Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5532

Title: Geotecnologias aplicadas ao inventário de florestas plantadas
???metadata.dc.creator???: Reis, Aliny Aparecida dos
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Mello, José Marcio de
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Acerbi Junior, Fausto Weimar
???metadata.dc.contributor.referee1???: Carvalho, Luis Marcelo Tavares de
Oliveira, Marcelo Silva de
Andrade, Ivonize Silva
???metadata.dc.description.concentration???: Manejo Florestal
Keywords: Eucalyptus spp.
Krigagem
Cokrigagem
Sensoriamento remoto
Estratificação
Kriging
Cokriging
Remote sensing
Stratification
???metadata.dc.date.submitted???: 24-Feb-2015
Issue Date: 28-Apr-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: REIS, A. A. dos.Geotecnologias aplicadas ao inventário de florestas plantadas. 2015. 67 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: O Inventário Florestal Contínuo (IFC) constitui-se de uma rede de parcelas permanentes estabelecidas entre dois e três anos de idade nos povoamentos de Eucalyptus spp. e monitoradas anualmente até a idade de corte. Porém, as informações obtidas com o processamento destas parcelas não são suficientes para gerar estimativas precisas sobre o volume por talhão na idade de corte, havendo a necessidade de se efetuar o inventário pré-corte (IPC). No inventário pré-corte novas parcelas são lançadas agregando-se um novo componente nos custos da produção florestal. Uma alternativa sem agregação de custos para a obtenção de maior precisão do IFC seria a utilização de imagens de sensoriamento remoto aliadas a interpoladores geoestatísticos na estratificação dos povoamentos florestais. Nesse sentido, os objetivos desta dissertação foram: (i) identificar as bandas espectrais e os índices de vegetação derivados das imagens Landsat 5 TM que melhor se correlacionam com as variáveis dendrométricas área basal, altura dominante e volume nas diferentes idades de medição do IFC e na medição do IPC dos plantios de Eucalyptus spp.; (ii) selecionar a variável espectral que melhor se correlacionou com a variável dendrométrica área basal na idade de corte e avaliar a estrutura de dependência espacial dessas variáveis; (iii) comparar as estimativas da Amostragem Sistemática (AS) com as estimativas da Amostragem Casual Estratificada (ACE) para a variável de interesse volume (m³/ha), sendo a estratificação realizada por meio da krigagem ordinária e da cokrigagem em diferentes intensidades amostrais na idade de corte. As bandas TM4 e TM5 das imagens Landsat 5 TM foram as que apresentaram os maiores valores de correlação com as variáveis área basal e volume, enquanto que a banda TM2 apresentou os melhores valores de correlação com a altura dominante. Os índices de vegetação que incluem em sua composição as bandas TM4 e TM5, como o ND54 e TM5/4, foram os que apresentaram os melhores valores de correlação com as variáveis dendrométricas. Selecionou-se como variável auxiliar a reflectância na região espectral do infravermelho médio, correspondente à banda TM5. Os interpoladores geoestatísticos krigagem ordinária e cokrigagem ordinária apresentaram-se eficientes na definição de estratos em povoamentos de Eucalyptus spp.. Os estimadores da ACE foram mais precisos que da AS, indicando que a estratificação com base na área basal e na reflectância da banda TM5 produz resultados satisfatórios na redução do erro de amostragem do inventário, podendo ser utilizadas individualmente (através da krigagem ordinária) ou em conjunto (através da cokrigagem ordinária) como ferramentas de estratificação pelas empresas florestais.
Abstract: The Continuous Forest Inventory (CFI) consists of a network of permanent plots established between two and three years in Eucalyptus plantations and monitored annually until the cutting age. However, the information obtained from the processing of these plots are not enough to generate accurate estimates of the volume per stand at the cutting age. Thus, there is a need to perform a pre-harvest inventory. In the pre-harvest inventory, new plots are located aggregating a new component in the cost of the forest production. An alternative without adding costs to obtain greater accuracy from the CFI would be the use of remote sensing imagery combined with geostatistical interpolation in the stratification of the forest plantations. In this sense, this dissertation was conducted with the following objectives: (i) to identify spectral bands and vegetation indices derived from Landsat 5 TM images that best correlated with the dendrometric variables basal area, dominant height and volume for all measured years in the CFI as well as in the age of the pre-harvest inventory; (ii) to select the spectral variable that best correlated with the dendrometric variable basal area in the cutting age and evaluate the spatial structure dependence of these variables; (iii) to compare the estimates of Systematic Sampling (SS) to the estimates of Random Stratified Sampling (RSS) for the variable of interest volume (m³/ha). The stratification was performed by ordinary kriging and cokriging in different sampling intensities at the cutting age. The results showed that TM4 and TM5 spectral bands were better correlated with basal area and volume, while TM2 spectral band was better correlated with dominant height. Vegetation indices that include in their composition the TM4 and TM5 spectral bands, as the ND54 and TM5/4, were better correlated with the dendrometric variables. The TM5 spectral band was selected as auxiliary variable in the ordinary cokriging procedure. The geostatistical interpolation ordinary kriging and ordinary cokriging showed to be efficient in the definition of strata in Eucalyptus spp. plantation. The ordinary kriging and ordinary cokriging showed to be efficient in defining the strata because the estimators of RSS were more accurate than the estimators of SS. The basal area and the reflectance in TM5 band can be used individually (ordinary kriging) or together (ordinary cokriging) as stratification tools by forestry companies.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5532
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Geotecnologias aplicadas ao inventário de florestas plantadas.pdf881.35 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback