Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4256

Título: Desempenho reprodutivo e resfriamento de embriões de espécies de peixes nativas mantidas em cativeiro
Título Alternativo: Reproductive performace and cooling of embryos of native fish species kept in captivity
Autor(es): Pereira, Gilmara Junqueira Machado
Orientador: Murgas, Luis David Solis
Membro da banca: Drummond, Cristina Delarete
Borges, Jerry Carvalho
Pompeu, Paulo dos Santos
Winkaler, Elissandra Ulbricht
Área de concentração: Produção Animal
Assunto: Peixe - Reprodução
Peixe - Embrião
Piracanjuba
Curimba
Crioprotetor
Cryoprotectant
Data de Defesa: 25-Fev-2010
Data de publicação: 1-Out-2014
Referência: PEREIRA, G. J. M. Desempenho reprodutivo e resfriamento de embriões de espécies de peixes nativas mantidas em cativeiro. 2010. 147 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Realizou-se este trabalho com objetivo de avaliar o desempenho reprodutivo de curimba, pacu e piracanjuba mantidos na piscicultura da Estação Ambiental de Itutinga da Cemig (EAI -Cemig) e avaliar também a influência da utilização de diferentes concentrações de dimetilsulfóxido (DMSO) e metanol em embriões de curimba, após serem submetidos ao resfriamento por duas, quatro, seis e oito horas a 4ºC. A indução hormonal foi realizada pelo método de hipofisação, utilizando extrato bruto de hipófise de carpa (EBHC) e foram analisados os seguintes parâmetros: eficiência reprodutiva, tempo de desova, peso da desova, fertilidade inicial, taxa de fertilização, fertilidade final, fetilidade inicial relativa e fertilidade final relativa. Para curimba, a eficiência reprodutiva foi, em média, de76 a 96%, e a desova ocorreu entre 7 a 8 horas após a última aplicação hormonal, alcançando taxa de fertilização de 66,9%, resultando, em média, 180.000 larvas de curimba. A desova de pacu ocorreu entre 9 a 12 horas após a última aplicação hormonal, resultando em uma produção de ovócitos superior a 500.000, e a taxa de fertilização foi de 78%. A pirancanjuba apresentou eficiência reprodutiva de 50,5 a 87,5%, e o peso da desova das fêmeas foi, em média, de 206,6g de ovócitos, com a taxa de fertilização de até 76,9%, sendo produzidas 45.000 larvas. O resfriamento tem sido utilizado como uma estratégia de conservação de embriões de peixe por um tempo limitado. Foram testados dois criprotetores intraceluar: o DMSO e o metanol em concentração de 5; 7,5; 10 e 12,5%. A temperatura de resfriamento foi de 4ºC por duas, quatro, seis e oito horas. Foram analisados a taxa de eclosão dos embriões, as larvas viáveis, aquelas que eclodiram e os ovos gorados, ou seja, os que não completaram o seu desenvolvimento após o resfriamento. O aumento na concentração do crioprotetor e o tempo de resfriamento promoveram a redução da taxa de eclosão dos embriões e na porcentagem de larvas viáveis de curimba. As soluções contendo apenas água e sacarose obtiveram taxas de eclosão menores que 25%. O tempo de resfriamento promoveu uma redução na taxa de eclosão dos embriões, independentemente da concentração da solução criprotetoras. Nas soluções em que foi utilizado o metanol como crioprotetor intrecelular, a porcentagem de larvas viáveis foi superior àquelas em que o criprotetor intracelular foi o DMSO. As porcentagens de ovos gorados observados, durante o resfriamento de embriões de curimba, demonstram um aumento significativo em relação ao incremento das concentrações dos criprotetores e os tempos de resfriamento. As espécies de estudo apresentaram elevado desempenho reprodutivo, o que significa que essas espécies são capazes de se reproduzirem em condições de cativeiro. É necessária a utilização de soluções criproteras durante o resfriamento de embriões de curimba, permitindo um aumento significativo das taxas de eclosão dos embriões e das larvas viáveis de curimba.
The objective of this study was to evaluate the reproductive performance of curimba, piracanjuba and pacu fish kept in Station Environmental Itutinga CEMIG and evaluate the influence of using different concentrations of dimethyl sulfoxide (DMSO) and methanol in embryos curimba, after being subjected to cooling at two, four, six and eight hours at 4 º C. The hormonal induction was performed by hypophysation using crude extract of carp pituitary and were analyzed the following parameters: reproductive efficiency, time of spawning, weight of spawning, initial fertility, fertilization rate, final fertility, relative initial fertility and relative final fertility. For curimba reproductive efficiency averaged 76 to 96%, spawning occurred between 7 to 8 hours after the last hormonal application, reaching the fertilization rate of 66.9%, resulting in an average of 180 000 larva of curimba. Spawning pacu occurred between 9 at 12 hours after the last hormonal application, resulting in a production of over 500 000 oocytes, the fertilization rate was 78%. The pirancanjuba presented reproductive efficiency from 50.5 to 87.5%, the weight of spawning females averaged 206.6 g of oocytes, fertilization rate with up to 76.9%, were produced 45 000 larva. The cooling has been used as a strategy for conservation of fish embryos for a limited time. We tested two intracellular cryprotectants, DMSO and methanol in concentrations of 5.0, 7.5, 10.0 and 12.5%. The cooling temperature was 4 °C for two, four, six and eight hours. We analyzed the hatching rate of embryos, viable larva, those that hatched and the spoiled eggs, those who have not completed their development after cooling. The increase in the concentration of cryoprotectant and cooling time promoted the reduction of hatching rate of embryos and in the percentage of viable larva of curimba. The solutions containing only water and sucrose obtained hatching rates lower than 25%. Cooling time promoted a reduction in hatching rate of embryos, regardless of the concentration of the cryoprotectant solution. In solutions that used methanol as cryoprotectant intrecelular, the percentage of viable larva was higher than those in which the intracellular cyoprotectant was DMSO. The percentages of spoiled eggs observed during the cooling of embryos curimba show a significant increase compared to the increase in concentrations of cryoprotectants and times of cooling. The species studied showed a high reprodutive performance, show that these species are able to reproduce under conditions of captivity. It is necessary to use cryoprotectants solutions during cooling of embryos curimba, allowing a significant increase in hatching rates of embryos and percentages of viable larva of curimba.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4256
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Desempenho reprodutivo e resfriamento de embriões de espécies de peixes nativas mantidas em cativeiro.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback