Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42476
metadata.teses.dc.title: Relação espaço-temporal e espectral da ferrugem do café arábica com índices de vegetação do Sentinel-2
metadata.teses.dc.title.alternative: Space-temporal and spectral relationship of arabica coffee rust with sentinel-2 vegetation indices
metadata.teses.dc.creator: Cortez, Matheus Luiz Jorge
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/4628849488054055
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Alves, Marcelo de Carvalho
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Ferreira, Elizabeth
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Carvalho, Gladyston Rodrigues
metadata.teses.dc.subject: Sensoriamento remoto
Índices de vegetação
Hemileia vastatrix
Cafeeiro - Ferrugem
Remote sensing
Vegetation indices
Coffee - Rust
metadata.teses.dc.date.issued: 18-Aug-2020
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: CORTEZ, M. L. J. Relação espaço-temporal e espectral da ferrugem do café arábica com índices de vegetação do Sentinel-2. 2020. 40 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2020.
metadata.teses.dc.description.resumo: A ferrugem do café (Hemileia vastatrix Berkeley & Broome) é a principal doença desse plantio no Brasil. O controle é realizado com produtos químicos de acordo com o calendário, a fim de evitar a epidemia da doença. O objetivo deste trabalho foi identificar a ferrugem do café usando MSI/Sentinel-2 por meio de análises envolvendo índices de vegetação e dados de incidência, desfolhamento e produtividade obtidos in situ. A área amostral está situada no campo experimental da EPAMIG, em Três Pontas-MG. Ela conteve duas parcelas na lavoura de café, com 42 anos de idade, suscetível à ferrugem. O controle químico convencional da doença foi realizado em apenas uma das parcelas. A incidência de ferrugem do café em áreas com e sem controle químico foi avaliada mensalmente durante cinco meses, de dezembro de 2018 a abril de 2019, período com condições ambientais ideais para a ocorrência da ferrugem do café. Após correlação de Pearson, realizada entre 10 diferentes índices de vegetação com dados de incidência de ferrugem, desfolha e produtividade, foram verificadas relações entre as variáveis em estudo. As correlações ocorreram principalmente entre os níveis de incidência de ferrugem do café em fevereiro de 2019 e os índices de vegetação gerados com imagem do Sentinel - 2 de agosto de 2018, setembro de 2018 e fevereiro de 2019 (IRECIago r = 0,566; IRECIset r = 0,493; NDMIfev r = -0,518; NDVI(RE1)fev r = -0,562; CI(RE1)fev r = -0,573; MSR(RE1)fev r = -0,569), para áreas onde não houve controle da ferrugem do café. Os índices obtidos por meio de relações que utilizam apenas as bandas Red-Edge 1 e Near Infra-Red (NDVI(RE1), CI(RE1) e MSR(RE1)) foram mais sensíveis para capturar as mudanças espectrais da vegetação devido à ocorrência da ferrugem do café no decorrer dos meses. Já o índice IRECI demonstrou sensibilidade para predição de áreas com maior potencial de incidência da ferrugem do café.
metadata.teses.dc.description.abstract: Coffee rust (Hemileia vastatrix Berkeley & Broome) is the main coffee disease in Brazil. The control of coffee rust is carried out with chemicals according to the calendar to prevent the disease epidemic. The objective of this work was to identify coffee rust using MSI / Sentinel-2 by means of analyzes involving vegetation indeces and coffee rust incidence, defoliation and yeld data obtained in situ. The sample area located in the EPAMIG experimental field in Três Pontas-MG contained two plots in 42 years old coffee crop, in a cultivar susceptible to rust. Conventional chemical control of rust was carried out in only one of the plots. Coffee rust incidence in areas with and without chemical control were assessed monthly for five months, from December 2018 to April 2019, a period with ideal environmental conditions for the occurrence of the disease. After Pearson's correlation performed between 10 different vegetation indexes with data on coffee rust incidence, defoliation and yeld, relationships between the variables under study were verified. Correlations occurred mainly between coffee rust levels in February 2019 and the vegetation indices generated with the Sentinel-2 image from August 2018, September 2018 and February 2019 (IRECIAug r = 0.566; IRECISep r = 0.493; NDMIFeb r = -0.518; NDVI(RE1)Feb r = -0.562; CI(RE1)Feb r = -0.573; MSR(RE1)Feb r = -0.569), for areas where there was no coffee rust control. The indeces obtained through relationships that use only the Red-Edge 1 and Near Infra-Red bands (NDVI (RE1), CI (RE1) and MSR (RE1)) were more sensitive to capture the spectral changes of vegetation due to the occurrence of coffee rust over the months. The IRECI index, on the other hand, demonstrated sensitivity to predict areas with a higher potential for coffee rust incidence.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor até agosto 2021.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42476
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DEG - Engenharia Agrícola - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.