Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4320

Título: Seleção de linhagens de feijão tipo carioca com pirâmide de alelos de resistência à antracnose e outros fenótipos favoráveis
Título Alternativo: Selection of Carioca type common beans lines with a pyramid of resistant alleles to anthracnose and other favourable phenotypes
Autor(es): Pereira, Helton Santos
Orientador: Santos, João Bosco dos
Membro da banca: Souza, Elaine Aparecida de
Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Feijão
Antracnose
Colletotrichum lindemuthianum
Common bean
Anthracnose
Data de Defesa: 5-Fev-2003
Data de publicação: 3-Out-2014
Referência: PEREIRA, H. S. Seleção de linhagens de feijão tipo Carioca com piramide de alelos de resistência a antracnose e outros fenótipos favoráveis. 2003. 78 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.
Resumo: O uso de cultivares de feijão com resistência é um dos meios de controle mais efetivo da antracnose (Colletotrichum lindemuthianum). Em função da pequena durabilidade das cultivares com apenas um alelo de resistência, pode-se construir uma pirâmide de alelos de resistência para aumentar a vida útil dos alelos verticais. Na obtenção de novas cultivares de feijão resistentes à antracnose, outros fenótipos de interesse agronômico também devem ser considerados, entre eles a produção de grãos, o tipo de grãos, a reação à mancha angular (Phaeoisariopsis griseola) e o porte da planta. Sendo assim, os objetivos desse trabalho foram identificar linhagens com pirâmide de alelos de resistência à antracnose e que reúnam outros fenótipos agronômicos desejáveis. Foram utilizadas 256 linhagens, obtidas do programa de retrocruzamentos entre o genitor doador G2333, portador de três alelos de resistência à antracnose (Co-42, Co-5 e Co-7), e os genitores recorrentes ESAL 696 e CI140, que possuem boas características agronômicas. Essas linhagens foram inoculadas com três raças (2047, 1545 e 73) do patógeno e algumas foram submetidas à análise RAPD com marcadores moleculares ligados ao alelo Co-5. As linhagens também foram avaliadas quanto a produção de grãos, tipo de grãos, reação à mancha angular e porte em quatro experimentos de campo. Foi possível identificar a constituição genética das linhagens quanto a reação à antracnose e selecionar cinco que reúnem, além da resistência à antracnose, alta produtividade, grãos do tipo Carioca, maior resistência à mancha angular e porte mais ereto. Entre elas, duas são portadoras de pirâmide de alelos de resistência em pelo menos dois genes e de duas constituições diferentes (Co-5 e Co-7) e (Co-42 e Co-5). Essas linhagens possuem grandes chances de se tornarem novas cultivares. Também foi possível identificar linhagens que possuem apenas o alelo Co-7, que podem ser empregadas para que esse possa ser melhor conhecido, marcado e utilizado.
Resistant common bean cultivars is one of the best way to control the anthracnose, caused by Colletotricum lindemuthianum. Cultivars with a pyramid of two or more resistant alleles have priority for selection in breeding programs due to the short life of lines having only one resistant allele. Furthermore, in the selection of improved cultivars, superior agronomic phenotypes for other traits should also be considered. Among these traits resistance to angular leaf spot (Phaeoisariopsis griseola), plant architecture and grain type and yield are of most importance. The objectives of this research were to identify lines with a pyramid of resistant alleles to anthracnose and other desirable phenotypes for agronomical traits. Two hundred and fifty six lines from a backcross between the donor parent G2333, carrying three resistant alleles of independent genes (Co-42, Co-5 e Co-7) and the recurrent parents ESAL 696 and CI140, which have other superior agronomic phenotypes were evaluated. The lines were inoculated with three pathogen races (2047, 1545 and 73) and were analysed with two RAPD markers linked to the Co-5 allele. The lines were also evaluated for grain type and yield, resistance to angular leaf spot and plant architecture in four field trials. The genotypes of most lines were identified for anthracnose resistance, and the best five lines for grain yield, Carioca grain type, resistance to angular leaf spot and upright plant architecture were selected. Among the lines two have a pyramid with at least two resistant alleles of genes Co-5 and Co-7 and Co-42 and Co-5. These lines have a chance to become new cultivars. Other lines carrying only the Co-7 allele were identified, but they need to be studied further and the allele marked in order to be utilized.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4320
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Seleção de linhagens de feijão tipo carioca com pirâmide de alelos de resistência à antracnose e outros fenótipos favoráveis.pdf530,87 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback