Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/499
Título: Trabalho executivo contemporâneo: uma análise sob a ótica do filme “Amor sem escalas”
Autor : Borges, Ceyça Lia Palerosi
Primeiro orientador: Brito, Mozar José de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Cappelli, Monica Carvalho Alves
Neder, Marco Antonio Villarta
Primeiro membro da banca: Pardini, Daniel
Área de concentração: Organizações, Gestão e Sociedade
Palavras-chave: Normopatia
Comportamento normopático
Identidade e trabalho
Relação homem-trabalho
Ambiente organizacional
Trabalho executivo
Filme
Film
Executive work
Normopathy
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais, FAPEMIG
Referência: BORGES, C. L. P. Trabalho executivo contemporâneo: uma análise sob a ótica do filme “Amor sem escalas”. 2012. 86 p. Dissertação (Mestrado em Organizações, Gestão e Sociedade)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Com este trabalho, teve-se por objetivo investigar as características do trabalho contemporâneo, particularizando as experiências vivenciadas pela personagem central do filme “Amor sem escalas” (2009), e verificar a existência de comportamentos normopáticos decorrentes das novas exigências organizacionais. Para tanto, buscou-se um aporte teórico que trata das transformações no perfil do trabalhador contemporâneo relacionadas às intensas demandas organizacionais. Na sociedade contemporânea, o trabalho tem ocupado um lugar ainda maior na vida das pessoas que, ao atenderem às exigências organizacionais, se transformam e assumem características voltadas às necessidades do mercado de trabalho, deixando em segundo plano aspectos da vida, como a família, o lazer e os relacionamentos afetivos. Os executivos têm experimentado um aumento significativo no número de horas trabalhadas, se estendendo não só para o período noturno, como também para as horas de folga. Com essas exigências, esses profissionais são contaminados por uma lógica perversa de funcionamento organizacional, que pode levar ao desenvolvimento de comportamentos de normopatia, conceito estudado por Dejours (1999). O profissional assume, muitas vezes, práticas cruéis que lhe são exigidas, não percebendo sua própria desumanização e perda de identidade. Embora não seja uma novidade nas ciências sociais, a utilização de filmes como instrumento de análise ainda é um campo pouco explorado, especialmente na área da Administração. Esse material de pesquisa, além de fonte de reflexão e aprendizado sobre a realidade, se mostra relevante, pois, ao se utilizar um filme como base empírica, permite-se que os registros sejam revistos e rediscutidos incontáveis vezes. Por meio de um estudo observacional utilizando como método de análise a estratégia de fundamentação nas proposições teóricas, a personagem principal do filme, interpretada por George Clooney, retrata o trabalhador executivo contemporâneo, uma nova espécie de nômade, que trabalha viajando e despreza a necessidade da família, os amigos, o lazer e os relacionamentos. Pelas análises, observou-se que, para atender às demandas organizacionais, o executivo tem que se dedicar quase que exclusivamente a uma rotina de trabalho que inclui viagens, compromissos e sobrecarga de tarefas. Para tanto, esses profissionais precisam desenvolver habilidades e características que suportem tamanho comprometimento, tais como o dinamismo, a solidão, o desapego, a mobilidade, a independência, a flexibilidade e a ética flexível. Diante de tantas exigências, a maneira que o executivo utiliza para resistir às pressões psíquicas do trabalho e à ausência da família, do convívio social, de relacionamentos e do lazer, é a adoção de comportamentos de conformismo e de extrema normalidade diante de situações consideradas anormais. Esses comportamentos podem ser concebidos como normopáticos.
This work had as objective to investigate the characteristics of contemporary work, specifying the experiences of the central character in the movie "Up in the Air" (2009), and verify the existence or not of normopathic behaviors arising from the new organizational requirements. To this end, we sought a theoretical dealing with changes in profile of the worker and the contemporary impact that the increased pressure in the workplace and organizational demands in professional managers cause. In contemporary society, the work has occupied a place even greater in people's lives that, when responding to the demands required by organizations to transform and take on characteristics oriented to the needs of the labor market, leaving in the background aspects of life such as family, leisure and relationships. Executives have experienced a significant increase in the number of hours worked, not only for extending the dark period, but also for off hours. With these requirements, these professionals are contaminated by a perverse logic of organizational functioning, which can lead to the development of behaviors normopathy concept studied by Dejours (1999). The professional assumes, often cruel practices that are required, not realizing their own dehumanization and loss of identity. Although not a novelty in the social sciences, the use of film as an analytical tool, is still an unexplored field, especially in the area of Administration. This research material and source of reflection and learning about reality shows is relevant because, when using film as an empirical basis, that allows records to be reviewed and rediscussed countless times. Through an observational study as a method of analysis using the strategy of grounding in the theoretical propositions, the film's main character, played by George Clooney, portrays the contemporary executive employee, a new kind of nomad, traveling to work, disregards the need of family, friends, leisure and relationships. For these analyzes, we found that, to meet organizational demands, the executive has to devote almost exclusively to a work schedule that includes trips, appointments, and heavy workloads. To do so, these professionals need to develop skills and characteristics that support commitment size, such as dynamism, loneliness, detachment, mobility, independence, flexibility, and flexible ethics. With so many demands, so that the executive uses psychic to resist the pressures of work and the absence of family, social life, relationships and leisure, is the adoption of behavior conformity and normalcy in the face of extreme situations considered abnormal. These behaviors can be designed as normopathic.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Administração, área de concentração em Organizações, Gestão e Sociedade, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/499
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Trabalho executivo contemporâneo uma análise sob a ótica do filme “Amor sem escalas”.pdf458,29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.