Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4987

Título: Influence of the extraction method and storage time on the physicochemical properties and carotenoid levels of pequi (Caryocar brasiliense Camb.) oil
Título Alternativo: Influência do método de extração e do tempo de armazenamento sobre as propriedades físico-químicas e o teor de carotenóides do óleo de pequi (Caryocar brasiliense Camb.)
Autor(es): Ribeiro, Milton Cosme
Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros
Riul, Tania Regina
Pantoja, Lílian
Marinho, Helyde Albuquerque
Santos, Alexandre Soares dos
Assunto: Caryocar brasiliense
β-carotene
Vegetal oil
Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Data de publicação: 4-Jan-2012
Referência: RIBEIRO, M. C. et al. Influence of the extraction method and storage time on the physicochemical properties and carotenoid levels of pequi (Caryocar brasiliense Camb.) oil. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 32, n. 2, p. 386-392, Apr./Jun. 2012.
Resumo: Este estudo objetivou analisar as propriedades físico-químicas e o teor de carotenoides totais do óleo de pequi (OP) obtido por diferentes métodos de extração, bem como avaliar a conservação dessas propriedades e dos pigmentos durante o armazenamento. O OP foi obtido por extração com solventes, extração mecânica e flotação com água quente, e armazenado por 180 dias em frascos âmbar sob condições ambientes. Foram realizadas análises para determinação dos índices de acidez, peróxido, saponificação e iodo, da coloração e do teor de carotenoides totais e de β-carotenos. Verificou-se que a extração com solventes promoveu um maior rendimento em óleo e o maior valor de carotenoides totais. A extração mecânica resultou em um óleo com acidez (5,44 mg KOH.g –1 ) e índice de peróxido (1,07 mEq.kg –1 ) elevados. Ao longo do armazenamento do OP, houve aumento da acidez e do índice de peróxido, escurecimento do óleo e redução do teor de carotenoides. A extração mecânica foi o método menos vantajoso para a conservação das propriedades físico-químicas e do teor de carotenoides no óleo de pequi.
Abstract: The objective of this study was to analyze the physicochemical properties and carotenoid levels of pequi oil obtained by different extraction methods and to evaluate the preservation of these properties and pigments during storage time. The pequi oil was obtained by solvent extraction, mechanical extraction, and hot water flotation. It was stored for over 180 days in an amber bottle at ambient conditions. Analyses for the determination of the acidity, peroxide, saponification and iodine values, coloration, total carotenoids, and β-carotene levels were conducted. The oil extraction with solvents produced the best yield and carotenoid levels. The oil obtained by mechanical extraction presented higher acidity (5.44 mg KOH.g –1 ) and peroxide values (1.07 mEq.kg –1 ). During the storage of pequi oil, there was an increase in the acidity and the peroxide values, darkening of the oil coloration, and a reduction of the carotenoid levels. Mechanical extraction is the less advantageous method for the conservation of the physicochemical properties and carotenoid levels in pequi oil.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4987
Idioma: en
Aparece nas coleções: DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Influence of the extraction method and storage time on the physicochemical properties a.pdf281,21 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback