Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4350

Título: Meiose e viabilidade do pólen em Solanum commersonii ssp. e Solanum tuberosum L.
Título Alternativo: Meiosis and pollen viability in Solanum commersonii ssp. and Solanum tuberosusm L.
Autor(es): Tomé, Lívia Gracielle Oliveira
Orientador: Davide, Lisete Chamma
Membro da banca: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Torres, Giovana Augusta
Barbosa, Sandro
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Batata
Pólen
Meiose
Melhoramento genético vegetal
Potato
Pollen
Meiosis
Plant breeding
Data de Defesa: 30-Jul-2004
Data de publicação: 7-Out-2014
Referência: TOME, L. G. O. Meiose e viabilidade do polen de Solanm commersonii ssp e Solanum tuberosum L. 2004. 73 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: Dentre as dificuldades de se promover a introgressão de genes presentes em espécies selvagens na espécie cultivada da batata, destacam-se as barreiras da ploidia, do número de balanço do endosperma (EBN) e anormalidades meióticas. Neste trabalho avaliaram-se a viabilidade do pólen, a meiose e a freqüência de polens não reduzidos com o objetivo de indicar materiais promissores para o melhoramento genético. Foram avaliados três clones de Solanum commersonii commersonii, dois de Solanum commersonii malmeanum e seis clones, quatro cultivares e um híbrido de Solanum tuberosum nos estudos de viabilidade do pólen pelas técnicas de germinação in vitro e coloração. Os diâmetros de polens de S commersonii ssp. foram medidos para a estimativa da freqüência de polens não reduzidos. Para a avaliação da meiose, utilizou-se a metodologia de esmagamento nos clones de S. commersonii ssp., bem como para a cultivar Chiquita de S. tuberosum. A técnica de meiose por maceração enzimática e secagem ao ar foi utilizada para o estudo do pareamento cromossômico nos clones de S. commersonii ssp. De maneira geral, os clones selvagens apresentaram maior viabilidade do pólen em relação à espécie cultivada. O clone SCC 07 destacou-se em relação aos demais clones de S. commersonii ssp. por apresentar bom percentual de germinação de pólen e produzir pólen não reduzido, além de apresentar baixas freqüências de anormalidades meióticas. O clone SCC 100, apesar de apresentar boa freqüência de pólen não reduzido, possui baixa viabilidade de pólen explicada por um alto índice de anormalidades meióticas. Os clones SCM 57 e SCM 60, apesar de não terem apresentado polens não reduzidos, possuem mecanismos meióticos para produzi-los, sendo, inclusive, os clones de S. commersonii ssp. com as maiores taxas de viabilidade de pólen. A cultivar Chiquita apresentou boa viabilidade do pólen e baixo percentual de anormalidades meióticas, confirmando seu bom desempenho no programa de melhoramento da UFLA, como genitor masculino. Nos estudos de pareamento cromossômico, o clone SCC 07 mostrou pareamento regular, com doze bivalentes em todas as células avaliadas.
One of the main difficulties to promote genes introgression from wild species to the cultivated species consists in the ploidy barriers, endosperm balance number (EBN) and meiotic abnormalities. In this work the evaluations consisted of pollen viability, meiosis and frequency of non-reduced pollens, with the objective to indicate promising materials, which may be used in breeding programs. Three Solanum commersonii commersonii (SCC) clones and two Solanum commersonii malmeanum (SCM) were evaluated, together with six other clones, 4 different cultivars and a hybrid of Solanum tuberosum, in the studies of pollen viability by the techniques of in vitro germination and staining. Diameters of S. commersonii ssp pollens were measured to estimate the frequency of non-reduced pollens. For meiosis evaluation, the squashing technique was used in the clones S. commersonii ssp., as well as to the Chiquita cultivar of S. tuberosum. The techniques of enzymatic maceration and airdrying, for meiosis studies, were used to verify chromosome paring in the S. commersonii ssp clones. In general, the wild clones presented higher amounts of viable pollens, in relation to other cultivated species. The SCC 07 clone outstands from the other S commersonii ssp clones for presenting a high percentage of pollen germination associated to the occurrence of non-reduced pollen, besides presenting low frequencies of meiotic abnormalities. Thus, it can be considered a promising material to be used for breeding. Although the SCC 100 clone has presented a high frequency of non-reduced pollen, it showed low pollen viability, due to a high percentage of meiotic abnormalities. Although the SCM 57 and SCM 60 clones, have not presented non-reduced pollens, they have meiotic mechanisms which possibly can conduct to the formation of nonreduced pollen, and also the S. commersonii ssp clones with the highest rates of pollen viability. The Chiquita cultivar presented good pollen viability and a low percentage of meiotic abnormalities, confirming its good behavior as male parent in the UFLA breeding program. In the chromosome paring studies, the SCC 07 clone presented regular pairing showing twelve bivalents in all cells evaluated.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4350
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Meiose e viabilidade do pólen em Solanum commersonii ssp. e Solanum tuberosum L..pdf853,42 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback