Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/444
Título: Faixas críticas de teores foliares de nitrogênio, fósforo e potássio para o cafeeiro (Coffea arabica L.) fertirrigado no primeiro ano pós-plantio
Autor : Pinto, Clayton Grillo
Primeiro orientador: Guimarães, Rubens José
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Scalco, Myriane Stella
Primeiro membro da banca: Baliza, Danielle Pereira
Silva, Douglas Ramos Guelfi
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Café
Análise foliar
Nutrição mineral
Cafeicultura irrigada
Fertirrigação
Adubação
Coffee
Leaf analysis
Mineral nutrition
Coffee crop irrigated
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES
Referência: PINTO, C. G. Faixas críticas de teores foliares de nitrogênio, fósforo e potássio para o cafeeiro (Coffea arabica L.) fertirrigado no primeiro ano pós-plantio. 2012. 65 p. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal)–Universidade Federal de Lavras, 2012.
Resumo: Realizou-se este trabalho com objetivo de estabelecer faixas críticas de teores foliares e encontrar o melhor nível de adubação com nitrogênio, fósforo e potássio para lavouras de café fertirrigadas no primeiro ano após o plantio. O experimento foi conduzido em condições de campo no Setor de Cafeicultura do Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras, MG, no período de março de 2010 a julho de 2012. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com seis tratamentos, quatro repetições e subdivisão das parcelas no tempo. Os níveis de adubação foram 10%, 40%, 70%, 100%, 130% e 160% em relação à adubação padrão de 100%, e as avaliações foram feitas em seis épocas: E1: 28/12/2010; E2: 23/02/2011; E3: 03/05/2011; E4: 30/06/2011; E5: 01/09/2011 e E6: 28/10/2011. Avaliaram-se em cada época as seguintes características de crescimento do cafeeiro: altura de planta (cm), diâmetro de copa (cm), diâmetro de caule (cm), comprimento de ramos plagiotrópicos primários (cm) e número de nós nos ramos plagiotrópicos primários. Os teores foliares de nutrientes em cada época foram avaliados pela análise química das folhas, e em julho/2012 foi obtida a produtividade de café (L planta-1) na primeira colheita. Houve efeito significativo dos níveis de adubação sobre a produtividade. Utilizou-se, então, a análise de regressão para determinar o ponto de máxima concentração de nutrientes, que permitisse obter a produtividade máxima, além de um modelo matemático para o cálculo dos limites inferior e superior dos níveis de adubação, que possibilitaram obter as faixas críticas e sugerir os níveis críticos de teores foliares dos nutrientes para o cafeeiro fertirrigado no primeiro ano pós-plantio. Para adubação no primeiro ano em lavouras fertirrigadas o melhor nível de adubação com nitrogênio, fósforo e potássio é 118,33% da adubação padrão utilizada para lavouras de sequeiro. As faixas críticas encontradas e os níveis críticos sugeridos de teores foliares dos nutrientes para lavouras de café irrigadas no primeiro ano de adubação foram: a) Nitrogênio (g kg-1): 28,9 a 31,5 para novembro/dezembro; 27,3 para janeiro/fevereiro; 27,5 a 30,6 para março/abril; 30,8 a 32,9 para maio/junho; 34,2 a 34,8 para julho/agosto e 31,5 para setembro/outubro; b) Fósforo (g kg-1): 1,8 para novembro/dezembro; 1,6 para janeiro/fevereiro; 1,5 para março/abril; 2,6 a 3,3 para maio/junho; 1,9 para julho/agosto e 1,5 a 1,6 para setembro/outubro; c) potássio (g kg-1): 25,5 para novembro/dezembro; 25,3 para janeiro/fevereiro; 23,2 para março/abril; 21,8 a 22,1 para maio/junho; 23,6 para julho/agosto e 28,2 a 28,4 para setembro/outubro.
This study was realized with the objective to establish critical ranges of leaf content and find the best level of fertilization with nitrogen, phosphorus and potassium for coffee crops fertigated in the first year after planting. The experiment was conducted under field conditions in Sector of Coffee Crop from Agriculture Department, Federal University of Lavras, MG, from march 2010 to july 2012. The experimental design was randomized blocks with six treatments, four replications and subdivision of plots in time. The fertilization levels were 10%, 40%, 70%, 100%, 130% and 160% compared to the standard fertilization 100%, and assessments were made at six times: E1: 28/12/2010; E2: 23/02/2011; E3: 03/05/2011; E4: 30/06/2011; E5: 01/09/2011 and E6: 28/10/2011. It was evaluated in each time the following growth characteristics of coffee: plant height (cm), crown diameter (cm), stem diameter (cm), length of plagiotropic primary branches (cm) and number of nodes in the plagiotropic primary branches. The leaf content of nutrient in each time were evaluated by chemical analysis of the leaves, and in july/2012 was obtained productivity of coffee (L plant-1) at the first harvest. There was a significant effect of fertilizer levels on productivity. Then, It was used, the regression analysis to determine the point of maximum nutrients concentration, which allow to obtain the maximum productivity, and a mathematical model for calculating lower and upper limits of fertilization level, which allowed to obtain the critical ranges and suggest critical levels of leaf content of nutrient for fertigated coffee in the first year post-planting. For fertilization in the first year of fertigated crops the best level of fertilization with nitrogen, phosphorus and potassium is 118.33% of standard fertilization used for dryland crops. The critical ranges found and the critical levels suggested of leaf content of nutrients to coffee crops irrigated in the first year of fertilization were: a) Nitrogen (g kg-1): 28.9 to 31.5 for november/December; 27.3 for january/february; 27.5 to 30.6 for march/april; 30.8 to 32.9 for may/june,; 34.2 to 34.8 for july/august and 31.5 for september/october; b) Phosphorus (g kg-1): 1.8 for november/december, 1.6 for january/february; 1.5 for march/april; 2.6 to 3.3 for may/june, 1.9 for july/august and 1.5 to 1.6 for september/october; c) Potassium (g kg-1): 25.5 for november/december; 25.3 for january/february; 23.2 for march/april; 21.8 to 22.1 for may/june; 23.6 for july/august and 28.2 to 28.4 for september/october.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/444
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.