Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4971

Título: Impedimento físico do crescimento radicular de bananeiras cultivadas in vitro
Título Alternativo: Prevention physical growth root banana cultured in vitro
Autor(es): Almeida, Mirielle de Oliveira
Orientador: Pio, Leila Aparecida Salles
Coorientador(es): Pasqual, Moacir
Membro da banca: Pereira, Roselaine Cristina
Alvarenga, Ângelo Alberico
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Musa sp.
Hipoxia
Banana - Desenvolvimento
Compactação
Fisiologia da bananeira
Hypoxia
Development banana
Compression
Banana physiology
Data de Defesa: 20-Jan-2015
Data de publicação: 29-Jan-2015
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ALMEIDA, M. de O. Impedimento físico do crescimento radicular de bananeiras cultivadas in vitro. 2015. 50 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Condições de deficiência de oxigênio, causadas por compactação no solo, podem ser simuladas in vitro. Já o aumento crescente da concentração de phytagel no meio de cultura pode causar anoxia no ambiente radicular, possibilitando assim, o estudo das cultivares de bananeira sob esta condição. Portanto, este trabalho objetivou avaliar se as cultivares Grande Naine, Vitória e Princesa, apresentam capacidade fotossintética e desenvolvimento vegetativo correlacionados aos apresentados em campo, bem como selecionar cultivares tolerantes a condição de compactação do solo. Nos tubos de ensaio foram colocados os mesmos meios de cultura, na parte superior, meio de cultura padrão, com a dosagem de 1,8 g L-1 de phytagel, e na camada inferior, 1,8; 2,8; 3,8; 4,8 e 5,8 g L-1 de phytagel. O experimento foi instalado e analisado sob o delineamento inteiramente casualizado. Para as análises de trocas gasosas o esquema foi fatorial 3 x 5 (3 cultivares e 5 doses de phytagel). Para as análises de crescimento o esquema foi em parcelas sub-subdivididas no tempo, na parcela principal, foram avaliadas as três cultivares de bananeira (Grande Naine, Vitória e Princesa). A subparcela foi constituída das cinco doses de phytagel (1,8; 2,8; 3,8; 4,8 e 5,8 g.L-1) e a sub-subparcelas das três épocas de avaliação (10, 20 e 30 dias após a inoculação do explante no meio de cultura). Concluiu-se que o comportamento da cultivar Grande Naine, subgrupo Cavendish in vitro, está correlacionado com o seu comportamento de maior vigor, quando comparada às cultivares dos subgrupos Prata e Maçã em campo. Esta é uma evidência de que foi possível extrapolar testes realizados em campo, para condições controladas de laboratório. Sendo assim, a cultivar Vitória é recomendada como a mais tolerante sob condições de solo compactado. Portanto, este resultado se torna de grande relevância para o melhoramento genético das cultivares.
Abstract: Oxygen deficiency conditions caused by soil compaction can be simulated in vitro. The increasing Phytagel concentration in the culture medium can lead to anoxia in the root environment conditions allowing the study of the cultivars of banana under this condition. The objective of this study was to evaluate the cultivars Grande Naine, Vitória and Princesa have photosynthetic capacity and vegetative growth correlated to those presented in the field, as well as select cultivars tolerant to soil compaction condition. In the test tube was placed the same culture medium at the top standard culture medium with the dosage of 1.8 g L-1 and the lower layer Phytagel , 1.8; 2.8; 3.8; 4.8 and 5.8 g L-1 Phytagel. The experiment was carried out and analyzed in a completely randomized design. For the analysis of gas exchange scheme was 3 x 5 factorial (3 cultivars and five doses of Phytagel). For growth analyzes the scheme was in split-plot in time, in the main plots were evaluated three cultivars of bananas (Grande Naine, Vitória and Princesa). The subplot consisted of five doses of Phytagel (1.8, 2.8, 3.8, 4.8 and 5.8 g L-1) and the sub-subplots of the three evaluation periods (10, 20 and 30 days after inoculation of the explant in culture medium). It was concluded that the behavior of the cultivar Grand Naine, Cavendish , in vitro correlates with its greatest force behavior compared cultivars of Silver and Apple subgroup field. This is evidence that it was possible to extrapolate the test field for controlled laboratory conditions. The cultivar Vitória is recommended as the most tolerant in compacted soil conditions, this result was of great importance for the genetic improvement of crops.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4971
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Impedimento físico do crescimento radicular de bananeiras cultivadas in vitro.pdf402,17 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback