Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5065
Título: Identificação de estados seguros em simulação híbrida no distributed co-simulation backbone – DCB
Autor : Soares, Ânderson de Morais
Primeiro orientador: Mello, Bráulio Adriano de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Heimfarth, Tales
Primeiro membro da banca: Heimfarth, Tales
Correia, Luiz Henrique Andrade
Bettio, Raphael Winckler de
Palavras-chave: Termination detection
Domino effect
Checkpoint
Rollback recovery
Simulação heterogênea distribuída
Data da publicação: 2015
Referência: SOARES, A. de M. Identificação de estados seguros em simulação híbrida no distributed co-simulation backbone – DCB. 2011. 68 p. Monografia (Graduação em Ciência da Computação) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Em simulação distribuída são necessários mecanismos que garantam a consistência do sistema em situações de rollback e recovery. O sistema se torna inconsistente a partir da existência de mensagens órfãs ou perdidas, registradas na linha de simulação de seus elementos quando estes executam rollback. Para garantia da consistência é necessário que os checkpoints (instantes locais) nos processos sejam determinados em instantes seguros. Na execução da simulação, caso elementos assíncronos necessitem retornar no tempo, estes retornam para os checkpoints determinados. Este trabalho apresenta um algoritmo para identificação de estados seguros em simulação híbrida no Distributed Cosimulation Backbone, DCB. Até o desenvolvimento deste trabalho, o DCB não identificava quais instantes de tempo eram seguros para se determinar um checkpoint. Os checkpoints no DCB eram não coordenados e portanto cada processo tinha total autonomia para determinar seu instante local. Para o DCB foi implementado um algoritmo de detecção de estados seguros, aliado à uma coordenação realizada por um elemento central, para determinação dos mesmos. Para o desenvolvimento do algoritmo foi adotada a ideia do conceito de Termination Detection (Detecção de Terminação). Este conceito prevê que uma computação terminou quando não existem mensagens em trânsito no sistema. Quando um processo é terminado, é possível dizer que um checkpoint naquele instante é seguro. No DCB este conceito é aplicado fazendo com que os elementos determinem checkpoints em instantes anteriores à execução de uma transição entre estados. A transição entre estados significa que um processo deixou de estar em um estado seguro, e passou para inseguro, e vice-versa. Portanto para cada computação terminada identificada no DCB, checkpoints seguros são determinados e um novo estado global consistente é gerado. Após a realização de testes através de um estudo de caso, eliminou-se a presença dos checkpoints inúteis. Além disso diminuiu-se o overhead de processamento e armazenamento, pois seriam necessários mecanismos de Garbage Collector para remoção destes checkpoints. Foi verificado neste trabalho que a eliminação de checkpoints não úteis para a simulação, a partir da construção de estados globais consistentes, permitiu ao DCB realizar uma simulação completa de elementos heterogêneos distribuídos.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5065
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCC - Bacharelado em Ciência da Computação (Monografias)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.