Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4657

Título: Torta de girassol na alimentação de cordeiras confinadas
Título Alternativo: Sunflower cake on the feeding of lambs confined
Autor(es): Costa, Daviane Martinele
Orientador: Garcia, Iraides Ferreira Furusho
Coorientador(es): Pérez, Juan Ramón Olalquiaga
Membro da banca: Boari, Cleube Andrade
Gianbelli, Mateus Pies
Área de concentração: Produção e Nutrição de Ruminantes
Assunto: Coproduto
Desempenho
Ovino
Carcaça
Carne
Co-product
Performance
Sheep
Carcasses
Meat
Data de Defesa: 12-Ago-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: COSTA, D. M. Torta de girassol na alimentação de cordeiras confinadas. 2014. 76 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia - Produção e Nutrição de Ruminantes) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Avaliou-se o efeito da torta de girassol (TG) na alimentação de cordeiras sobre: consumo, digestibilidade, balanço do nitrogênio, parâmetros sanguíneos, desempenho, características de carcaça e da carne. Os tratamentos foram 0, 15, 30 e 45% de uso da TG na matéria seca (MS) da dieta, sendo essas isoproteicas e isoenergéticas. No ensaio de digestibilidade foram usadas oito cordeiras mestiças (½ Santa Inês x ½ Dorper) com peso inicial de 25,56 ± 2,51 kg, com coleta total de fezes e urina. Adotou-se o delineamento de dois quadrados latinos 4 x 4, com quatro períodos de 20 dias. No final dos períodos, foram coletados fezes, urina e sangue. O sangue foi colhido antes da alimentação e 2, 4, 6 e 8 h após a alimentação para dosagens de colesterol, triglicerídeos, ureia e aspartato aminotransferase (AST). No ensaio de desempenho, foi adotado o delineamento inteiramente casualizado, onde 36 cordeiras mestiças (½ Santa Inês x ½ Dorper) com peso inicial de 21,52 ± 1,63 kg receberam as dietas. Aos 43,6 ± 0,88 kg de peso vivo foram medidas a área de olho de lombo (AOL) e a espessura de gordura subcutânea (EGS) por ultrassonografia. Os animais foram abatidos e os componentes não carcaça e as carcaças quentes foram pesados. Após refrigeração das carcaças, tomaram-se os pesos de carcaças e cortes, além de medidas da AOL e EGS. Amostras do L. thoracis et lumborum foram analisadas quanto às características físico-químicas. Não observou efeito do uso da TG sobre os consumos de MS, proteína bruta (PB) e de energia metabolizável, com aumentos nos consumos de fibra em detergente neutro (FDN), extrato etéreo (EE) e redução dos carboidratos não fibrosos (CNF). A digestibilidade da MS, FDN e CNF diminuíram linearmente com o uso da TG na dieta, não alterando a digestibilidade da PB e do EE. Não foram observadas variações no balanço nitrogenado. As concentrações sanguíneas de colesterol, triglicerídeos e da AST aumentaram linearmente com o uso do coproduto na dieta, sem variações no ganho de peso, na conversão alimentar e no tempo de confinamento. Foi observada redução linear nos rendimentos de carcaças e no peso de corpo vazio, com elevação no conteúdo do trato gastrointestinal e na EGS em função do uso do coproduto na dieta. Com o uso da TG na dieta aumentou linearmente a luminosidade (L*) e os teores EE, com redução linear da umidade. O uso de até 45% de TG na MS da dieta de cordeiras confinadas não afeta o consumo de matéria seca e o desempenho animal, no entanto, reduz o rendimento de carcaça e aumenta a deposição de gordura na carcaça e na carne.
Abstract: The effect of sunflower cake (SC) on the feeding of lambs over: intake, digestibility, nitrogen balance, blood parameters, performance and carcass and meat characteristics were evaluated. The treatments were of 0, 15, 30 and 45% of SC in the dry matter (DM) of the diet, with these being isoprotein and isoenergetic. In the digestibility trial, eight crossbred lambs (½ Santa Inês x ½ Dorper) with initial weight of 25.56 ± 2.51 kg were used, with total collection of feces and urine. We adopted the two 4 x 4 Latin square design, with four 20 day periods. At the end of the periods, feces, urine and blood were collected. The blood was collected before feeding and 2, 4, 6 and 8 hours after feeding for analyzing doses of cholesterol, triglycerides, urea and aspartate aminotransferase (AST). In the performance trial, we adopted the completely randomized design, in which 36 crossbred lambs (½ Santa Inês x ½ Dorper), with initial weight of 21.52 ± 1.63 kg received the diets. At 43.6 ± 0.88 kg of live weight, we measured the rib-eye area (REA) and the subcutaneous fat thickness (SFT) by ultrasonography. The animals were slaughtered and the non-carcass components and the warm carcasses were weighed. After cooling, we obtained the weights of the carcasses and the cuts, in addition to the REA and SFT measurements. Samples of the L. thoracis et lumborum were analyzed regarding the physical-chemical characteristics. There was no effect of the use of SC over DM, crude protein (CP) and metabolizable energy intake, with increase in the intake of neutral detergent fiber (NDF), ethereal extract (EE) and reduction of non-fibrous carbohydrates (NFC). The digestibility of the DM, NDF and NFC decreased linearly with the use of SC in the diet, not altering the digestibility of CP and EE. No variation of the nitrogen balance was observed. The blood concentrations of cholesterol, triglycerides and of AST increased linearly with the use of the co-product in the diet, without variations on weight gain, feed conversion and time of confinement. A linear reduction of carcass yield and empty body weight, with elevation in the content of the gastrointestinal tract and SFT was observed, in function of the use of the co-product in the diet. With the use of SC in the diet, the luminosity (L*) and the contents of EE increased linearly, with the linear reduction of moisture. The use of up to 45% of SC in the DM of the diet of confined lambs does not affect dry matter intake and animal performance, however, it reduces carcass yield and increases fat deposition on the carcass and meat.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração Produção e Nutrição de Ruminantes, para a obtenção de título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4657
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Torta de girassol na alimentação de cordeiras confinadas.pdf624,4 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback