Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4468

Título: Boas práticas agrícolas e certificação na cafeicultura
Título Alternativo: Good agriculture practices and certification in coffee culture
Autor(es): Prado, Agda Silva
Orientador: Reis, Ricardo Pereira
Coorientador(es): Fontes, Renato Elias
Membro da banca: Santos, Antônio Carlos dos
Rufino, José Luis dos Santos
Fontes, Renato Elias
Área de concentração: Gestão de Negócios, Economia e Mercados
Assunto: Boa prática agrícola
Certificação
Cafeicultura
Gerenciamento
Café - Cultivo - Gerenciamento
Certification
Coffee culture
Management
Good agriculture practices
Data de Defesa: 21-Fev-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: PRADO, A. S. Boas práticas agrícolas e certificação na cafeicultura. 2014. 128 p. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: A representatividade da cafeicultura no agronegócio brasileiro se justifica pela geração de renda do mercado nacional e internacional e pelo potencial produtivo em relação aos outros países produtores de café. Grande parte dos cafés brasileiros é comercializada no mercado de commodity e, a outra parcela que não é comercializada neste mercado é considerada como cafés diferenciados. Entre o seguimento de cafés diferenciados, estão os cafés certificados. Os cafés certificados obtêm um selo que representa os processos de produção adotados. O objetivo da certificação agrícola é manter uma produção ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável, a fim de promover a sustentabilidade na atividade. Os cafés certificados podem conseguir valor agregado na comercialização, devido ao mercado consumidor estar atento a qualidade e rastreabilidade dos alimentos. Os padrões adotados pela certificação estão baseados nos conceitos das Boas Práticas Agrícolas (BPA), que visam a condução apropriada da lavoura através de técnicas produtivas e gerenciais. Assim, com o objetivo de verificar a importância da certificação agrícola para a adoção das Boas Práticas Agrícolas nas propriedades cafeeiras, foi realizada uma pesquisa entre os cafeicultores associados a cooperativa agrícola do município de Paraguaçu, Sul de Minas Gerais. Para isso, foi aplicado um questionário estruturado contendo questões que abrangeram os critérios das BPA entre cafeicultores certificados e não certificados. Os resultados gerados pelo programa estatístico SPSS, por meio de análises estatísticas discriminante e multivariada, apontaram que as BPA são adotadas com maior frequência entre os cafeicultores certificados, e as técnicas gerenciais são as que discriminaram em maior proporção os dois grupos. Conclui-se que a certificação pode ser considerada como uma ferramenta capaz de auxiliar os cafeicultores a adotarem técnicas de produção e gerenciamento em suas propriedades, proporcionando maiores produtividades e obtenção em qualidade de bebida. Porém a certificação ainda não gerou para o público estudado valorização das sacas vendidas. Assim a certificação será considerada totalmente válida quando os cafeicultores forem recompensados financeiramente pela dedicação ao cumprirem as BPA em suas propriedades, como forma de apoio e motivação para adotá-las e atenderem ao mercado consumidor.
The representativeness of coffee culture in Brazilian agribusiness is justified by the income generation of the national and international market and the productive potential in relation to other coffee producing countries. Much of Brazilian coffee is traded in the commodity market, and another portion that is not sold in this market is considered as differentiated coffees. Among the differentiated coffees, there are the certified ones. The certified coffees get a stamp that represents the production processes adopted. The goal of agricultural certification is to maintain an environmentally responsible production, socially beneficial and economically viable in order to promote sustainability in the activity. The certified coffees can achieve added value in marketing, due the attention paid to the quality and traceability of food by the consumer. The patterns adopted by the certification are based on the concepts of Good Agricultural Practices (GAP) that aim the proper conduct of farming through productive and managerial techniques. Aiming to verify the importance of agricultural certification for the adoption of GAP in coffee farms, this research was made with the coffee farmers from an agriculture cooperative in Paraguaçu city, South of Minas Gerais state. For this, a structure questionnaire containing questions covering the GAP’s criteria was applied to the certified and non-certified growers. The results generated by discriminant analysis and multivariate from the statistical program SPSS, showed that the GAP are adopted in a bigger frequency among the certificated coffee farmers, and the management techniques are those that discriminated in greater proportion the two groups. It is concluded that certification can be considered as a tool that is able to help the coffee farmers to adopt the production and management techniques on their properties, enabling higher productivity, and obtaining drink quality. But, the certification has not generated valorization of bags sold for the studied actors yet. Thereby, the certification will be fully considered valid when coffee farmers are financially rewarded for dedicating to accomplish the GAP on their properties as a way to support and motivation to adopt them and meet up the consumer market.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Administração, área de concentração em Gestão de Negócios, Economia e Mercados, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4468
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Boas práticas agrícolas e certificação na cafeicultura.pdf767,32 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback