Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4449
Título: Avaliação dos efeitos da mudança de uso do solo na mata seca utilizando Scarabaeinae (Coleoptera) como bioindicadores
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the effects of land use change in dry forest using dung beetles (Coleoptera) as bioindicators
Autor : Fialho, Amanda
Primeiro orientador: Louzada, Júlio Neil Cassa
Primeiro membro da banca: Silveira, Luis Claudio
Ribas, Carla
Almeida, Sabrina
Braga, Rodrigo Fagundes
Área de concentração: Entomologia Agrícola
Palavras-chave: Floresta tropical
Projeto Jaíba
Besouro rola-bosta
Floresta tropical seca
Tropical dry forest
Scarabaeinae
Jaiba project
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: FIALHO, A. Avaliação dos efeitos da mudança de uso do solo na mata seca utilizando Scarabaeinae (Coleoptera) como bioindicadores. 2014. 112 p. Tese (Doutorado em Entomologia Agrícola) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: O norte do estado de Minas Gerais abriga uma extensa área, formada por florestas tropicais secas, conhecidas como mata seca. Em virtude da exploração agrícola, essa região sofreu transformações em sua paisagem natural, resultando em intensa heterogeneidade no uso do solo. As análises de perda de diversidade, associadas as suas conseqüências na funcionalidade dos ecossistemas, fornecem uma melhor compreensão de como as atividades humanas, em diversos graus, podem influenciar na estrutura e funcionamento do ecossistema. Este trabalho foi realizado com o objetivo de analisar os efeitos dos diferentes sistemas de uso do solo na estrutura da comunidade, composição e nas funções ambientais que os Scarabaeinae realizam em áreas de mata seca e sistemas agrícolas adjacentes. Foram realizadas coletas de besouros Scarabeinae, na época das chuvas, com a instalação de armadilhas tipo pitfall, em 32 áreas, distantes entre si, no mínimo de 500 m e divididas entre cinco tipos de uso do solo (mata seca, monocultivo arbóreo, agropastoril, policultivo e monocultivo). Para estudos relacionados às funções realizadas pelos Scarabaeinae, foram utilizadas arenas de avaliação das funções ambientais, verificando os efeitos das mudanças de uso do solo na remoção de fezes, revolvimento de solo, controle de moscas. Não foram encontradas diferenças na riqueza para os sistemas de uso do solo estudados. Pelos resultados demonstra-se que o sistema natural de mata seca apresenta diferença de composição quando comparado aos demais sistemas agrícolas. Seguindo uma tendência oposta de outros estudos realizados em florestas tropicais, a biomassa e abundância de escarabeíneos foram maiores nos sistemas agrícolas do que nos sistemas natural de mata seca. Esse padrão está associado à resposta do Dichotomius geminatus aos sistemas agrícolas, apresentando grande dominância, o que não acontece na mata seca. As áreas de monocultivo arbóreo, agropastoril e policultivo foram as com as maiores médias de abundância e biomassa de escarabeíneos. As funções ecológicas realizadas pelos besouros (remoção de fezes, revolvimento do solo e controle potencial de moscas) se mostraram maior nos sistemas agrícolas de mata seca. Com os resultados permite-se afirmar que os sistemas agrícolas promoveram a manutenção dos Scarabaeinae e incrementaram a realização dos serviços ambientais, possivelmente, em decorrência da manutenção de sistemas mais úmidos e sombreados, o que contrasta com as áreas de mata seca, onde a luminosidade e falta de água excessiva limitam o tamanho das populações de scarabeíneos.
The northern region of the state of Minas Gerais, Brazil, presents an extensive area, formed by dry tropical forests, known as dry forest. In virtue of agricultural exploration, this region has suffered transformations in its natural landscape, resulting in intense heterogeneity in soil use. The analysis of diversity loss, associated with its consequences in ecosystem functionality, provide a better understanding of how human activity, in different degrees, might influence the ecosystem‟s structure and functionality. This work was performed with the objective of analyzing the effects of different systems of soil use in the structure of the community, composition and environmental functions that the Scarabaeinae perform in dry forest areas and adjacent agricultural systems. Scarabaeinae beetles were collected during the rainy season, by means of the installation of pitfall traps, in 32 areas, distant from each other, in a minimum of 500 m and divided between five types of soil use (dry forest, arboreal monoculture, agropastoral, polyculture and monoculture). For studies related to the functions performed by the Scarabaeinae, environmental function evaluation arenas were used, verifying the effects of the changes of soil use in the removal of feces, soil inversion, fly control. No difference was found in richness for the studied soil use systems. With the results, it is demonstrated that the natural dry forest system presents difference in composition when compared to the other agricultural systems. Following an opposed tendency of other studies performed in tropical forests, the biomass and abundance of Scarabaeinae were higher in the agricultural systems than in natural dry forest systems. This pattern is associated to the response of Dichotomius geminatus to the agricultural systems, presenting large dominance, which does not occur in the dry forest. The areas of arboreal monoculture, agropastoral and polyculture were those with the highest means for Scarabeinae abundance and biomass. The ecological functions performed by the beetles (feces removal, soil inversion and potential fly control) were the highest in the dry forest agricultural systems. With the results, it may be affirmed that the agricultural systems promoted the maintenance of Scarabeinae and incremented the performance of environmental services, possibly due to the maintenance of more humid and shaded systems, which contrasts with dry forest areas, in which the luminosity and lack of excessive water limit the size of the Scarabaeinae population.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Entomologia, área de concentração em Entomologia Agrícola, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4449
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEN - Entomologia - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.