Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5688

Título: Atividade de alguns insetos em flores de Brassica napus L. em Dourados-MS e a interação com fatores climáticos
Título Alternativo: Activity of some insects in Brassica napus L. flowers at Dourados-MS and the interaction with climatic factors
Autor(es): Mussury, Rosilda Mara
Fernandes, Wedson Desiderio
Scalon, Silvana de Paula Quintão
Assunto: Canola
Brassica napus
Insetos polinizadores
Pollinators insects
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2003
Referência: MUSSURY, R. M.; FERNANDES, W. D. ; SCALON, S. de P. Q. Atividade de alguns insetos em flores de Brassica napus L. em Dourados-MS e a interação com fatores climáticos. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 27, n. 2, p. 382-388, mar./abr. 2003.
Resumo: Objetivou-se estudar a flutuação populacional, horários de visitação e a interação com fatores climáticos de insetos visitantes de flores de Brassica napus L. em diversos estádios fenológicos. O trabalho foi realizado em Dourados, MS, Brasil. Os insetos foram coletados com rede entomológica de 30 cm de diâmetro, a cada duas horas, no período de 7 as 17 horas. Foram coletadas as abelhas Apis mellifera, Linnaeus, 1758, Trigona sp., o vespídeo Brachygastra lecheguana (Latreille - 1824) e uma espécie de Chloropidae (Diptera), que foi a mais abundante e freqüente nas amostragens. O pico populacional da maioria dos insetos foi das 9 às 15 horas; contudo, para Trigona sp., foi entre 9 e 11 horas. A maior frequência de insetos ocorreu durante o estádio fenológico III. A análise de correlação evidenciou que a umidade relativa entre 11 horas (r = 0,57) e 13 horas (r = 0,43) favoreceu a ocorrência do díptero da família Chloropidae. Reduções nas populações de insetos do estádio III para o IV foram devidas, provavelmente, a temperaturas mais baixas, que atingiram a média de 16,1ºC.
Abstract: The objective of this work was to study the populational fluctuation, the preferred visiting time, and the interaction with climatic factors in several phenological stages from visitant insects in Brassica napus L. flowers. The study was accomplished in Dourados-MS, Brazil. The insects were collected with a 30-cm wide entomologic sweep net every 2 hours from 7h00 to 17h00. Apis mellifera L., 1758, Trigona sp., and Brachygastra lecheguana (Latreille - 1824) were gathered in B. napus flowers. A dipterous from the Chloropidae family was the insect with the largest populational density in the samples. The large occurrence of most pollinators was between 9h00 and 15h00, but Trigona sp. was present in larger numbers between 9h00 and 11h00. The largest frequency of pollinator insects occurred during stage III of flowering. The correlation analysis indicated that the relative humidity between 11h00 (r= 0,57) and 13h00 (r = 0,43) favored the occurrence of the dipterous from Chloropidae family. Populational reductions of pollinator insects, during stage III to stage IV of flowering, was probably due to lower temperatures, 16ºC.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000200018
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback