Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4349

Título: Validação do efeito do gene AltSB que controla a tolerância ao alumínio em sorgo
Título Alternativo: Validation of the effect of the gene AltSB that controls the tolerance to aluminum toxicity in Sorghum
Autor(es): Silva, Lidianne Assis
Orientador: Souza, João Cândido de
Membro da banca: Von Pinho, Renzo Garcia
Schaffert, Robert Eugene
Tardin, Flávio Dessaune
Assunto: Sorgo
Alumínio
Gene AltSB
Solos ácidos
Sorghum bicolor
Sorghum
Aluminum
Acid soils
Data de Defesa: 31-Jul-2008
Data de publicação: 7-Out-2014
Referência: SILVA, L. A. Validação do efeito do gene Altsb que controla a tolerância ao alumínio em sorgo. 2008. 75 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: A toxicidade ao alumínio é um dos principais fatores limitantes à expansão da produção em solos ácidos, os quais representam uma grande área com capacidade produtiva de regiões tropicais e subtropicais. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de realizar a validação, no campo, de linhagens de sorgo classificados como tolerantes e susceptíveis ao alumínio tóxico, avaliando o efeito do gene AltSB que controla tolerância ao alumínio, em plantas cultivadas em três níveis de saturação de alumínio, bem como avaliar o crescimento de raiz seminal em solução nutritiva e, posteriormente, calcular correlação entre as características avaliadas em ambos os experimentos. Os experimentos foram realizados em câmara de crescimento, no ano de 2007 e no sítio de fenotipagem para tolerância ao alumínio nas safras 2007 e 2008, na Embrapa Milho e Sorgo. Avaliaram-se 92 acessos, sendo 90 linhagens, obtidas do cruzamento de BR007B (susceptível) x SC283 (tolerante) contrastantes ao alumínio tóxico e os dois parentais em solução nutritiva, bem como no campo. Em solução nutritiva, o experimento foi avaliado em blocos ao acaso, num esquema fatorial 92x2, sendo 90 linhagens com os dois parentais em dois níveis de concentração de Al (0 e 27µM), com duas repetições. As características avaliadas foram comprimento raiz inicial (CRI), crescimento líquido de raiz (CLR) após 5 dias com e sem Al, crescimento líquido de raiz (CLR) após 5 dias com Al relativo à zero, crescimento relativo raiz seminal (CRRS) e crescimento relativo raiz seminal (CRRS) relativo à zero. Os experimentos de campo (safras 2007 e 2008) foram avaliados em blocos ao acaso, num esquema fatorial 92x3x2, sendo 90 linhagens e dois parentais cultivados em 3 níveis de saturação de Al (0%, 20% e 40%), por 2 anos, com 3 repetições. As características avaliadas foram florescimento (dias), altura (cm) e produtividade (t ha-1). Houve diferenças significativas entre médias das linhagens para todas as características avaliadas, tanto em solução nutritiva como no campo, em todos os níveis de saturação de alumínio. Houve correlação significativa entre as características crescimento líquido de raiz 5 dias no nível 27µM de Al e produtividade de grãos no nível 40% de saturação de Al na safra 2007, cuja magnitude foi de 0,44. Isto demonstra que plântulas, com maiores crescimentos líquidos de raiz aos 5 dias com Al (27µM) tendem a ser mais produtivas, validando, assim, o efeito do gene AltSB.
Aluminum toxicity is one of the principal factors limiting the expansion of crop production on acid soils, which represent a large area with crop production capacity in tropical and subtropical regions. The objective of this study was to validate the effect of the sorghum aluminum tolerant gene AltSB for grain production in field conditions and correlate grain production with seedling seminal root growth in nutrient solution. The nutrient solution experiments was conducted in a growth chamber at Embrapa Maize and Sorghum in 2007 and the field studies were conducted at the aluminum tolerant phenotyping site with three levels of aluminum saturation in 2007 and 2008. Ninety two entries, 90 recombinant inbreed lines derived from the cross of BR007B (susceptible) and SC283 (tolerant), lines contrasting for tolerance to aluminum toxicity and the two parents, were evaluated in nutrient solution and in the field. Seedlings of the entries were evaluated as a factorial 92x2 in nutrient solution in a randomized complete block design; 90 recombinant inbreed lines plus the parents at two concentrations of Al (0 e 27µM) with two replications. The characteristics evaluated were initial seminal root length, net seminal root growth in five days (NSRG), relative root growth (RSRG), NSRG relative to zero Al and RSRG relative to zero Al. The field experiments in 2007 and 2008 were conducted as a factorial 92x3x2; 90 recombinant inbreed lines with 2 parents, three replications for two years in a randomized complete block in each of three levels of Al saturation in the topsoil (0, 20, and 40%). The characteristics evaluated were days to flower, plant height (cm) and grain productivity (t ha-1). Significant differences of were obtained for all the characteristics evaluated in nutrient solution and in the field. Significant correlation (r = 0,44) was observed for NSRG at 27µM Al in nutrient solution and grain production in the field at 40% Al saturation in 2007. These results together with genotyping data for the presence of Al tolerant AltSB provided the validation of AltSB in the field.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4349
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Validação do efeito do gene AltSB que controla a tolerância ao alumínio em sorgo.pdf466,49 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback