Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4586

Título: Organogênese indireta e criopreservação de gemas laterais e de unidades encapsuláveis de mangabeira
Autor(es): Prudente, Débora de Oliveira
Orientador: Paiva, Renato
Coorientador(es): Silva, Luciano Coutinho
Membro da banca: Nery, Fernanda Carlota
Stein, Vanessa Cristina
Área de concentração: Fisiologia Vegetal
Assunto: Hancornia sp.
Cultura de tecido vegetal
Criopreservação
Apocynaceae
Plant tissue culture
Cryopreservation
Data de Defesa: 1-Ago-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: PRUDENTE, D. de O. Organogênese indireta e criopreservação de gemas laterais e de unidades encapsuláveis de mangabeira. 2014. 95 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Mangabeira é uma espécie nativa do Brasil e apresenta grande potencial econômico, porém a porcentagem de germinação das sementes é baixa, e apresenta recalcitrância, o que reduz a produtividade da espécie, influenciando na manutenção e conservação do material vegetal. Objetivou-se: obter plântulas via organogênese indireta, bem como, criopreservar gemas laterais utilizando as técnicas de droplet vitrification e encapsulamento-vitrificação. Para a organogênese indireta, segmentos nodais foram inoculados em meio de cultivo WPM suplementado com diferentes reguladores de crescimento: 2,4-D (0,0; 2,46; 7,38; 12,3 17,22 µM), BAP (0,0; 4,92; 9,84; 14,76 e 19,68 µM) e TDZ (0,0; 4,92; 9,84; 14,76 e 19,68 µM). A regeneração das brotações foi realizada em meio de cultivo WPM, acrescido de cinetina em combinação com 2,4-D (0,0 + 0,0; 5,0 + 0,0 e 5,0 + 7,38 µM). Para o enraizamento as brotações foram submetidas a tratamentos com diferentes auxinas AIB, ANA e AIA. Para a criopreservação, gemas laterais foram inoculadas em meio de cultivo WPM com diferentes concentrações de BAP (0,0; 0,2; 0,8 e 1,6 µM), GA3 (0,0; 0,2; 0,8 e 1,6 µM) e 0,25 µM de BAP combinado com GA3 (0,0; 0,2; 0,8 e 1,6 µM). As gemas foram pré-cultivadas em meio de cultivo WPM com diferentes concentrações de prolina (0,0; 0,1; 0,2 e 0,3 M) por diferentes tempos (24 e 48 horas) na ausência de luz. Após o pré-cultivo, as gemas foram imersas em PVS2 a 0 °C por diferentes períodos (0, 15, 30, 60 e 120 minutos) e posteriormente, submetidas a técnica droplet vitrification. O encapsulamento de gemas laterais foi obtido em matriz de alginato, na presença ou ausência de BAP (0,0 ou 0,2 µM). As cápsulas foram pré-cultivadas em meio de cultivo WPM líquido, acrescido com diferentes concentrações de sacarose (0,3, 0,75 e 1 M) por diferentes tempos (24 e 48 horas). As cápsulas foram submetidas à desidratação em sílica gel ou fluxo laminar por 0, 1, 2 e 3 horas antes da imersão em PVS2 a 0 °C por diferentes períodos. A maior porcentagem de número de brotos (72,86%) foi obtida na concentração de 7,38 µM de 2,4-D. Foi obtida maior regeneração de brotos com a combinação de 5 µM de cinetina + 7,38 µM de 2,4-D. As brotações apresentaram maior porcentagem de enraizamento (80%) no tratamento com ANA e AIB. O pré-cultivo em 0,1 M de prolina por 24 horas promoveu um aumento na porcentagem de sobrevivência (83,33%). A utilização da PVS2 por 15 minutos promoveu maiores taxas de sobrevivência (78%). Gemas laterais encapsuladas na presença de 0,2 µM de BAP (86%) e pré-cultivadas em 0,75 M de sacarose por 24 horas, associado com a desidratação em câmara de fluxo por 1 hora, obtiveram maiores taxas de regeneração. A criopreservação de gemas laterais encapsuladas foi obtida com sucesso com o uso de PVS2 por 15 minutos.
Abstract: Mangabeira is a species native to Brazil and has great economic potential, but the percentage of seed germination is low, and presents recalcitrance, which reduces the productivity of the species, influencing the maintenance and upkeep of the plant material. Aimed to: obtain seedlings via indirect organogenesis, as well as lateral buds using cryopreservation techniques droplet vitrification and encapsulation-vitrification. For indirect organogenesis, nodal segments were inoculated in culture medium WPM supplemented with different growth regulators: 2,4-D (0.0, 2.46, 7.38, 12.3 17.22 µM), BAP (0.0, 4.92, 9.84, 14.76 and 19.68 µM) and TDZ (0.0, 4.92, 9.84, 14.76 and 19.68 µM). Regeneration of shoots was performed in culture medium WPM plus kinetin in combination with 2,4-D (0.0 + 0.0, 5.0 + 0.0 and 5.0 + 7.38 µM). For rooting shoots were subjected to treatments with different auxins AIB, ANA and AIA. For cryopreservation, lateral buds were inoculated in WPM culture medium with different concentrations of BAP (0.0, 0.2, 0.8 and 1.6 µM), GA3 (0.0, 0.2, 0.8 and 1.6 µM) and 0.25 µM of BAP in combination with GA3 (0.0, 0.2, 0.8 and 1.6 µM). Buds were pre-grown in culture medium WPM with different concentrations of proline (0.0, 0.1, 0.2 and 0.3 M) for different times (24 and 48 hours) in the absence of light. After the pre-cultivation the shoots were immersed in PVS2 at 0 ° C for different times (0, 15, 30, 60 and 120 minutes) and subsequently subjected to droplet vitrification technique. The encapsulation of lateral buds were obtained in the alginate matrix, the presence or absence of BAP (0.0 or 0.2 µM). The capsules were pre-cultured in liquid culture medium WPM, together with different concentrations of sucrose (0.3, 0.75 and 1 M) for different times (24 and 48 hours). The capsules were subjected to dehydration silica gel or laminar flow with 0, 1, 2 and 3 hours before immersion in PVS2 at 0 ° C for different periods. The highest percentage of number of shoots (72.86%) was obtained at a concentration of 7.38 µM of 2,4-D. Increased shoot regeneration with the combination of kinetin + 5 µM 7.38 µM of 2,4-D was obtained. Shoots showed higher rooting percentage (80%) on treatment with ANA and AIB. The preculture in 0.1 M proline for 24 hours promoted an increase in survival percentage (83.33%). The use of PVS2 for 15 minutes showed higher survival rates (78%). Lateral buds encapsulated in the presence of 0.2 µM of BAP (86%) and pre-cultured in 0.75M sucrose for 24 hours, dehydration associated with the flow chamber for 1 hour, had higher regenerating rate. Cryopreservation of lateral buds encapsulated was successfully obtained using PVS2 for 15 minutes.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Curso de Mestrado em Agronomia, área de concentração em Fisiologia Vegetal, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4586
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Organogênese indireta e criopreservação de gemas laterais e de unidades encapsuláveis de mangabeira.pdf979,35 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback