Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4375
Título: Seleção de clones e identificação de marcadores genéticos para qualidade de processamento da batata
Título(s) alternativo(s): Selection of clones and identification of genetic markers for tuber processing traits in potato.
Autor : Andreu, Mario Alejandro
Primeiro orientador: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Primeiro membro da banca: Carvalho, Dulcinéia de
Santos, João Bosco dos
Barbosa, Márcio Henrique Pereira
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: Melhoramento genético vegetal
Marcador molecular
Solanum tuberosum
Seleção de clone
Regressão linear múltipla
Backward
Plant breeding
Molecular markers
Clone selection
Multiple linear regression
Data da publicação: 8-Out-2014
Referência: ANDREU, M. A. Seleção de clones e identificação de marcadores genéticos para qualidade de processamento da batata. 2004. 94 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: O sucesso de um programa de melhoramento de batata depende fundamentalmente de algumas etapas, como a correta escolha de genitores e a eficiente seleção de genótipos superiores em populações segregantes. Uma das potentes ferramentas para auxiliar nesta seleção são os marcadores genéticos, que permitem a identificação precoce e precisa dos indivíduos com melhor combinação de alelos favoráveis. A detecção e posterior seleção assistida por marcadores de genes relacionados a características quantitativas poderia ter um grande impacto sobre as metodologias e estratégias de melhoramento usadas até agora, aumentando a eficiência da seleção. O presente trabalho objetivou avaliar e selecionar clones de batata para características agronômicas e de processamento e identificar, através de marcadores moleculares e bioquímicos, marcas associadas à melhor qualidade de processamento de diferentes genótipos de batata. Clones de segunda e terceira geração clonal (safra 2002) foram avaliados com base nas principais características de interesse agronômico e de processamento. Os melhores clones foram selecionados para dar continuidade à terceira e quarta gerações clonais (safra 2003). Para a detecção de marcadores genéticos quarenta e dois genótipos foram divididos em dois grupos contrastantes para peso específico e cor de chips e selecionados pela estabilidade para essas características ao longo das gerações. Foram realizadas análises de variância, de regressão linear múltipla e de seleção de marcadores. As avaliações de campo indicaram que as estimativas de herdabilidade, tanto para os caracteres agronômicos como os de qualidade, tiveram geralmente valores baixos nas gerações iniciais, mas incrementaram-se com o avanço das gerações e o aumento do número de repetições. Através da ANAVA dos marcadores genéticos foi possível detectar polimórfismos tanto para o peso especifico, como para a cor de chips, que conjuntamente, explicaram 74,53% e 47,84% da variação fenotípica, respectivamente. Quando considerada a soma de quadrados parcial (tipo II), a maior parte dos marcadores foi não significativa indicando a existência de informações redundantes entre eles. Pela análise backward foram detectados os melhores marcadores que explicaram a maior parte da variância fenotípica tanto para o peso especifico como para a cor de chips. Este trabalho permitiu selecionar clones com bom desempenho agronômico e com características que conferem qualidades para o processamento industrial. Os coeficientes de correlação entre as gerações foram moderados, sugerindo a prática de seleção negativa leve para a maioria das características, com exceção do peso específico e da cor de chips que apresentaram altos valores de correlação a partir da terceira geração clonal. A baixa magnitude do coeficiente de correlação para a aparência geral dos tubérculos, indica que esse é um caráter pouco confiável para ser selecionado até a quarta geração clonal. Os marcadores genéticos explicaram grande parte da variação fenotípica, tanto para o peso específico como para a cor de chips e poderiam auxiliar os melhoristas em futuras seleções assistidas por marcadores.
Success in potato breeding programs depends fundamentally on the correct choice of parents and the efficient selection procedure for identifying the superior genotypes from a segregating population. Genetic markers are a potent tool to aid selection and could allow an early identification of individuals with a better combination of favorable alleles. Marker assisted selection could have a great impact on the methodologies and improvement strategies to increase the efficiency of selection. The present study aimed to evaluate and select potato clones for agronomic and processing traits and to identify molecular and biochemical markers, associated with the superior processing qualities of different potato genotypes. Second and third clonal generations of potato were evaluated for the major agronomic and processing traits in the 2002-growing season. The best clones were selected and tested again (third and fourth generations) in the 2003-growing season. For the detection of genetic markers, forty-two potato genotypes were placed in two contrasting groups for tuber specific gravity and chip color according to their stability for these traits along the generations. ANOVA, multiple linear regression and Backward analysis were performed. Heritabilities and correlation coefficients among generations for agronomic and quality traits were moderate to high for the appraised characteristics. It was possible to detect 13 polymorphic loci for tuber specific gravity and 14 polymorphic loci for chip color that explained 74.5% and 47.8% of the phenotypic variation, respectively. When considered the type II sum of squares, most of the markers were not significant indicating the existence of redundant information among them. Through the Backward analysis there were detected the best markers that explained most of the phenotypic variation for tuber specify gravity and for chip color. This study allowed to conclude (a) heritabilities were low for agronomic and quality traits in the first generations but increased with the advance of generations and the increase in the number of replications, (b) the correlation coefficients among generations were moderate, suggesting a light negative selection for most traits but tuber specific gravity and chip color, which presented high correlation coefficients from the third clonal generation and thereafter, (c) the low magnitude of the correlation coefficient for tuber general appearance showed that this is a little reliable character to accomplish selection in any generation, (d) it was possible to select genetic markers that explained most of the phenotypic variation for tuber specific gravity and for chip color, which could aid the potato breeders in future selections assisted by markers, (e) there were select clones with good agronomic and quality performance.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4375
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.