Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42980
metadata.artigo.dc.title: Investigação sobre cachaças brasileiras quanto a sua padronização e qualidade
metadata.artigo.dc.title.alternative: Investigation of brazilian cachaças regarding their standardization and quality
Investigación sobre las cachazas brasileñas en cuanto a su estandarización y calidad
metadata.artigo.dc.creator: Santiago, Wilder Douglas
Borges, Cleber Nogueira
Barbosa, Richard Bispo
Mendonça, Hélia Alves
Nelson, David Lee
Cardoso, Maria das Graças
metadata.artigo.dc.subject: Cana de açúcar
Bebidas - Controle de qualidade
Contaminantes
Sugar cane
Drinks - Quality control
Contaminants
metadata.artigo.dc.publisher: CDRR Editors
metadata.artigo.dc.date.issued: 2020
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SANTIAGO, W. D. et al. Investigação sobre cachaças brasileiras quanto a sua padronização e qualidade. Research, Society and Development, Vargem Grande Paulista, v. 9, n. 7, e387974117, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4117.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O agronegócio da cachaça é uma prática representativa no mercado brasileiro.Estima-se que o setor produza anualmente 1,3 bilhão de litros da bebida, tendo um total de 30mil estabelecimentos produtores, gerando mais de 450 mil empregos diretos e indiretos. O processo produtivo da cachaça se estabelece em quase todos os estados brasileiros, sendo os principais estados produtores São Paulo, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro, Goiás e Minas Gerais, que respondem por cerca de 75% da produção nacional. A cadeia produtiva da cachaça no país não é homogênea, mesmo pela tradição e pela importância econômica desta bebida no país. Buscam-se melhorias no desenvolvimento de tecnologias para aperfeiçoar e controlar a qualidade e a padronização da bebida nos aspectos físico-químicos e sensoriais. Assim, o objetivo deste trabalho foi identificar a similaridade das variáveis determinantes da qualidade das cachaças produzidas em nosso país utilizando a técnica da análise de agrupamento multivariada. Foram coletadas 512 amostras, onde suas análises físico-químicas foram aplicadas na análise multivariada. Pelos resultados foi possível observar que 70% das amostras estudadas apresentam padrões de identidade e qualidade exigidos pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). Todos os parâmetros analisados apresentaram resultados de inconformidade frente a legislação. Com a Análise das Componentes Principais (PCA) aplicada, foi possível observar uma homogeneidade quanto ao processo produtivo em relação ao perfil físico-químico realizado nas amostras. De maneira geral é possível inferir que o processo produtivo da cachaça está sendo satisfatório, porem muita coisa pode ser melhorada em relação ao comercio e na padronização das cachaças brasileiras.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The cachaça agribusiness is a representative practice in the Brazilian market. It is estimated that the sector produces 1.3 billion liters of beverage annually, and a total of 30,000 producing establishments generate more than 450.000 direct and indirect jobs. The cachaça production process is established in almost all Brazilian states, where the main producing states are São Paulo, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro, Goiás and Minas Gerais, which account for about 75% of the national production. The cachaça production chain in the country is not homogeneous, in spite of the tradition and the economic importance of this beverage in the country. Improvements are sought in the development of technologies to improve and control the physicochemical and sensory aspects of the quality and standardization of the beverage. Thus, the objective of this work was to identify the similarity of the variables that determine the quality of cachaça produced in Brazil using multivariate cluster analysis. We collected 512 samples, and their physicochemical analyses were applied in multivariate analysis. Of the samples, 70% presented identity and quality standards required by the ABPM. All the results for the parameters analyzed were non-compliant with the legislation. With the PCA applied, a homogeneity in the production process with respect to the physicochemical profile was observed in the samples. In general, the production of cachaça can be inferred as being satisfactory, but much can be improved with respect to commercialization and standardization of Brazilian cachaça.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/42980
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DQI - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Investigação sobre cachaças brasileiras quanto a sua padronização e qualidade.pdf435,81 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons