Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4899

Título: Estudo da estabilidade físico-química de suco de abacaxi ‘Pérola’
Título Alternativo: Study of the psycho-chemical stability of ‘Pérola’ pineapple juice
Autor(es): Borges, Paulo Rogério Siriano
Carvalho, Elisângela Elena Nunes
Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros
Lima, Juliana Pinto de
Rodrigues, Lucas Ferreira
Assunto: Ascorbic acid
Storage
In natura
Ácido ascórbico
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data de publicação: 4-Fev-2011
Referência: BORGES, P.R.S. et al. Estudo da estabilidade físico-química de suco de abacaxi 'Pérola'. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 4, p. 742-750, jul./ago. 2011.
Resumo: Neste trabalho foram avaliadas as mudanças físico-químicas provocadas pelo tipo de armazenamento do suco de abacaxi ‘Pérola’, durante de 48 horas após sua elaboração. Foram avaliadas 4 condições de armazenamento, em ambiente refrigerado (4 ±1° C) e em temperatura ambiente (22 ±1° C), ambas com e sem luminosidade. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 2 x 2 x 6, sendo 2 ambientes de luminosidade (presença e ausência), 2 condições de temperatura (refrigeração e ambiente) e 6 tempos de amostragem (0, 6, 12, 24, 36 e 48 horas) com 3 repetições. Foram analisados, pH, acidez titulável, sólidos solúveis, vitamina C total e cor utilizando-se as variáveis claridade (L*), ângulo de cor (ho) e cromaticidade (C*). O tempo de armazenamento apresentou influência negativa na qualidade do suco provocando a diminuição dos teores de ácido ascórbico e ácido cítrico, alterações na cor, principalmente o escurecimento. Entretanto, quando armazenado em ambiente refrigerado e sem luz, o suco conservou suas características iniciais por mais tempo, sendo estas melhor preservadas pelas baixas temperaturas.
Abstract: In this work, psycho-chemical changes caused by the storage of homemade ‘Pérola’ pineapple juice, over 48 hours after its preparation were evaluated. Four storage conditions were evaluated in a refrigerated environment (4 ±1° C) and in room temperature (22 ±1° C) both in the presence and abscence of light. The experiment was conducted with a totally random design, with treatments arranged in a factorial 2 x 2 x 6, with 2 light conditions (presence and absence), 2 temperature conditions (cooling and room temperature) and 6 sampling times (0, 6, 12, 24, 36 and 48 hours) with three replicates. pH, titratable acidity, soluble solids, total vitamin C and color using the variables: luminosity (L*), hue angle (ho) and chromaticity (C*) were analyzed. The period of storage presented a negative influence on the pineapple juice, causing a reduction of ascorbic and citric acid contents and color changes, mainly darkening. However, when stored in refrigerated environment in the abscence of light, the juice conserved its initial features for a longer time, which were better preserved by low temperatures.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4899
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Estudo da estabilidade físico-química de suco de abacaxi 'Pérola.pdf128,81 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback