Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4629

Título: Óleos essenciais e frações ativas no controle da mancha marrom (Alternaria alternata) em tangerina ponkan
Autor(es): Perina, Fabiano José
Orientador: Alves, Eduardo
Membro da banca: Resende, Mário Lúcio Vilela de
Ferreira, Maria Alves
Rozwalka, Luciane Cristina
Almeida, Karina de
Área de concentração: Controle de Doenças e Microscopia Eletrônica
Assunto: Indução de resistência
Fruta cítrica
Microscopia eletrônica
Induction of resistance
Citrus
Mode of action
Electron microscopy
Data de Defesa: 31-Jul-2014
Data de publicação: 12-Nov-2014
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: PERINA, F. J. Óleos essenciais e frações ativas no controle da mancha marrom (Alternaria alternata) em tangerina ponkan. 2014. 111 p. Tese (Doutorado em Controle de Doenças e Microscopia Eletrônica) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Este trabalho objetivou investigar e compreender a natureza da atividade de produtos à base de óleo essencial (OE) para o controle da mancha marrom de alternaria (MMA), causada por Alternaria alternata. Foram avaliados os OEs de tomilho (Thymusvulgaris L.) - TEO e de canela (Cinnamomun zeylanicum L) - CEO e suas respectivas frações majoritárias ativas. Para o TEO foi avaliada a capacidade em inibir o crescimento e a viabilidade de A. alternata; em interferir nos eventos iniciais de penetração do patógeno por meio de microscopia eletrônica de varredura e consequências no progresso da doença em frutos; e, por meio da microscopia eletrônica transmissão, a atividade celular e subcelular do TEO e sua fração ativa thymol. Já para o CEO foi avaliada a capacidade em inibir o crescimento do patógeno; em reduzir o progresso da MMA em campo; e, finalmente, a capacidade do CEO e sua fração trans-cinnamaldeido (CNE) em induzir a resistência das plantas contra A. alternata. A atividade antifúngica do TEO foi atribuída principalmente à substância thymol, que demonstrou alta percentagem de controle da doença em frutos, inibição do crescimento micelial e viabilidade de conídios de A. alternata. A aplicação direta de thymol ocasionou o atraso do processo de infecção e impediu a penetração, já a aplicação direta do TEO causou apenas um atraso no processo infeccioso. A análise ultraestrutural demonstrou que a substância thymol ocasiona a ruptura da parede celular e membrana plasmática, desorganização do citoplasma da célula conidial, com possível alvo a organelas específicas no citoplasma. A atividade antifúngica direta de CEO foi atribuída às substâncias eugenol e CNE. Essa demonstrou alta atividade antifúngica superando CEO, que por sua vez, reduziu o progresso da doença à campo. A aplicação preventiva de CEO e da substância CNE induziu o sistema de defesa da planta contra o ataque do patógeno.
This work aimed at investigating and comprehending the activity of essential oil (EO) based products for the control of Alternaria brown spot (ABS) caused by Alternaria alternata. The EOs of thyme (Thymus vulgaris L.) – TEO and cinnamon (Cinnamonun zeylanicum L.) – CEO and their respective major active substances were evaluated. For the TEO, it were evaluated: the ability to inhibit the growth and viability of A. alternata; to affect the early events of pathogen penetration by means of scanning electron microscopy and the consequences of the progress of the disease in fruits, and; the cellular and subcellular activity of the TEO and its active thymol fraction by means of transmission electron microscopy. For the CEO, the ability to inhibit pathogen growth; to reduce the progress of the ABS in the field; and, finally, the capacity of the CEO and its trans-cinnamaldehyde (CNE) fraction in inducing plant resistance against A. alternaria, were evaluated. The antifungal activity of the TEO was attributed mainly to the thymol substance, which demonstrated a high percentage of disease control in fruits, inhibition of the mycelial growth and viability of A. alternata conidia. The direct application of thymol led to a delay in the infection process and prevented penetration, while the direct application of the TEO only caused a delay in the infectious process. The ultrastructural analysis demonstrated that the thymol substance causes the rupture of cellular wall and plasma membrane, disorganization of the cytoplasm of the conidia cell, with possible targeting of specific organelles in the cytoplasm. The direct antifungal activity of the CEO was attributed to eugenol and CNE substances. The latter showed high antifungal activity, overcoming the CEO, which, in turn, reduced the progress of the disease in field. The preventive application of CEO and CNE substance induced the plant‟s defense system against the pathogen attack.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/ Fitopatologia, área de concentração em Controle de Doenças e Microscopia Eletrônica, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4629
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Óleos essenciais e frações ativas no controle da mancha marrom (Alternaria alternata) em tangerina ponkan.pdf1,41 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback