Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4846
Título: Suplementação de vacas leiteiras em final de gestação com betacaroteno
Autor : Oliveira, Rafael Caputo
Primeiro orientador: Pereira, Marcos Neves
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Alves, Nadja Gomes
Primeiro membro da banca: Bertechini, Antônio Gilberto
Andrade, Gustavo Augusto de
Pereira, Renata Apocalypse Nogueira
Área de concentração: Produção e Nutrição de Ruminantes
Palavras-chave: Betacaroteno
Período de transição
Retenção de placenta
Beta-carotene
Retained placenta
Transition period
Data da publicação: 2014
Referência: OLIVEIRA, R. C. Suplementação de vacas leiteiras em final de gestação com betacaroteno. 2014. 134 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: A suplementação pré-parto de betacaroteno foi avaliada. O conjunto de dados continha 283 vacas holandesas que receberam um tratamento por mais de 14 dias (29,1 ± 6,9 d). As vacas foram blocadas em pares por paridade e data prevista do parto e atribuídas aleatoriamente a um dos tratamentos: Betacaroteno (1,2 g/vaca/d. Rovimix, DSM) ou controle. O mesmo lote da TMR foi oferecido a todas as vacas. O suplemento foi adicionado por cima da dieta e completamente misturado uma vez ao dia. A produção de leite foi registrada diariamente e amostrada aos 30,1 ± 8,3 dias pós-parto. As distribuições de frequência foram analisadas com o GENMOD do SAS por meio de regressão logística para dados binomiais. As variáveis contínuas foram analisadas com o MIXED. Dentro de paridade, as estimativas não paramétricas da função de sobrevivência para as variáveis reprodutivas foram computadas usando o método do produto-limite de Kaplan-Meier com o LIFETEST. O teor sanguíneo de betacaroteno no início do experimento foi similar (2,99 µg/mL, P=0,59) e atingiu um pico a 3,26 µg/mL no dia -15 pré-parto para vacas suplementadas (2,62 µg/mL para o controle, P<0,01). A densidade do colostro, a produção de leite e o teor de sólidos do leite foram semelhantes (P>0,32). A produção de leite a partir do dia 20 ao 109 da lactação foi 3105 kg para primíparas e de 3.595 kg para multíparas (P<0,01). O Betacaroteno tendeu a aumentar o teor de proteína do leite de 2,90 para 2,96% (P=0,09) e para diminuir a proporção de primíparas com a relação gordura sobre proteína do leite >1,5, 25,8 para 9,7% (P=0,10). A proporção de primíparas com parto difícil, CCS>200.000 células/mL, metrite, progesterona >1 ng/mL em 21 e 42 d, % concepção ao primeiro serviço e % prenhez a 90 e 150 d foram semelhantes (P>0,46). Houve tendência de diminuição da incidência de CCS>200.000 células/mL em multíparas suplementadas com betacaroteno (38,9% vs. 28,1%, P=0,12), outras variáveis foram semelhantes (P>0,21). O Betacaroteno reduziu a proporção de multíparas com retenção de placenta 12h pós-parto de 29,9% para 21,7%, o tempo de liberação de placenta foi 392 min (340-440) para o Betacaroteno e 490 min (395-540) para o Controle (Mediana e intervalo de confiança de 95%. Logrank P=0,05 e Wilcoxon P=0,04). O Betacaroteno em primíparas não determinou a liberação da placenta (incidência foi 15,4%). Respostas nos intervalos do parto ao primeiro estro, ao primeiro serviço e à concepção não foram detectadas. A suplementação pré-parto de betacaroteno aumentou o teor sanguíneo em torno do parto. Não houve resposta detectável na produção de leite ou desempenho reprodutivo. O Betacaroteno reduziu a incidência de retenção de placenta em vacas multíparas.
The pre-calving supplementation of beta-carotene was evaluated. The data set contained 283 Holsteins that received a treatment for >14 d (29.1±6.9 d). Cows were paired blocked by parity and expected calving date and assigned to a treatment: Beta-carotene (1.2 g/cow/d. Rovimix, DSM) or Control. The same TMR batch was offered to all cows and beta-carotene was top dressed per cow once a day. Milk yield was recorded daily and sampled at 30.1±8.3 d post-calving. Frequency distributions were analyzed with GENMOD of SAS using logistic regression for binomial data. Continuous variables were analyzed with MIXED. Within parity, nonparametric estimates of the survivor function for reproductive variables were computed using the product-limit method of the Kaplan-Meier method with LIFETEST. Blood beta-carotene content at the start of the experiment was similar (2.99 µg/mL, P=0.59) and peaked at 3.26 µg/mL on day -15 pre-calving for supplemented cows (2.62 µg/mL for Control, P<0.01). Colostrum density, milk yield, and milk solids content were similar (P>0.32). Milk yield from d 20 to 109 of lactation was 3105 kg for primiparous and 3595 kg for multiparous (P<0.01). Beta-carotene tended to increase milk protein content from 2.90 to 2.96% (P=0.09) and to decrease the proportion of primiparous with a milk fat to protein ratio >1.5 from 25.8 to 9.7% (P=0.10). The proportion of primiparous with difficult calving, SCC >200,000 cells/mL, metritis, progesterone >1 ng/mL at 21 and 42 d, % conception at first service, and % pregnant at 90 and 150 d were similar (P>0.46). There was a trend for decreased incidence of SCC >200,000 cells/mL in multiparous supplemented with beta-carotene (38.9% vs. 28.1%,P=0.12), other variables were similar (P>0.21). Beta-carotene reduced the proportion of multiparous with retained placenta 12 h post-calving from 29.9% to 21.7%, time of placenta release was 392 min (340 to 440) for beta-carotene and 490 min (395 to 540) for Control (Median and 95% confidence interval. LogRank P=0.05 and Wilcoxon P= 0.04). For primiparous, beta-carotene did not determine placenta release (incidence was 15.4%). Responses in the intervals from calving to first estrous, to first service, and to conception were not detected. The pre-calving supplementation of beta-carotene increased the blood content around calving. There was no detectable response in milk yield or reproductive performance. Beta-carotene reduced the incidence of retained placenta in multiparous cows.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração em Produção e Nutrição de Ruminantes, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4846
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Suplementação de vacas leiteiras em final de gestação com betacaroteno.pdf830 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.