi correlacionada ao consumo de matéria seca, peso e escore de condição corporal. O consumo de matéria seca, o ganho de peso médio diário e o ganho de peso foram maiores nos cordeiros submetidos à amamentação contínua e à controlada. O manejo de amamentação contínua não retardou o retorno à atividade ovariana cíclica pós-parto e não influenciou na condição corporal pós-parto de ovelhas Santa Inês.
The objective of this study was evaluating the effect of different suckling regimes upon the body condition and lambing interval on the onset of the cyclic ovarian activity in Santa Inês ewes. 32 ewes allocated in blocks according to the parity, number of lambs and body weigh and submitted to thee treatments: continuous sucking (n=11), controlled sucking (n=10) with two sucklings a day for one hour from the 10th day or early weaning (n=11), with total separation of the lambs on the 10th day were utilized. The ewes submitted to the controlled suckling kept auditory contact with the lambs, but without a visual contact and the ones submitted to the early weaning kept neither visual nor auditoryve contact with their lambs. The animals were evaluated in the interval of the 12th day post-partum till the manifestation of the first estrus our till the 60 days post-partum. The dry matter and nutrient intake did not differ among the ewes of the treatments, but it differed over time. The weight, body condition score, daily average weight gain, the body condition score gain, the percentage of estrus manifestation, the lambing interval at first estrus, at first ovulation and at the first follicle with a diameter larger or equal to 5mm did not differ among the ewes which were given the different treatments. Dry matter intake was correlated with the weight of the ewes which suckled continuously and which were submitted to the controlled suckling, but not of those submitted to the early weaning. The body score condition was correlated with the ewes’ weight of all the treatments and with dry matter intake of those submitted to the continuous suckling. The serum concentration of non-sterified fatty acids decreased over time in the ewes submitted to the controlled suckling and early weaning, it increased in the ones which suckled continuously their lambs (Interaction treatment x time) and was not correlated with the dry matter intake, weight and body condition score. The dry matter intake, daily average weight gain and weight gain were greater in the lambs submitted to continuous and suckling. The continuous suckling management did not delay the return to the cyclic post-partum ovarian activity and did not influence the post-partum body condition of Santa Inês ewes.
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, área de concentração em Ciências Veterinárias, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/423
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Diferentes regimes de amamentação e retorno à atividade ovariana cíclica pós-parto em ovelhas Santa Inês.pdf534.96 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback