Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4844

Title: Crude glycerin as an energy feed for dairy cows
???metadata.dc.creator???: Zacaroni, Ozana de Fátima
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pereira, Marcos Neves
???metadata.dc.contributor.referee1???: Andrade, Gustavo Augusto de
Souza, Raimundo Vicente de
Pereira, Renata Apocalypse Nogueira
Donkin, Shawn Scott
???metadata.dc.description.concentration???: Produção Animal
Keywords: Glicerol
Glicerina bruta
Metanol
Cana-de-açucar
Palatabilizantes
Glycerol
Crude glycerin
Methanol
Sugarcane
Sensorial feed additives
???metadata.dc.date.submitted???: 15-Aug-2014
Issue Date: 2014
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: ZACARONI, O. de F. Crude glycerin as an energy feed for dairy cows. 2014. 91 p. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: Com o crescimento mundial na produção de biodiesel existe maior disponibilidade do co-produto glicerina bruta. Glicerol é o principal componente da glicerina bruta, tendo valor energético próximo ao do milho, podendo ser usado na alimentação animal. A inclusão de glicerina bruta em dietas contendo silagem de cana-de-açúcar pode ser uma forma para compensar a perda de energia que ocorre na ensilagem desta forrageira. No entanto, o maior contaminante da glicerina é o metanol, que pode causar danos a saúde animal. O objetivo deste estudo foi avaliar a inclusão de glicerina bruta com alto teor de metanol em dietas de vacas leiteiras. No primeiro experiemento testou-se a substituição parcial de silagem de milho por uma mistura isofibrosa de silagem de cana e glicerina bruta (7,2% de metanol). Simultaneamente foi avaliada a incorporação de flavorizantes às forragens, em arranjo fatorial 2x2 de tratamentos. Foi avaliado o desempenho, a digestibilidade, a seletividade e o equilíbrio ácido-básico venoso. A adição de flavorizantes à dieta com silagem de milho reduziu a produção de leite (32,2 vs 31.1 kg/d), mas induziu aumento da produção das vacas consumindo silagem de cana e glicerina bruta (30.3 vs 31.7 kg/d). Silagem de cana e glicerina aumentaram o teor de gordura e proteina no leite. Flavorizantes reduziram a concentração de glicose no sangue quando adicionados a dietas contendo silagem de milho, mas aumentaram quando foram adicionados a dietas contendo silagem de cana. Houve rejeição de particulas longas e o consumo preferencial por particulas pequenas quando palatabilizantes foram adicionados a silagem de milho, no entanto ocorreu uma reduçãona rejeição de partículas longas quando adicionados a silagem de cana. Não houve efeito dos tratamentos sobre a digestibilidade aparente de nutrientes no trato digestivo total. O tipo de forragem não determinou o equilíbrio ácido-básico venoso, no entanto, antes da alimentação matinal, flavorizantes reduziram a pressão parcial de gás carbônico e a saturação de hemáceas e aumentaram a pressão parcial de oxigênio e a saturação de oxigênio. No segundo experimento foi avaliado a sustituição parcial milho finamente moído por 0, 5 e 10% de glicerina bruta. Foi avaliado o desempenho, a digestibilidade e o equilíbrio ácido-básico. A inclusão de glicerina reduziu linearmente a produção de leite (22,2; 21,2; 20,0 kg/d) e a secreção de lactose, sem afetar o consumo de matéria seca, reduzindo a eficiência alimentar. O teor de gordura (4,11; 4,33; 4,37%) e de proteína (3,47; 3,64; 3,73%) aumentou linearmente com a suplementação de glicerina. Os tratamentos com 5 e 10% de glicerina induziram a redução da pressão parcial de gás carbônico e aumento na saturação da hemoglobina com oxigênio, 6 horas após a alimentação matinal. A inclusão de glicerina bruta contendo 7.2 % de metanol não causou efeito negativo na saúde de vacas leiteiras.
The worldwide growth in biodiesel production there is greater availability of crude glycerin co-product. Glycerol is the main component of crude glycerin, with energy value close to that of corn, and can be used as animal feed. The inclusion of crude glycerin in diets containing sugarcane silage can be a way to compensate the energy loss that occurs in the silage. However, the most important contaminant of glycerin is methanol, which can cause damage to animal health. The objective of this study was to evaluate the inclusion of crude glycerin with high content of methanol in diets of dairy cows. In the first experiment was tested the partial replacement of corn silage with a mixture of sugarcane silage and crude glycerin (7.2% methanol). At the same time was evaluated the addition of sensorial feed additives, in 2 x 2 factorial arrangement, was evaluated performance, digestibility, the selectivity and the acid/base balance. The addition of sensorial feed additives to the diet with corn silage reduced milk production (32.2 vs. 31.1 kg/d), but induced increase in production of cows consuming sugarcane silage and crude glycerin (30.3 vs 31.7 kg/d). Sugarcane silage and Glycerin increased fat content and protein in milk. Flavoring reduced the concentration of glucose in the blood when added to diets containing corn silage, but increased when added to diets containing sugarcane silage. There was rejection of long particles and small particles by preferential consumption when sensorial feed additives were added to corn silage; however, there was a decrease long particle rejection when added to sugarcane silage. There was no effect of the treatments on the apparent digestibility tract total of nutrients. The kind of roughage has not determined the vein acid/base balance, however, before the morning feeding, flavoring reduced partial pressure of carbon dioxide and the hemoglobin saturation, and increased partial pressure of oxygen and oxygen saturation. In the second experiment was to evaluate the finely ground corn for partial replacement 0, 5 and 10% of crude glycerin. Evaluating the performance, digestibility and the acid/base balance. The inclusion of glycerin reduced linearly milk production (22.2; 21.2; 20.0 kg/d) and the secretion of lactose, without affecting the dry matter intake. Which reduced the feed efficiency. The fat content (4.11; 4.33; 4.37%) and protein (3.73; 3.47; 3.64%) increased linearly with the supplementation of glycerin. The treatments with 5 and 10% glycerin induced a reduction in partial pressure of carbon dioxide and increase in hemoglobin saturation with oxygen, 6 hours after the morning feeding. The inclusion of crude glycerin containing 7.2% methanol caused no negative effect on the health of dairy cows.
Description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-graduação em Zootecnia, área de concentração em Produção Animal, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4844
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: en_US
Appears in Collections:DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Crude glycerin as an energy feed for dairy cows.pdf549.15 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback