Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5270

Título: Substrato e ácido indolbutírico na produção de mudas de pitaia vermelha de polpa branca
Autor(es): Galvão, Elaine Cristina
Orientador: Pio, Leila Aparecida Salles
Coorientador(es): Ramos, José Darlan
Membro da banca: Ramos, José Darlan
Villa, Fabíola
Alvarenga, Ângelo Alberico
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Propagação
Estaquia
Reguladores de crescimento
[Hylocereus undatus (Haw.) Britton & Rose]
Pitaia
Propagation
Cuttings
Growth regulators
Data de Defesa: 26-Fev-2015
Data de publicação: 2015
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: GALVAO, E. C. Substrato e ácido indolbutírico na produção de mudas de pitaia vermelha de polpa branca. 2015. 68 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A pitaia vermelha de polpa branca é uma frutífera que vem sendo cultivada gradativamente, mas com grande potencial para diversificação do setor. É propagada preferencialmente por estaquia, através de seus cladódios, por aumentar a precocidade e a uniformidade fenotípica dos pomares. Com o intuito de maximizar a produção de mudas, objetivou-se neste trabalho, testar as diferentes concentrações de ácido indolbutírico (AIB) e tipos de substratos. O experimento foi instalado e conduzido sob telado, utilizando-se cladódios de 25 cm de comprimento. O delineamento experimental utilizado, foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 5x3 (concentrações de AIB - 0, 1000, 2000, 3000 e 4000 mg L-1 x substratos - areia, areia+solo, solo), com três repetições, sendo 7 plantas/parcela. As avaliações foram realizadas 120 dias após o plantio das estacas. Avaliou-se as seguintes características: número de cladódios laterais, comprimento dos cladódios, biomassa fresca das raízes, biomassa seca das raízes, biomassa fresca da parte aérea, e biomassa seca da parte aérea. Verificou-se que a faixa compreendida entre 1776,33 e 2299 mg L-1 de AIB, proporciona maior crescimento de mudas de pitaia vermelha, e que a utilização da areia como substrato, promove maior enraizamento das mudas.
Abstract: The red dragon fruit with white pulp is a fruit that has been grown gradually, but with great potential for sector’s diversification. It is propagated by cuttings preferably through its cladodes, to increase early and phenotypic uniformity of fruit farm. In order to maximize the seedlings production, the aim of this work was to test different concentrations of Indol Butyric Acid (IBA) and substrates. The experiment was conducted in greenhouse and, using cladodes 25 cm long. The experimental design was a randomized complete block design with factorial 5x3 (IBA concentrations - 0, 1000, 2000, 3000 and 4000 mg L-1 x substrates - sand, sand and soil, soil), with three replications and 7 plants/plot. The evaluations were performed 120 days after planting the cuttings. We evaluated the following characteristics: number of lateral cladodes, length of cladodes, fresh roots biomass, dry roots biomass, fresh shoot biomass and dry shoot biomass. It was found that the range between 1776.33 and 2299 mg L-1 IBA provides a greater growth red dragon fruit seedlings, and that the use of sand as substrate promotes better rooting of the seedlings.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5270
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Substrato e ácido indolbutírico na produção de mudas de pitaia vermelha de polpa branca.pdf373,96 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback