Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4760

Título: Otimização da produção de nanopartículas de prata utilizando nova síntese e avaliação da sua ação sanitizante
Título Alternativo: Optimization of production of silver nanoparticles produced by new synthesis and evaluation of its sanitizing action
Autor(es): Pereira, Adayane Aparecida
Araújo, Emiliane Andrade
Ribeiro, Lorena
Passos, Flávia Regina
Botrel, Diego Alvarenga
Bernardes, Patrícia Campos
Fialho Júnior, José Felício Queiroz
Andrade, Nélio José de
Assunto: Nanopartículas de prata
Antimicrobiano
Adesão
Sanitizante
Publicador: Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
Data de publicação: 5-Out-2012
Referência: PEREIRA, A. A. et al . Otimização da produção de nanopartículas de prata utilizando nova síntese e avaliação da sua ação sanitizante. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 29, n. 2, p. 506-515, mar./abr. 2013.
Resumo: Sanitizantes químicos são utilizados na higienização de superfícies que entram em contato com os alimentos, de forma a eliminar patógenos e reduzir deterioradores assegurando a inocuidade dos alimentos para os consumidores. Atualmente, tem-se o interesse no desenvolvimento de novos antimicrobianos, em razão do aumento no número de bactérias resistentes. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi otimizar a produção de nanopartículas de prata a partir de uma nova síntese, bem como avaliar sua capacidade antimicrobiana por diferentes metodologias. Observou-se que o rendimento na produção das nanopartículas de prata aumentou à medida que a concentração do surfactante usado na dispersão foi também aumentada, isto pode ser explicado pelo fato da reação de formação das nanopartículas se caracterizar como uma catálise micelar. Pelos resultados obtidos no teste de adesão bacteriana, observou- se que a adesão de Staphylococcus aureus e Listeria innocua foi menor nas superfícies condicionadas com as nanopartículas de prata. As nanopartículas de prata também foram capazes de reduzir o número de bactérias aderidas em diferentes superfícies de aço inoxidável, superfícies estas, comumente utilizadas nas indústrias de alimentos. Portanto, as nanopartículas de prata obtidas por uma nova síntese apresentam-se eficientes como agentes antimicrobianos, com potencial uso como sanitizantes, na indústria de alimentos.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4760
http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15177
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback