Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42664
metadata.artigo.dc.title: Adição de fitase em rações com diferentes níveis de energia metabolizável, proteína bruta e fósforo disponível para frangos de corte de 1 a 21 dias
metadata.artigo.dc.title.alternative: Phytase addition to diets with different levels of metabolizable energy, crude protein and available phosphorus to broilers from 1 to 21 days of age
metadata.artigo.dc.creator: Alvarenga, Renata Ribeiro
Tortuga, Adriano Kaneo Nagata
Rodrigues, Paulo Borges
Zangeronimo, Márcio Gilberto
Pucci, Luis Eduardo Avelar
Hespanhol, Renato
metadata.artigo.dc.subject: Aditivo
Enzimas
Nutrição
Qualidade das excretas
Proteína ideal
Additive
Enzyme
Excrement quality
Ideal protein
Nutrition
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Goiás (UFG)
metadata.artigo.dc.date.issued: Dec-2011
metadata.artigo.dc.identifier.citation: ALVARENGA, R. R. et al. Adição de fitase em rações com diferentes níveis de energia metabolizável, proteína bruta e fósforo disponível para frangos de corte de 1 a 21 dias. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 12, n. 4, p. 602-609, out./dez. 2011. DOI: 10.5216/cab.v12i4.10247.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Objetivou-se avaliar o desempenho e a excreção de poluentes em frangos de corte de 1 a 21 dias recebendo dietas com fitase combinada com diferentes níveis de energia metabolizável (EMAn), proteína bruta (PB) e fósforo disponível (Pd) e suplementadas com aminoácidos. Para a avaliação do desempenho, 1.350 pintos machos Cobb com um dia de idade (peso de 45,5 ± 0,9g) foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4x2+1 (quatro níveis de EMAn – 2850, 2950, 3050 e 3150 kcal/kg – e dois de PB com fósforo disponível – 17 com 0,34% e 19 com 0,26%, respectivamente, todos com fitase – e um tratamento adicional – controle, sem fitase, com 21% PB, 3000 kcal/kg de EMAn e 0,46% de Pd), em seis repetições de 25 aves cada. Para a avaliação da excreção de poluentes, foram utilizados 270 pintos aos 14 dias de idade alojados em gaiolas metabólicas em grupos de cinco, durante sete dias, utilizando-se o mesmo delineamento. O uso de fitase, apesar de reduzir a excreção de fósforo e de cobre, piorou o ganho de peso e a conversão alimentar, em todos os planos nutricionais estudados. Em rações com fitase, os níveis energéticos reduziram de forma linear o consumo de ração e melhoraram a conversão alimentar e a excreção de cálcio e potássio. A energia reduziu a excreção de nitrogênio, fósforo e zinco somente em rações com 17% PB e 0,34% de Pd. A redução da PB em rações com fitase melhorou a conversão alimentar, além de reduzir a excreção de nitrogênio e potássio. Conclui-se que a fitase piora o desempenho de frangos de corte até a terceira semana de idade quando combinada com níveis reduzidos de PB e Pd.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The objective of this study was to evaluate the performance and the pollutant excretion of broilers from 1 to 21 days of age fed diets with different levels of metabolizable energy (MEn), crude protein (CP) and available phosphorus (aP), supplemented with amino acids and phytase. To evaluate the performance, 1,350 Cobb broilers at one day of age (weight of 45.5 ± 0.9g) were distributed in a completely randomized design in a 4x2+1 factorial arrangement (four levels of MEn –2,850; 2,950; 3,050 and 3,150 kcal/kg –and two of CP and aP –17 with 0.34% and 19 with 0.25%, respectively, all with phytase, and an additional treatment –control, without phytase, with 21% PB, 3,000 kcal/kg MEn and 0.46% aP), in six replications with 25 birds. To evaluate the excretion of pollutants, 270 broilers at 14 days of age were allotted in metabolic cages in groups of five during seven days, using the same statistical design. Although the use of phytase reduced phosphorus and copper excretion, it decreased weight gain and increased feed conversion ratio in all studied nutritional plans. In phytase-diets, the energetic levels linearly reduced feed intake and improved feed conversion ratio and calcium and potassium excretion. Energy reduced the nitrogen, phosphorus and zinc excretion only in 17% CP and 0.34% aP diets. Crude protein reduction in phytase-diets improved feed conversion ratio and reduced nitrogen and potassium excretion. It was concluded that phytase decreases broiler performance until thethird week of age when combined with reduced levels of CP and aP in diets.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42664
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DZO - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons