Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46671
metadata.artigo.dc.title: Ativos e Passivos Intangíveis: Uma análise da Rentabilidade e Produtividade das Empresas de Capital Aberto Listadas no Brasil
metadata.artigo.dc.title.alternative: Intangible Assets and Liabilities: An Analysis of the Profitability and Productivity of Publicly Listed Companies Listed in Brazil
metadata.artigo.dc.creator: Arantes, Rita de Cassia
Oliveira, José Augusto
Brunozi Junior, Antônio Carlos
Ávila, Ednilson Sebastião de
Antonialli, Luiz Marcelo
metadata.artigo.dc.subject: Ativos e passíveis intangíveis
Grau de intangibilidade
Empresas - Produtividade
Empresas - Desempenho
Intangible assets and liabilities
Intangibility degree
Companies - Performance
Companies - Productivity
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.artigo.dc.date.issued: 2020
metadata.artigo.dc.identifier.citation: ARANTES, R. de C. et al. Ativos e Passivos Intangíveis: Uma análise da Rentabilidade e Produtividade das Empresas de Capital Aberto Listadas no Brasil. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 63-82, mai/ago, 2020. DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.29449.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Diante da nova economia da informação e do conhecimento, os recursos intangíveis têm apresentado progressivamente um papel preponderante na criação de valor e desempenho das firmas, sendo considerados, em alguns cenários, mais importantes do que os próprios recursos tangíveis da empresa. Todavia, nem todos recursos intangíveis são ativos. Há também recursos intangíveis que podem destruir o valor criado: os passivos intangíveis. Diante da relevância dos recursos intangíveis, especificamente da relação entre ativos e passivos intangíveis para as empresas, o estudo visa avaliar as implicações dos ativos e passivos intangíveis na rentabilidade e produtividade em empresas de capital aberto listadas no Brasil. Para tanto, utilizou-se de uma abordagem quantitativa e faz uso de métodos econométricos, mais especificadamente de dados em painel dinâmico (GMM). A amostra do estudo compreendeu 235 empresas de capital aberto, em um período de nove anos. Os resultados evidenciaram relações positivas entre a proporção de ativos intangíveis, rentabilidade e produtividade. Sendo assim, sugere-se que empresas detentoras de maior proporção de ativos intangíveis apresentam maiores níveis de rentabilidade e produtividade do que as empresas com passivos intangíveis. A perpetuação de intangíveis nas empresas tende a aumentar os recursos que são considerados raros e escassos, gerando mais valor do que os tangíveis. A intangibilidade é uma diferenciação das entidades, que podem agregar uma percepção mais favorável ao mercado com estes tipos de ativos. O estudo contribui ao evidenciar os papeis duplos e antagônicos de ativos intangíveis na criação de valor de uma empresa e de passivos intangíveis na destruição do valor da empresa. Ademais, contribui também ao sinalizar a importância de um nível elevado de investimentos em intangíveis para aumentar a competitividade das empresas.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Given the new economy of information and knowledge, intangible resources have progressively played a leading role in the creation of value and performance of firms, being considered, in some scenarios, more important than the company's own tangible resources. However, not all intangible assets are assets. There are intangibles that can destroy the value created: the intangible liability. Given the relevance of intangible resources, specifically the relationship between intangible assets and liabilities for companies, the study aims to evaluate the implications of intangible assets and liabilities on profitability and productivity in publicly traded companies listed in Brazil. For this, we used a quantitative approach and make use of econometric methods, with dynamic data panel (GMM). The study sample comprised 235 publicly traded companies over a nine-year period. The results showed positive relationships between the proportion of intangible assets, profitability and productivity. Thus, it is suggested that companies with a higher proportion of intangible assets have higher levels of profitability and productivity than companies with intangible liabilities. The perpetuation of intangibles in companies tends to increase resources that are considered rare and scarce, generating more value than tangible ones. Intangibility is a differentiation of entities, which can add a more favorable market perception with these types of assets. The study contributes by highlighting the dual and antagonistic roles of intangible assets in the creation of a company's value and intangible liabilities in the destruction of the company's value. It also contributes by signaling the importance of a high level of investment in intangibles to increase the competitiveness of companies.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/46671
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons