Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4800

Title: Bem estar de equinos usados em patrulhamento urbano e mantidos sob confinamento total ou parcial prévio
???metadata.dc.creator???: Pessoa, Gabriela Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Lacreta Junior, Antônio Carlos Cunha
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Sousa, Ticiana Meireles
Moura, Raquel Silva de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Mesquita Neto, Francisco Duque de
Muniz, Joel Augusto
Faleiros, Rafael Resende
???metadata.dc.description.concentration???: Ciências Veterinárias
Keywords: Polícia
Comportamento
Baia
Estresse
Variabilidade cardíaca
Police
Behavior
Stall
Stress
Heart rate variability
???metadata.dc.date.submitted???: 27-Oct-2014
Issue Date: 9-Dec-2014
Citation: PESSOA, G. O. Bem estar de equinos usados em patrulhamento urbano e mantidos sob confinamento total ou parcial prévio. 2014. 81 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: Equinos alojados em baias podem apresentar alterações comportamentais e estresse durante o serviço militar. Objetivou -se avaliar a influência do tempo de confinamento [total (CT) – 24h; parcial (CP) – 12h] no comportamento e bem-estar de oito equinos usados no patrulhamento urbano em Lavras, MG, Brasil. Os animais em repouso ficavam em baias, saindo somente para o serviço (CT) epara piquetes individuais de 8h às 20h (CP). Os animais permaneceram 16 dias em um confinamento, com posterior reversão dos mesmos nos tratamentos. O patrulhamento em duplas foi realizado em dias alternados, de 14h30minàs 20h30min, intercalando trechos de 40 minutos a passo e paradas para descanso de 20 minutos (14 km/dia). O comportamento foi avaliado por observação direta focal e por opinião dos militares. A frequência (FC) e variabilidade (VFC) cardíacas foram avaliadas no repouso e noserviço. Amostras de sangue foram coletadas para realização de hemograma e dosagem de cortisol sérico. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, sendo os dados de comportamento, FC, VFC e hemograma comparados pelos testes F e Tukey (P<0,05). As médias de cortisol foram analisadas descritivamente. No grupo CT, houve maior frequência do comportamento parado alerta e menor frequência de comportamentos parado tranquilo, movimento e interações sociais.Nos pontos de parada do patrulhamento, animais em CT ficaram mais alerta e em movimento, mais medrosos e nervosos, enquanto animais em CP ficaram mais distraídos. Nos trechos de movimento, equinos no grupo CT iniciaram o patrulhamento mais curiosos e terminaram menos distraídos e mais alertas e nervosos que CP. A VFC foi menor nos animais em CT nos pontos de descanso do serviço. A soltura é uma prática importante e eficaz para promover o bem-estar de equinos e reflete positivamente no patrulhamento.
Stabled equines can show alteration on their behavior and stress over military work. The aim of this study was to assess the influence of confinement period [total (TC) – 24 h; partial (PC) – 12 h] on behavior and welfare of 8 equines used in urban patrol in Lavras, MG, Brazil. Animals at rest stayed in stalls, leaving it only for work (TC) and for individual small pasturesfrom 8:00 h to 20:00 h (PC). They had remained 16 days in one confinement and then have changed in the opposite treatment. Animals worked in couples every other day, from 14:30 h to 20:30 h interspersing ways of 40 minutes in pace and 20-minutes breakpoints (14 km/day). The behavior was assessed by focal animal sampling and police´s opinion. Heart rate (HR) and heart rate variability (HRV) were assessed at rest and at work. Blood samples were collected for exam and serum cortisol dosage. Experimental design was a randomized blocks, and data of behavior, HR, HRV and hemogram were compared by F Test andTukey Test (P<0.05). Averages of cortisol were assessed by descriptive statistic. TC group exhibited more frequency of standing alert and less frequency of rest standing, moving, social interactive. On the patrol break periods, TC horses stayed more standing alert and moving, more fearful and nervous, whileanimals under PC stayed more distracted. Equines under TC started the patrol more curious and finished it less distracted and more alert and nervous in movement periods. HRV was lower in animals under TC conditionon the break periods in patrol. Liberationis an important and effective practice to promote welfare of equines and reflects positively in the patrol service.
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, área de concentração em Ciências Veterinárias, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4800
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback