Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5576

Título: Estrutura e composição florística em diferentes microambientes de uma floresta sazonalmente alagada na região do Médio São Francisco, norte de Minas Gerais
Autor(es): Souza, Grécia de Andrade
Orientador: Santos, Rubens Manoel dos
Membro da banca: Menino, Gisele Cristina de Oliveira
Nunes, Yule Roberta Ferreira
Carvalho, Warley Augusto Caldas
Área de concentração: Botânica Aplicada
Assunto: Caatinga
Planície de inundação
Rio Verde Grande
Fitossociologia
Floodplain
Verde Grande River
Phytosociology
Data de Defesa: 6-Fev-2015
Data de publicação: 29-Abr-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SOUZA, G. de A. Estrutura e composição florística em diferentes microambientes de uma floresta sazonalmente alagada na região do Médio São Francisco, norte de Minas Gerais. 2015. 79 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O presente trabalho intitulado “Estrutura e composição florística em diferentes microambientes de uma floresta sazonalmente alagada na região do Médio São Francisco, norte de Minas Gerais” está estruturado em duas partes. A primeira apresenta o conceito de ecossistemas de zonas úmidas, sua importância, alguns exemplos de ocorrência no mundo e mais específicos do Brasil. Também são apresentadas as planícies de inundação, como um importante tipo de zona úmida, evidenciando seu conceito e abordando as formações florestais sazonalmente alagadas a elas associadas, citando exemplos de trabalhos realizados nas diferentes regiões do Brasil. A segunda parte consiste em um artigo, de título idêntico ao desta dissertação, que teve como objetivo caracterizar a composição florística e a estrutura da comunidade arbórea presente na planície de inundação do rio Verde Grande e identificar a distribuição das espécies vegetais da comunidade entre os diferentes microambientes encontrados na área, relacionando tal distribuição a condições edáficas locais. Para tanto, foram alocadas três parcelas (400 m²) em cada microambiente, totalizando 30 parcelas e uma área amostral de 1,2 ha. Foram mostrados 1422 indivíduos pertencentes a 26 famílias e 90 espécies. Para a amostragem total, o índice de diversidade de Shannon e a equabilidade de Pielou foram, respectivamente, 3,26 nats.ind -1 e 0,73. As espécies que apresentaram maiores valores de importância na comunidade foram: Geoffroea spinosa, Triplaris gardneriana, Albizia inundata, Prosopis ruscifolia, Annona spinescens, Mimosa tenuiflora, Pterocarpus zehntneri, Sideroxylon obitusifoluim, Casearia commersoniana e Piptadenia viridiflora. Os microambientes mais susceptíveis ao alagamento apresentaram menor diversidade e alta dominância de poucas espécies. Já os microambientes menos susceptíveis ao alagamento apresentaram maior diversidade e baixa dominância. Houve grande substituição de espécies entre os microambientes, evidenciada pelos autovalores apresentados na Análise de Correspondência Destendenciada (DCA). As variáveis edáficas também responderam ao regime de alagamento, fato evidenciado pelos autovalores da Análise de Correspondência Canônica (CCA). A comunidade arbórea da planície de inundação do rio Verde Grande , que apresentou alta riqueza de espécies e é totalmente influenciada pelo regime hidrológico do rio, uma vez que diferentes intensidades e frequências de alagamento condicionaram diferentes microambientes com floras distintas.
The present paper, entitled “Structure and floristic composition in different microenvironments in a seasonally flooded forest in Médio São Francisco river, north of Minas Gerais, Brazil” is structured in two parts. The first part presents the concept of wetland ecosystem, its importance and a few examples of occurrences worldwide and, more specifically, in Brazil. We also present floodplains as an important kind of wetland, highlighting its concept and approaching seasonally flooded forest formations associated to them, exemplifying a few works conducted in different regions of Brazil. The second part of this paper consists in an article, with title identical to that of this thesis, which aimed at characterizing the floristic composition and tree community structure present in Verde Grande river floodplain and identifying the distribution of plant species of the community between the different environments found in the area, relating such distribution to the local edaphic conditions. To do this, we allocated three plots (400m 2 ) in each microenvironment, totalizing 30 plots and a sampling area of 1.2 ha. We sampled 1422 individuals belonging to 26 families and 90 species. For total sampling, the Shannon diversity index and Pielou’s equability were of 3.26 nats.ind -1 and 0.73, respectively. The species presenting the highest importance values in the community were: Geoffroea spinosa, Triplaris gardneriana, Albizia inundata, Prosopis ruscifolia, Annona spinescens, Mimosa tenuiflora, Pterocarpus zehntneri, Sideroxylon obitusifoluim, Casearia commersoniana e Piptadenia viridiflora. The microenvironments most susceptible to flooding presented lower diversity and high dominance of few species. The microenvironments least susceptible to flooding presented higher diversity and low dominance. There was a large species substitution between the microenvironments, evidenced by the eigenvalues presented in the Detrended Correspondence Analysis (DCA). The edaphic variables also responded to flooding regimen, fact evidenced by the eigenvalues of the Canonical Correlation Analysis (CCA). The tree community in the Verde Grande river floodplain, which presented high species richness, is completely influenced by the hydrologic regime of the river, given that the different flooding intensities and frequencies conditioned different microenvironments with distinct flora.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada, área de concentração em Botânica Aplicada, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5576
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Estrutura e composição florística em diferentes microambientes de uma floresta sazonalmente alagada na região do Médio São Francisco, norte de Minas Gerais.pdf1,03 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback