Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4773

Título: Identificação de marcadores microssatélites de QTL de feijão relacionado ao escurecimento de grãos
Autor(es): Couto, Karla Rodrigues
Orientador: Santos, João Bosco dos
Membro da banca: Ferreira, Juliano Lino
Gonçalves, Flávia Maria Avelar
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Phaseolus vulgaris
Marcador molecular
SSR
Qualidade
Seleção assistida
Data de Defesa: 26-Fev-2010
Data de publicação: 4-Dez-2014
Referência: COUTO, K. R. Identificação de marcadores microssatélites de QTL de feijão relacionado ao escurecimento de grãos. 34 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: As linhagens e ou cultivares de feijão carioca diferem com relação ao tempo de escurecimento do tegumento após a colheita. O escurecimento precoce dos grãos diminui a possibilidade de aceitação de uma cultivar. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a associação de marcadores microssatélites ligados ao QTL responsável pelo escurecimento tardio do tegumento de feijões do tipo carioca, a fim de reduzir o tempo de avaliação para essa característica. Foram utilizados os dados de avaliação fenotípica de 185 progênies F2:3 derivadas do cruzamento VC-3 x Majestoso, para o escurecimento dos grãos. A partir desses dados foram confeccionados dois bulks segregantes de DNA que foram empregados para a avaliação de 444 pares de primers SSR. Os aplicativos computacionais GQMOL e SISVAR foram utilizados para avaliar as segregações, confecção de um mapa de ligação, análises de marca simples e regressão múltipla utilizando o método backward. Oito marcadores apresentaram polimorfismo nos bulks. Seis desses marcadores foram agrupados em um grupo de ligação de 80,49cM, e destes, três se mostraram intimamente ligados ao QTL de interesse. O marcador PVM02TC116 co-segregou com o QTL em questão, e os marcadores PVESTBR-98 (2cM) e PV176 (12,24cM) flanqueiam essa região, conferindo elevada eficiência na seleção assistida.
Cultivars and lines of Carioca grain type are different concerning the seed-coat darkening ability after the harvest. The fast darkening reduces the acceptance of the cultivar by the market. The objective of this research was to indentify SSR (Simple Sequence Repeat) markers of the QTL (Quantitative Trait Loci) for slow darkening of the seed coat, aiming at reducing the time for evaluation and selection. Data of seed coat darkening were used of 185 F2:3 progenies derived from the VC-3 x Majestoso cross. DNA bulks segregating for slow and fast darkening were used for evaluating 444 SSR primers. The phenotypic and molecular data were analyzed using the GQMOL and SISVAR software. Partial linkage map was obtained, as well as single marker analyses of variance of the darkening per progenie, and multiple regression (backward), were set up. Eight markers were polymorphic in the DNA bulks, although six of them were mapped in a linkage group of 80.49 cM. Out of these six markers three were very close to the QTL.The PVM02TC116 marker co-segregate with the QTL, and the PVESTBR-98 (2cM) and PV116 (12.4cM) are flanking it. Thereby those three markers are very useful for the marked assisted selection of the trait.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4773
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Identificação de marcadores microssatélites de QTL de feijão relacionado ao escurecimento de grãos.pdf281,27 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback