Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5124
Título: Ciclo de vida anfitálico de Agaricus subrufescens: análise genética e biológica
Autor : Brito, Manuela Rocha de
Primeiro orientador: Dias, Eustáquio Souza
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Callac, Philippe
Primeiro membro da banca: Cardoso, Patrícia Gomes
Zied, Diego Cunha
Labory, Cláudia Regina Gontijo
Duarte, Whasley Ferreira
Área de concentração: Microbiologia Agrícola
Palavras-chave: Cogumelo
Pseudo-homotalismo
Fenômeno Buller
Ciclo de vida
Mushroom
Pseudohomothallism
Buller phenomenon
Life cycle
Data da publicação: 2015
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI)
Referência: BRITO, M. R. de. Ciclo de Vida Anfitálico de Agaricus subrufescens: análise genética e biológica. 2015. 84 p. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Agaricus subrufescens é uma espécie de cogumelo comestível com importantes propriedades medicinais. Esta espécie tem ciclo de vida anfitálico com produção de basidióporos homocarióticos e heterocarióticos no mesmo basidioma. Os esporos heterocarióticos podem resultar do emparelhamento de núcleos "irmãos" (= Sister Nuclei Pair Progeny – SNPP) ou núcleos não "irmãos" (=Non Sister Nuclei Pair Progeny – NSNPP), resultantes da segunda divisão da meiose. Este trabalho foi realizado com o objetivo de caracterizar geneticamente as três categorias de esporos (homocarióticos, SNPPs e NSNPPs), aliado a um estudo comportamental dos mesmos. A classificação foi baseada em homo-heteroalelismo, utilizando oito marcadores moleculares codominantes CAPS - sequencia polimorfica amplificada e clivada - sob análise de 225 esporos descendentes de uma estirpe brasileira WC837. A análise comportamental foi realizada pela (i) habilidade em testes de cruzamento entre os diferentes tipos de esporos descendentes, (ii) pela análise da taxa de crescimento micelial e por (iii) testes de frutificação. Testes de genótipos multilocos revelaram que 50% dos esporos foram heterocarióticos e, dentre estes, 24% foram considerados SNPP. A taxa de homoalelismo encontrada em marcadores CAPS não ligados ao centrômero foi de, aproximadamente, 50% para SNPP e NSNPP. Nos testes de frutificação, apenas NSNPP frutificaram. A taxa de crescimento micelial entre homocárions e SNPP não diferiu significativamente. Heterocárions SNPP e NSNPP podem cruzar-se com homocárions. Cruzamentos entre SNPP e SNPP também foram possíveis, desde que ambos compartilhem diferentes mating type. A partir destes resultados, foi possível propor uma estratégia simplificada do cruzamento de estirpes que têm esse tipo de anfitalismo e selecionar os esporos NSNPPs por meio de um único marcador ligado ao centrômero, enquanto os SNPPs seriam tratados como homocárions.
Abstract: Agaricus subrufescens is an edible mushroom with important medicinal properties. This species has amphithallic lifecycle producing homokaryotic and heterokaryotic spores in the same basidiomata. The heterocaryotic spores can result from the pairing of "sister" nuclei (= Nuclei Sister Pair Progeny - SNPP) or non "sister" nuclei (= Non Sister Nuclei Pair Progeny - NSNPP), resulting from the second division of meiosis. This study aimed to characterize genetically the three spores categories (homokaryons, SNPPs and NSNPPs), combined with a behavioral study of them. The classification was based on homo-heteroallelism through eight codominant molecular markers CAPS - Cleaved Amplified Polymorphic Sequence - under analysis of 225 offspring spores of a Brazilian strain WC837. The behavioral analysis was performed by (i) ability to cross tests between differents types of spores offspring (ii) analysis of mycelial growth rate and (iii) fruiting tests. Multilocus genotype test revealed that 50% spores were heterokaryotic and among them, 24% were considered to be SNPP. The homoallelism rate found by CAPS markers at centromere-unlinked was approximately 50% for SNPP and NSNPP. In fruiting tests, only NSNPP fruited. The mycelial growth rate between homokaryons and SNPP did not differ significantly. SNPP and NSNPP heterokaryons can cross with homokaryons. Crosses between SNPP and SNPP were also possible since both of them share different mating type alleles. From these data, it was possible to propose a simplified strategy to cross strains which have this type of amphithallism and select the NSNPPs spores through a single marker centromere-linked while SNPPs would be treated as homokaryons.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5124
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Ciclo de vida anfitálico de Agaricus subrufescens: análise genética e biológica.pdf1,76 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.