Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4697

Título: Prospecção e estudo in silico de metabólitos produzidos por espécies vegetais para o controle de Meloidogyne spp.
Título Alternativo: Prospection and study in silico of metabolites produced by vegetables species to control Meloidogyne spp.
Autor(es): Campos, Viviane Aparecida Costa
Orientador: Oliveira, Denilson Ferreira de
Membro da banca: Silva, Geraldo Humberto
Souza, Itamar Ferreira de
Veloso, Marcia Paranho
Campos, Vicente Paulo
Área de concentração: Agroquímica
Assunto: Cryptocarya aschersoniana
Annonaceae
Guatteria australis
Lauraceae
Nematoide de galha
Modelagem computacional
Root-knot nematode
Computational modeling
Data de Defesa: 4-Ago-2014
Data de publicação: 1-Dez-2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: CAMPOS, V. A. C. Prospecção e estudo in silico de metabólitos produzidos por espécies vegetais para o controle de Meloidogyne spp. 2014. 163 p. Tese (Doutorado em Agroquímica) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Com vistas a contribuir para o desenvolvimento de novos produtos para o controle de nematoides parasitas de plantas do gênero Meloidogyne, buscou-se estudar plantas para identificar aquelas com capacidade de produzir substâncias potencialmente úteis nesta área. No primeiro artigo foram estudadas plantas da família Annonaceae, o que resultou na seleção da espécie Guatteria autralis pelo fato de a mesma ter se mostrado capaz de produzir substâncias ativas contra o nematoide das galhas, Meloidogyne incognita. O fracionamento da fração solúvel em diclorometano do extrato metanólico das cascas desta espécie resultou na purificação de quatro substâncias que, segundo análises por ressonância magnética nuclear, trata-se de alcaloides. A três delas já foram atribuídas as estruturas de lisicamina, trans-N-feruloiltiramina e oxipseudopalmatina, enquanto a quarta substância se encontra em fase de identificação. No artigo 2, dando continuidade a trabalho previamente realizado de seleção de plantas ativas contra Meloidogyne exigua, buscou-se isolar e identificar as substâncias nematicidas presentes nas cascas de Cryptocarya aschersoniana. Após várias estapas de fracionamento por métodos cromatográficos, isolaram-se duas substâncias ativas contra o nematoide que, com base em análises espectroscópicas, foram identificadas como sendo a (E)-6-estirilpiran-2-ona e (R)-goniotalamina. Esta última também se mostrou ativa contra o nematoide M. incognita, tendo reduzido o número de ovos deste parasita em plantas de tomateiros. O estudo in silico das duas substâncias isoladas sugere que o mecanismo de ação contra os nematoides consiste na ligação das mesmas a uma cavidade próxima dos sítios ativos da enzima aspartato amônia liase, cuja sequência de aminoácidos computacionalmente extraída do genoma de Meloidogyne hapla é modelada no presente estudo.
To contribute to the development of new products to control plant-parasitic nematodes in the genus Meloidogyne, the present study aimed to identify plants able to produce substances potentially useful in this area. In the first manuscript, plants in the family Annonaceae were studied, resulting in the selection of the Guatteria australis species, which was able to produce active substances against the root-knot nematode, Meloidogyne incognita. Four substances were purified by fractionation of the fraction soluble in dicloromethane, which was obtained from the methanol extract from barks of G. australis. According to analyses by nuclear magnetic resonances they are all alkaloids. The structures of lisicamine, trans-N-feruloyltyramine and oxypseudopalmatine, were attibuted to three of them, while the fourth substances is still in the process of identification. In the second manuscript, article 2, continuing a previous work on selection of plants active against Meloidogyne exigua, the present study aimed at isolating and identifying the nematicidal substances in the barks of Cryptocarya aschersoniana. After several stpes of fractionation by chromatographic methods, two substances active against the nematode were isolated and identified by spectroscopic analyses as (E)-6-styrylpiran-2-one and (R)-goniotalamine. The last substance also reduced the number of M. incognita eggs on tomato plants. The in silico study of both isolated substances suggests that they act against nematodes by binding to a cavity close to the binding site of the enzyme aspartate ammonia lyase, the amino acid sequence of which was computationally extract from the genome of Meloidogyne hapla and modeled in the present study.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agroquímica, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4697
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DQI - Agroquímica - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Prospecção e estudo in silico de metabólitos produzidos por espécies vegetais para o controle de Meloidogyne spp..pdf2,5 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback