Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5113

Title: Clones de batata com potencial agronômico e resistentes aos vírus X e Y
???metadata.dc.creator???: Moreira, Carolina Mariane
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
???metadata.dc.contributor.referee1???: Figueira, Antônia dos Reis
Botelho, Flávia Barbosa Silva
Pádua, Joaquim Gonçalves de
Santos, João Bosco dos
???metadata.dc.description.concentration???: Genética e Melhoramento de Plantas
Keywords: Solanum tuberosum L.
Plantas - Melhoramento genético
Potato virus X
Potato virus Y
Plant breeding
???metadata.dc.date.submitted???: 19-Jan-2015
Issue Date: 2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: MOREIRA, C. M. Clones de batata com potencial agronômico e resistentes aos vírus X e Y. 2015. 95 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: As viroses causam a rápida degenerescência dos tubérculos-sementes de batata. Em condições tropicais, em que a presença de afídeos vetores é constante e a estrutura das populações de vírus é dinâmica, a pressão das doenças é enorme. Além disso, na maioria dos casos, genótipos de alta resistência aos patógenos apresentam desempenho inferior em características agronômicas e qualitativas, principalmente, produtividade e aparência. Assim, a obtenção de novas cultivares mais adaptadas, resistentes à doenças, com boa produtividade e com boa qualidade para o mercado in natura ou para indústria irá beneficiar toda a cadeia produtiva nacional. Nesse contexto, o objetivo desse trabalho foi avaliar e selecionar clones de batata que associem resistência dupla aos vírus PVX e PVY e tubérculos de boa aparência para o mercado in natura e também destinados ao processamento industrial e identificar a constituição genética dos clones para os alelos Ryadg e Rx1, que conferem resistência ao Potato virus Y (PVY) e Potato virus X (PVX), respectivamente. Foram conduzidos três experimentos no sul e um no oeste de Minas Gerais, utilizando o delineamento de blocos casualizados com três repetições e parcelas de cinco plantas. Para seleção de clones com a presença dos alelos Ryadg e Rx1 e identificação da constituição genética utilizou-se os pares de primers RYSC3 e RxSP, respectivamente. Também foi feita a confirmação da resistência dos clones ao PVX e PVY por meio de enxertia. Este trabalho permitiu identificar clones portadores de ambos os alelos Ryadg e Rx1 por meio de marcadores moleculares com constituição genética simplex e duplex para o alelo Ryadg, e simplex para o alelo Rx1. Também foram selecionados clones resistentes ao PVY e PVX com características agronômicas, qualitativas e culinárias adequadas ao mercado in natura e para o processamento industrial na forma de pré-fritas congeladas, chips e palha.
Viruses cause a rapid degradation of potatoes seed tubers. Under tropical environment, where the presence of vector aphids is constant throughout the year and the structure of virus population is dynamic, the disease pressure is high. Besides, in most cases, potato genotypes with high levels of resistance to pathogens present low performance for agronomic and qualitative traits, especially for tuber yield and appearance. Thus, obtaining new cultivars more adapted to the tropics, resistant to diseases, with high tuber yield and good qualities for the fresh market or for industry processing could contribute to the Brazilian potato chain. With this regard, the objectives of this study were to evaluate and select potato clones which associate resistance to both PVX and PVY and good appearance tubers for the fresh market and to the processing industry and also identify the genetic constitution of clones bearing the alleles Ryadg and Rx1, which confer resistance to PVX and PVY, respectively. Three experiments were carried out in the south and one experiment in the west of Minas Gerais state, using the randomized complete blocks design with three replications and plots of five plants. For the selection of clones with alleles Ryadg and Rx1 and also for the identification of their genetic constitution we used primers RYSC3 and RxSP, respectively. The resistance of clones bearing these alleles was confirmed by grafting unto Datura stramonium and tobacco. This work allowsidentifying clones with both alleles Ryadg and Rx1 through molecular markers with simplex and duplex genetic constitution for the Ryadg allele and simplex for the Rx1 allele. Also we select clones resistant to both PVX and PVY with agronomic, qualitative and culinary traits adequate to the fresh market or industry processing as frozen, chips and potato straws.
Description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5113
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Clones de batata com potencial agronômico e resistentes aos vírus X e Y.pdf10.9 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback