Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5160
Título : Comparação de metodologias para detecção de fungos em arroz irradiado
Título(s) alternativo(s): Comparison of methodologies for detecting fungi in gamma-ray irradiated rice
Autor: Guimarães, Ívina Catarina de Oliveira
Pereira, Joelma
Cornélio, Vanda Maria de Oliveira
Batista, Luís Roberto
Evangelista, Roseane Maria
Ferreira, Eric Batista
Palavras-chave: Detection of fungi
Rice
Blotter test
Direct plating
Fungi
Food irradiation
Detecção de fungos
Arroz
Plaqueamento direto
Publicador: Instituto Adolfo Lutz
Data da publicação: 14-Jun-2010
Referência: GUIMARÃES, I. C. O. et al. Comparação de metodologias para detecção de fungos em arroz irradiado. Revista do Instituto Adolfo Lutz, São Paulo, v. 69, n. 2, p. 194-200, jun. 2010.
Resumo : O monitoramento da contaminação fúngica do arroz é imprescindível para assegurar a qualidade e segu- rança desse cereal. Atualmente, para avaliar a qualidade microbiológica dos alimentos, diferentes métodos têm sido propostos. Duas diferentes metodologias, plaqueamento direto e blotter test, foram comparadas quanto à eficiência em efetuar a detecção de fungos em arroz branco polido irradiado. Para realizar o blotter test, foram utilizadas placas de Petri contendo três folhas de papéis de filtro esterilizados, umedecidas em água destilada esterilizada e acrescidas com 5 mL de ágar água 0,5%. Na técnica de plaqueamento direto, os grãos foram plaqueados em meio de cultura DRBC. As amostras foram incubadas a 25oC por sete dias e analisadas em microscópio estereoscópico. Os gêneros fúngicos presentes no arroz irradiado foram Penicillium, Aspergillus, Cladosporium, Fusarium e Trichoderma, com a predominância de Penicillium sp. e Aspergillus sp., cujas frequências foram, respectivamente, de 5,2% e 5,6% no plaqueamento direto e de 34,5% e 5,6% no blotter test. Observou-se que a irradiação gama diminuiu consideravelmente o número de grãos contaminados, sendo 96,7% pela metodologia de plaqueamento direto e até 100% pelo blotter test. O blotter test possibilitou efetuar maior contagem dos gêneros fúngicos presentes no arroz, constando-se que o método de detecção escolhido pode interferir na quantificação fúngica presente nesse cereal.
Abstract: Monitoring the fungal contamination of rice is essential for ensuring the product quality and safety. Dif- ferent methods have been proposed for assessing the microbiological quality of foods. Two methodologies based direct plating and blotter test were compared for detecting fungi in irradiated polished white rice. For performing the blotter test, the Petri dishes containing three sterile filter paper sheets were moistened with sterile distilled water, and 5 mL of 0.5% water-agar were added onto them. For carrying out the direct plating technique, the rice samples were plated onto DRBC medium. The samples were incubated at 25oC for seven days, and analyzed under a stereomicroscope. The fungi genera found in irradiated rice were: Penicillium, Aspergillus, Cladosporium, Fusarium and Trichoderma, being Penicillium sp. and Aspergillus sp. the mostly predominant, with the prevalence of 5.2% and 5.6% by direct plating and 34.5% and 5.6% by blotter test, respectively. The gamma-ray irradiation significantly decreased the proportions of contaminated grains, being 96.7% by means of direct plating technique and 100% by blotter test. The blotter test showed highest efficiency in fungal genera counting found in rice samples, which evidences that the chosen detec- tion methodology may interfere on quantifying the fungi contaminants in cereals.
URI: http://revistas.bvs-vet.org.br/rialutz
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5160
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.