Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42402
metadata.artigo.dc.title: Aterros sanitários municipais X consórcios públicos: a viabilidade econômica do consane
metadata.artigo.dc.title.alternative: Municipal landfills vs. public consortia: consane's economic viability
metadata.artigo.dc.creator: Barbosa, Gracielly Tomaz
Souza, Gabriela Rezende de
Ribeiro, André Geraldo Cornélio
Sant’Anna, Lindsay Teixeira
Franco, Camila Silva
metadata.artigo.dc.subject: Consórcio intermunicipal
Política pública
Recursos
Gestão de resíduos sólidos
Intermunicipal consortium
Public policy
Resources
Solid waste management
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Vale do Rio Verde
metadata.artigo.dc.date.issued: 2020
metadata.artigo.dc.identifier.citation: BARBOSA, G. T. et al. Aterros sanitários municipais X consórcios públicos: a viabilidade econômica do consane. Sustentare, [S.l.], v. 4, n. 1, jan./jul. 2020.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Uma das responsabilidades dos municípios se refere à destinação final dos resíduos sólidos urbanos (RSU), atividade essa de extrema oneração aos cofres públicos municipais. Analisar essa questão através da gestão associada de serviços (Consórcios Públicos Intermunicipais) demonstra-se fundamental no que tange a escassez de recursos públicos. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar a atuação e auxílio aos municípios do Consórcio Regional de Saneamento Básico – CONSANE, perante os serviços obrigatórios na destinação final de resíduos sólidos. Para tal, foram levantados o histórico da formação do Consórcio CONSANE, sua situação atual, e dados de população e da gestão dos resíduos sólidos. De posse destes dados, foram estimados o porte do aterro sanitário a ser construído para atender as demandas futuras dos municípios de forma consorciada e municipalizada. Os custos para implantação de um aterro sanitário por cada município de maneira isolada seria antieconômico e poderia gerar desperdício de recursos investidos, sendo que por meio do consorciamento seria alcançada uma economia de 56% nos recursos totais.
metadata.artigo.dc.description.abstract: One of the responsibilities the municipalities refers to urban waste (UW) disposal, an activity that is extremely burdensome to municipal coffers. Analyzing this issue through the associated services management (Intermunicipal Public Consortia) is fundamental when it comes to the scarcity of public resources. In this sense, the objective of this work is to evaluate the performance and assistance to the municipalities of the Regional Consortium of Basic Sanitation - CONSANE, towards the mandatory services concerning urban waste disposal. To this end, the history of the CONSANE arrangement, its current situation, population data and the solid waste management were surveyed. With these data, we estimated the landfill capacity to be built to meet the future demands of municipalities in a consortium and in a municipalized manner. The costs of implementing a landfill by each municipality singly would be uneconomical and could generate loss of invested resources. A savings of 56% of the total resources would be achieved by means of the consortium.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://periodicos.unincor.br/index.php/sustentare/article/viewFile/6171/pdf_58
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42402
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos
DRS - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.