Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4654

Title: Avaliação de um antioxidante comercial (EconomasE ®) em dietas para gatos adultos
Other Titles: Evaluation of a commercial antioxidant (EconomasE®) in diets for adult cats
???metadata.dc.creator???: Ogoshi, Rosana Claudio Silva
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Saad, Flávia Maria de Oliveira Borges
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Zangeronimo, Márcio Gilberto
Rosa, Priscila Vieira
???metadata.dc.contributor.referee1???: França, Janine
Lara, Leonardo Boscoli
Sousa, Raimundo Vicente
???metadata.dc.description.concentration???: Produção e Nutrição de Não-Ruminantes
Keywords: Equilíbrio ácido-básico
Estresse
Felino
Radical livre
Acid-base balance
Stress
Feline
Free radical
???metadata.dc.date.submitted???: 12-Mar-2014
Issue Date: 2014
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Citation: OGOSHI, R. C. S. Avaliação de um antioxidante comercial (EconomasE ®) em dietas para gatos adultos. 2014. 104 p. Tese (Doutorado em Produção e Nutrição de Não-Ruminantes) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: Situações estressantes são inevitáveis para gatos e têm como resultado o aumento na produção de radicais livres os quais são associados às doenças. Dessa maneira, objetivou-se avaliar os níveis crescentes de suplementação de um pool de antioxidantes não enzimáticos (AOX) em dieta de gatos e seus efeitos sobre o estresse fisiológico, avaliação dos status oxidativo, bioquímica sérica, parâmetros do equilíbrio ácido-básico, fragilidade osmótica eritrocitária, parâmetros urinários e hemograma completo. Foram utilizados 24 gatos adultos, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com quatro níveis (0, 250, 500, 750 mg de AOX/kg de alimento na matéria seca) e seis repetições durante 80 dias. Coletou-se sangue dos gatos em jejum no dia 0 e a cada 20 dias (tempos - T). No 61º dia, os gatos foram submetidos a um estresse induzido por meio da presença de cães próximo ao recinto experimental (agente estressor; AE) que permaneceram até o final das avaliações. Observou-se que os efeitos estresse induzido foram controlados pela suplementação de AOX com manutenção dos níveis plasmáticos de cortisol e dialdeído malônico e consequente manutenção da atividade da enzima superóxido dismutase e redução da atividade da enzima catalase. Houve, ainda, o aumento do HDL-c conforme a aumento dos níveis de suplementação do AOX. Nos parâmetros do balanço ácido básico, houve aumento na pressão parcial de dióxido de carbono e do bicarbonato plasmáticos, conforme a aumento dos níveis de suplementação do AOX. Houve, ainda, aumento da concentração da hemoglobina nos gatos suplementado com os maiores níveis estudados. Não houve diferenças nas demais variáveis estudadas. Conclui-se que o AOX causa importante controle do estresse, sendo recomendado o nível de 750 mg/kg de matéria seca de dieta para gatos adultos.
Abstract: Stressful situations are inevitable for cats and result in the increase on the production of free radicals, which are associated to diseases. Thus, we aimed at evaluating the increasing levels of supplementation of a pool of non-enzymatic antioxidants (AOX) in cat diets and its effects over physiological stress, oxidative status evaluation, serum biochemistry, acid-base balance parameters, erythrocyte osmotic fragility, urinary parameters and complete blood count. Twenty-four adult cats were distributed in a completely randomized design with four levels (0, 250, 500, 750 mg of AOX/kg of feed in dry matter) and six replicates during 80 days. Blood was drawn from the cats at fasting in day 0 and at each 20 days (times – T). In the 61st day, the cats were submitted to stress induced by means of the presence of dogs near the experimental enclosure (stress agent; SA) which remained until the end of the evaluations. It was observed that the effects of the induced stress were controlled by the supplementation of AOX, maintaining the serum levels of cortisol and malonic dialdehyde and, consequently, the maintenance of the superoxide dismutase enzyme activity and the reduction of the catalase enzyme activity. There was also an increase of the HDL-c according to the increase on the levels of AOX supplementation. In the acid-base balance parameters there was an increase in the partial pressures of serum carbon dioxide and bicarbonate, according to the increase of the levels of AOX supplementation. There was also the increase of hemoglobin concentration in cats supplemented with the highest levels studied. There was no difference on the remaining variables studied. It is concluded that the AOX is responsible for an important stress control, recommending the level of 750 mg/kg of diet dry matter for adult cats.
Description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração em Produção e Nutrição de Não-Ruminantes, para a obtenção do título de Doutora.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4654
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Avaliação de um antioxidante comercial (EconomasE ®) em dietas para gatos adultos.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback