Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4666

Title: Chrysoperla externa(Hagen): dietas artificiais na alimentação larval e controle de Bemisia tabaci(Gennadius) na cultura da melancia
Other Titles: Chrysoperla externa (Hagen): artificial diets for larvae and control of Bemisia tabaci (Gennadius) in watermelon
???metadata.dc.creator???: Bezerra, Carlos Eduardo Souza
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Souza, Brígida
???metadata.dc.contributor.referee1???: Araujo, Elton Lucio
Carvalho, César Freire
Lenteren, Joop C. van
Bueno, Vanda Helena Paes
???metadata.dc.description.concentration???: Entomologia
Keywords: Controle biológico inundativo
Manejo integrado de praga
Crisopídeo
Inundative biological control
Integrated pest management
Green lacewing
???metadata.dc.date.submitted???: 23-Jul-2014
Issue Date: 2014
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: BEZERRA, C. E. S. Chrysoperla externa (Hagen): dietas artificiais na alimentação larval e controle de Bemisia tabaci (Gennadius) na cultura da melancia. 2014. 77 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Entomologia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: Crisopídeos (Neuroptera: Chrysopidae) têm sido associados a várias pragas agrícolas em diversos estudos, seja em laboratório ou por meio da sua liberação em casas de vegetação e campo. Espécies pertencentes ao gênero Chrysoperla são as mais estudadas e comercializadas por empresas na América do Norte e Europa. No Brasil, destaca-se a espécie Chrysoperla externa, com vários estudos sobre sua biologia, criação em laboratório e capacidade predatória. Porém, as larvas de C. externa são tradicionalmente alimentadas com ovos de presas alternativas, os quais possuem alto custo, fator que inviabiliza o uso desse predador em programas de controle biológico. Algumas dietas artificiais podem substituir essas presas alternativas, reduzindo os custos com alimentação. Dessa forma, o presente trabalho testou diferentes dietas artificiais para larvas de C. externa, avaliando seus efeitos, durante sete gerações e testou seu desempenho como agente biocontrolador da mosca branca Bemisia tabaci na cultura da melancieira. Das três dietas artificiais testadas, observou-se que as larvas de C. externa podem ser criadas em duas delas, desde que sejam fornecidos ovos de Anagasta kuehniella no primeiro instar e as dietas artificiais somente no segundo e terceiro. A utilização do regime alimentar aqui proposto significa uma redução de 90% no consumo de ovos de A. kuehniella. Na utilização de C. externa no controle de B. tabaci em melancieira, foram liberados ovos e larvas do predador, semanalmente, durante três semanas, sendo o efeito da última liberação acompanhado por mais uma semana. A liberação do predador foi feita em plantio comercial, sem interrupção do controle químico. Ao final das avaliações, observou-se que a liberação de ovos de C. externa reduziu em 80 e 85% o número de ovos e ninfas da mosca branca, respectivamente, em relação ao emprego exclusivo do controle químico. Quando liberadas larvas, essa redução foi de 93 e 98% no número de ovos e ninfas da mosca branca, respectivamente. Portanto, o uso de C. externa, no manejo integrado de B. tabaci, mostrou-se promissor e utilizando-se a dieta artificial aqui proposta, na sua produção em laboratório, pode-se conseguir alta redução de custos.
Abstract: Green lacewings (Neuroptera: Chrysopidae) have been associated to several agricultural pests in many studies, whether in laboratory or by means of its release in greenhouse or field. Species belonging to the genus Chrysoperla are the most studied and commercialized by companies in North America and Europe. In Brazil, the Chrysoperla externa species is highlighted, with many studies on its biology, laboratory rearing and predatory capacity. However, C. externa larvae are traditionally fed eggs from alternative prey, which present high costs, factor that prevents the use of this predator in biological control programs. Some artificial diets might substitute these alternative prey, reducing the feeding cost. Therefore, the present work tested different artificial diets for larvae of C. externa, evaluating its effects, during seven generations, and testing its performance as biocontrolling agent against the whitefly Bemisia tabaci in watermelon culture. From the three artificial diets tested, we observed that C. externa larvae could be reared in two of them, as long as Anagasta kuehniella eggs be provided to the first instar and the artificial diets only in the second and third instar. The use of the feeding regime proposed here means a reduction of 90% in A. kuehniella eggs. Regarding to the use of C. externa for controlling B. tabaci in watermelon culture, eggs and larvae of the predator were weekly released during three weeks, and the effect of the last release was accompanied by another week. The release of the predator was performed in commercial cultivation, without the interruption of chemical control. At the end of evaluations, it was observed that the release of eggs of C. externa reduced in 80 and 85% the number of eggs and nymphs of the whitefly, respectively, when compared to the exclusive use of chemical control. When releasing larvae, this reduction was of 93 and 98% in the number of whitefly eggs and nymphs, respectively. Therefore, the use of C. externa in the integrated management of B. tabaci was shown to be promising and, using the artificial diet proposed in this work, in its rearing in laboratory, a high reduction in cost might be achieved.
Description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Entomologia, área de concentração em Entomologia, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4666
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DEN - Entomologia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Chrysoperla externa(Hagen): dietas artificiais na alimentação larval e controle de Bemisia tabaci(Gennadius) na cultura da melancia.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback