Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42392
metadata.artigo.dc.title: Perfil fermentativo de silagens de cana-de-açúcar in natura ou queimada e tratadas ou não com Lactobacillus buchneri
metadata.artigo.dc.title.alternative: Fermentative profile of silage of fresh or burned sugarcane treated or not with L. buchneri
metadata.artigo.dc.creator: Siqueira, Gustavo Rezende
Reis, Ricardo Andrade
Schocken-Iturrino, Ruben Pablo
Roth, Anna Paula de Toledo Piza
Roth, Marcella de Toledo Piza
Resende, Flávio Dutra de
metadata.artigo.dc.subject: Ensilagem
Fermentação
Inoculante bacteriano
L. buchneri
Leveduras
Bacterial inoculant
Ensilage
Fermentation
Yeast
metadata.artigo.dc.publisher: Sociedade Brasileira de Zootecnia (SBZ)
metadata.artigo.dc.date.issued: Aug-2011
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SIQUEIRA, G. R. et al. Perfil fermentativo de silagens de cana-de-açúcar in natura ou queimada e tratadas ou não com Lactobacillus buchneri. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 40, n. 8, p. 1651-1661, ago. 2011. DOI: 10.1590/S1516-35982011000800005.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Objetivou-se comparar as perdas, a dinâmica microbiológica e as alterações fermentativas e nutritivas de silagens de cana-de-açúcar in natura ou queimada e tratadas ou não com Lactobacillus buchneri durante o período de armazenamento. Os tratamentos foram cana-de-açúcar in natura ou tratada com L. buchneri e cana-de-açúcar queimada ou tratada com L. buchneri, avaliadas com 0, 1, 4, 7, 14, 28 e 56 dias de fermentação, em três repetições por tratamento. Apenas antes da ensilagem foi constatada diferença significativa na população de leveduras entre cana-de-açúcar in natura e queimada, cujos valores foram de 4,85 e 5,43 log ufc/g de forragem, respectivamente. No decorrer do tempo de fermentação, ocorreu redução da recuperação de matéria seca e as perdas se prolongaram até o dia 56. A concentração de etanol foi alta até o dia 28 e estável até o dia 56, sem diferença entre tratamentos. A digestibilidade verdadeira in vitro da matéria seca sofreu severa redução já no primeiro dia de armazenamento, chegando a reduzir cerca de 20 unidades percentuais aos 56 dias de armazenamento. Silagens de cana-de-açúcar queimada apresentam maiores perdas e alterações fermentativas e nutricionais que silagens de cana-de-açúcar in natura. O L. buchneri deve ser utilizado em silagens de cana-de-açúcar queimada, mas nas de cana-de-açúcar in natura seu uso é dispensável.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The objective of this work was to compare losses, microbiological dynamics and nutritional and fermentative alterations in silages of fresh or burned sugar cane treated or not with Lactobacillus buchneri during storage period. Treatments were fresh sugar cane or treated with L. buchneri and sugar cane burned or treated with L. buchneri, evaluated with 0, 1, 4, 7, 14, 28 and 56 days of fermentation, in three replicates per treatment. Only before ensiling it was observed significant difference in the yeast population between fresh and burned sugar cane, whose values were 4.85 and 5.43 log ufc/g of forage, respectively. Over fermentation time, it occurred reduction of dry matter recovery and losses lasted until the 56th day. Ethanol concentration was high until day 28 and steady until day 56, with no difference among treatments. In vitro true dry matter digestibility was severely reduced in the first days of storage, reducing approximately 20 percentage units at 56 days of storage. Silage from burned sugar cane showed the greatest losses and changes on the fermentative and nutritional traits compared to fresh sugar cane silage. L. buchneri should be used on the burned sugar cane silage but for fresh sugar cane silage, its use is not necessary.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42392
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DZO - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons