Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/535
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSé, Daniela Cunha da-
dc.date.accessioned2013-05-07T12:43:10Z-
dc.date.available2013-05-07T12:43:10Z-
dc.date.issued2013-
dc.date.submitted2012-
dc.identifier.citationSÉ, D. C. da. Efeito da correlação entre parcelas sobre a precisão em amostragem sistemática. 2012. 61 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/535-
dc.descriptionDissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Curso de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, área de concentração Ciências Florestais, para a obtenção do título de Mestre.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPESpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRASpt_BR
dc.subjectAmostrapt_BR
dc.subjectInventário florestalpt_BR
dc.subjectErro amostralpt_BR
dc.subjectForest inventorypt_BR
dc.subjectSampling errorpt_BR
dc.subjectSamplept_BR
dc.titleEfeito da correlação entre parcelas sobre a precisão em amostragem sistemáticapt_BR
dc.contributor.advisor-coScalon, João Domingos-
dc.publisher.programDCF - Programa de Pós-graduaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFLApt_BR
dc.publisher.countryBRASILpt_BR
dc.description.concentrationCiências Florestaispt_BR
dc.contributor.advisor1Mello, José Márcio de-
dc.contributor.referee1Muniz, Joel Augusto-
dc.contributor.referee1Scolforo, José Roberto Soares-
dc.description.resumoAtualmente, os inventários florestais realizados pelo procedimento da amostragem sistemática têm sido processados utilizando três formulações para a variância da média, o estimador da amostragem casual simples, o estimador da soma dos quadrados da primeira diferença e o estimador da soma dos quadrados da segunda diferença, sendo este último usado em menor frequência. Cochran propôs um estimador para a variância da média que adiciona uma medida de homogeneidade chamada coeficiente de correlação, essa formulação ainda não foi avaliada, em termos de precisão, em inventários florestais. O objetivo deste estudo foi analisar as diferenças no erro final do inventário florestal quando este for processado pelos três estimadores: o estimador da amostragem casual simples, o estimador da soma dos quadrados da primeira diferença e o estimador proposto por Cochran. Conclui-se que ao serem desprezadas as possíveis correlações entre as unidades amostrais, a precisão advinda desses inventários florestais é distorcida em termos de precisão, superestimando ou subestimando o intervalo de confiança. A magnitude e a forma dessa distorção variam conforme a intensidade da correlação existente entre unidades amostrais. O estimador da soma dos quadrados da primeira diferença foi mais eficiente, em termos de precisão, que o estimador da amostragem casual simples, porém o estimador proposto por Cochran foi melhor do que este, apresentando, portanto os menores erros finais do processamento.pt_BR
dc.description.resumoCurrently, forest inventories conducted by the systematic sampling procedure have been processed using three formulations for the variance of the estimator of simple random sampling, the estimator of the sum of the squares of the first difference estimator and the sum of the squares of the second difference, being the latter used less frequently. Cochran proposed an estimator for the mean variance that adds a measure of homogeneity called correlation coefficient, the formulation has not been evaluated in terms of precision in forest inventory. The aim of this study was to analyze the differences in the final error of forest inventory when it is processed by the three estimators: the estimator of simple random sampling, the estimator of the sum of the squares of the first difference and the estimator proposed by Cochran. We conclude that to be ignored possible correlations between sample units, precision arising out of these forest inventories is distorted in terms of accuracy, overestimating or underestimating the confidence interval. The magnitude of this distortion and shape vary according to the intensity of the relationship between sample units. The estimator of the sum of the squares of the first difference was more efficient in terms of accuracy, the estimator of simple random sampling, but the estimator proposed by Cochran was better than this, presenting the smallest mistakes final processing.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ_NÃO_INFORMADOpt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.