Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4634
Título: Manejo da irrigação e da adubação do cafeeiro na sincronização do florescimento e na produtividade
Autor : Leite Júnior, Maurício Cezar Resende
Primeiro orientador: Faria, Manoel Alves de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Morais, Augusto Ramalho de
Rezende, Fátima Conceição
Silva, Mirian de Lourdes Oliveira e
Primeiro membro da banca: Silveira, Jane Maria de Carvalho
Guimarães, Paulo Tácito Gontijo
Palavras-chave: Floração
Maturação
Gotejamento
Flowering
Maturation
Drip
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: LEITE JÚNIOR, M. C. R. Manejo da irrigação e da adubação do cafeeiro na sincronização do florescimento e na produtividade. 2014. 121 p. Tese (Doutorado em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo definir o melhor manejo da irrigação e da fertirrigação do cafeeiro, visando uniformizar a florada e reduzir a bienalidade de produção. Dois experimentos foram conduzidos na Universidade Federal de Lavras sendo um experimento com cafeeiro adulto e outro com cafeeiro na fase inicial de produção. No experimento com plantas adultas usou-se a cultivar Acaiá MG 1474 (Experimento 1). No segundo experimento usou-se a cultivar Travessiaem início de produção (Experimento 2). No experimento I foi utilizado o delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema de faixas. Os tratamentos das parcelas foram feitos com diferentes manejos de irrigação durante o ano, sendo: A = Testemunha sem irrigação; B = Irrigação em qualquer mês do ano considerando fator de disponibilidade (f) igual a 0,75 na camada de 0-40cm (restrição de água para a planta); C = Irrigação em qualquer mês do ano com f igual a 0,25; D = Irrigação o ano todo sendo que nos meses de janeiro, fevereiro, março, julho, outubro, novembro e dezembro considerou-se “f” igual a 0,25 e nos meses de abril, maio, junho, agosto e setembro f=0,75; E = Irrigação somente nos meses de abril, maio, junho, agosto e setembro f=0,25. Os tratamentos das faixas foram: I= Adubação tradicional (N-K) segundo recomendações da Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais – CFSEMG (1999); II= 300 kg.ha-1 de P2O5, 550 kg.ha-1 de N e 550 kg.ha-1 de K2O; III= 550 kg.ha-1 de N e 550 kg.ha-1 de K2O. O delineamento experimental utilizado para o experimento 2 foi blocos casualizados, no esquema fatorial com 3 manejos de adubação e 4 manejos de irrigação e com três repetições. Os manejos de adubação foram os mesmos do experimento 1 e os tratamentos de irrigação foram: SI- Sem irrigação; IT- Irrigado o ano todo; I30- suspensão da irrigação por 30 dias no mês de julho; I70- suspensão da irrigação por 70 dias entre os meses de julho e setembro. O déficit hídrico controlado I70 melhorou a concentração da abertura das flores do cafeeiro irrigado na Região Sul de Minas Gerais; a aplicação de N-P2O5–K2O na fertirrigação aumentou a produtividade do cafeeiro.
This study aimed to define the best management of irrigation and fertigation of coffee, aiming to standardize flowering and reduce biennial of production. Two experiments were conducted at the Universidade federal de Lavras being an experiment with adult coffee and another with coffee in the initial phase of production. In the experiment with adult plants was used Acaiá MG 1474 (Trial 1).In the second trial was used Travessia early production (Trial 2).In the trial 1 it was used the experimental randomized block design with four replications in a tracks design. The plots treatments were made with different irrigation management during the year, as follows: A = no irrigation; B = irrigation in any month of the year considering the availability factor (f) equal to 0.75 in the layer 0-40cm (water restriction for the plant);C = irrigation in any month of the year with f = 0.25; D = irrigation throughout the year being that in the months of January, February, March, July, October, November and December was considered "f" = 0.25 and in the months of April, May, June, August and September f = 0.75; E = irrigation only in the months of April, May, June, August and September f = 0.25. The treatments of the subplots were: I = traditional fertilization (N-K) according to the recommendations of the Soil Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais – CFSEMG (1999); II = 300 kg.ha-1of P2O5, 550 kg.ha-1 of N and 550 kg.ha-1of K2O; III = 550 kg.ha-1 of N and 550 kg.ha-1of K2O. In the trial 2 it was used the experimental randomized block design in a factorial arrangement with 3 fertilization managements and 4 irrigation management, with three replications. The fertilization managements were the same as the trial 1 and irrigation treatments were: SI- no irrigation; IT- irrigated throughout the year; I30- irrigation suspension for 30 days in July; I70-irrigation suspension for 70 days between July and September. Water deficit controlled I70 improve the concentration of the opening coffee flowers irrigated in the southern region of Minas Gerais; the application of N-P2O5-K2O in fertigation increased coffee yield.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4634
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEG - Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Manejo da irrigação e da adubação do cafeeiro na sincronização do florescimento e na produtividade.pdf8,98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.