Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
PPBV - Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Vegetal >
PPBV - Biotecnologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/480

Title: Identificação e expressão de genes que codificam transportadores de fósforo (Proteínas PHT1) em café, com e sem micorriza
???metadata.dc.creator???: Souza, Humberto Dias
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Andrade, Alan Carvalho
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Souza, Francisco Adriano de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Paiva, Luciano Vilela
Moreira, Fátima Maria de Souza
???metadata.dc.description.concentration???: Biotecnologia Vegetal
Keywords: Coffea arabica
Simbiose
qPCR
Phosphorus
Coffea
Mycorryzae
???metadata.dc.date.submitted???: 15-Apr-2010
Issue Date: 2012
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
???metadata.dc.description.resumo???: A cultura do café é responsiva à adubação com fósforo. No entanto, com as reservas naturais de fósforo se esgotando e sua importância para a agricultura, ocorre interesse em se estudar alternativas de utilização desse recurso, dentre os quais está a associação com fungos micorrízicos arbusculares (FMA). Foram avaliados parâmetros como porcentagem de esporos no solo, taxa de colonização de raízes, peso foliar, área foliar e matéria seca em plantas de café arábica cultivar catuaí, inoculadas com Scutellospora sp, Glomus sp FDS1, Acaulospora, Gigaspora, além de uma mistura desses fungos e um controle não inoculado. Foi determinada também a atividade de transportadores de P da família Pht1, sem aplicação de P e 5 horas após essa aplicação. Inicialmente, a caracterização e identificação de genes candidatos a transportadores Pht1 em café, in sílico, foi realizada por meio de palavras-chave (Phosphate transport) e análises de tBlastn com a sequência de MtPT4 (M. truncatula) e com a sequência do domínio conservado Pht, utilizando-se do banco de dados do CAFEST, gerado pelo projeto Genoma Brasileiro do Café. As sequências genômicas dos contigs 123, 1001 e 249-1263 e do singlet NS1 foram obtidas e analisadas por meio de um alinhamento com o programa ClustalW, possibilitando a identificação desses genes, por análises filogenéticas, como transportadores da família Pht1. Com esses resultados, foram desenhados pares de primers para todos os contigs com a finalidade de caracterizá-los por meio de qPCR. O RNA de raízes de plantas inoculadas com a mistura de fungos e o controle não inoculado após 5 horas da aplicação de P e sem aplicação de P foi extraído seguindo-se o protocolo Concert (Invitrogen). Também foi extraído o RNA de folhas de plantas de café, inoculadas ou não com a mistura de fungos, após uma semana da aplicação de P. A síntese dos cDNAs foi feita a partir de pools do RNA total de raízes e folhas e após ensaios de diluição, definiu-se a diluição de 1:50 como a melhor. As análises por qPCR foram realizadas utilizando-se a ubiquitina como gene constitutivo para a normalização dos resultados. O contig 1001 não apresentou diferenças nos níveis de expressão para aplicação ou não de P, em raízes, nem para presença ou não do fungo. O singlet NS1 foi mais expresso em raízes de plantas com défice de P e sem micorriza e em folhas de plantas micorrizadas com aplicação de P após uma semana. Os contigs 249-1263 apresentaram maior expressão em raízes de plantas com aplicação de P, porém maior nas não micorrizadas e em folhas, a diferença não foi significativa. O contig 123 não apresentou expressão em folhas e em raízes apresentou maior expressão em plantas micorrizadas com aplicação de P
With the exhausting of phosphorus natural reserves and its importance to agriculture, there is interest in studying a better way to use this resource, among which is the association with mycorrhizal fungi, capable of inducing carriers family Pht1. Were evaluated parameters such as percentage of spores in the soil, rate of colonization of roots, leaf weight, leaf area and dry matter in coffee plants inoculated with Scutellospora sp, Glomus sp FDS1, Acaulospora, Gigaspora, a mixture of fungi and an uninoculated control without the application of P and 5 hours after application. Differences were observed among genera of fungi, but not between the times of application of P. The time of one week after P application only served to evaluate the number of spores. The characterization and identification of candidate genes for transporters Pht1 in coffee, in silico, was realized using keywords (Phosphate transport) and tBlastN analysis with the sequence of MtPT4 (M. truncatula) and the sequence of a conserved domain Pht1 against the database CAFEST, generated by the Brazilian Coffee Genome Project. Genomic sequences of contigs 123, 1001 and 249-1263 and singlet NS1 were obtained and analyzed through an alignment in ClustalW, enabling the identification of these genes by phylogenetic analysis, as transporters of Pht1 family. With these results we designed primer pairs for all identified contigs in order to characterize them by means of qPCR. The roots RNA of the plants inoculated with the fungi mixture and uninoculated control after five hours of P application and without P application were extracted following the Concert (Invitrogen) protocol. Total RNA from leaves of coffee plants inoculated or not with a mixture of fungus, one week after P application was also extracted. The cDNA synthesis was performed using RNA pools from roots and leaves and the 1:50 dilution was chosen as the best. qPCR reactions was performed using ubiquitin as a constitutive gene for normalization of results. The contig 1001 showed no differences in expression levels for application of P or not in roots and not to presence or absence of the fungus. The singlet NS1 was more expressed in roots of plants with P deficit and no mycorrhiza and in leaves of mycorrhizal plants with P application after one week. The contigs 249-1263 showed higher expression in roots of plants with P application, but higher in non-inoculated leaves and the difference was not significant. The contig 123 showed no expression in leaves but in roots showed the highest expression in mycorrhizal plants with P application
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Vegetal, área de concentração em Biotecnologia Vegetal, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/480
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:PPBV - Biotecnologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTACAO_Identificação e expressão de genes que codificam transportadores de fósforo (Proteínas PHT1) em café, com e sem micorriza.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback