Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/571

Título: Dinâmica de crescimento de clones de seringueira (Hevea brasileinsis (Willd. ex. Adr. Jussieu) Muell. Arg.) na Região Noroeste de Minas Gerais
Autor(es): Terra, Maria Isabela da Costa
Orientador: Macedo, Renato Luiz Grisi
Coorientador(es): Venturin, Regis Pereira
Membro da banca: Borém, Rosângela Alves Tristão
Dias, Bruna Anair Souto
Venturin, Nelson
Área de concentração: Silvicultura
Assunto: Silvicultura
Cerrado
Heveicultura
Introdução de espécie florestal
Forestry
Brazilian cerrado
Rubber cultivation
Introduction of forest species
Data de Defesa: 2012
Data de publicação: 2013
Referência: TERRA, M. I. da C. Dinâmica de crescimento de clones de seringueira (Hevea brasileinsis (Willd. ex. Adr. Jussieu) Muell. Arg.) na Região Noroeste de Minas Gerais. 2012. 60 p. Dissertação (Mestrado em Silvicultura)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Objetivou-se no presente estudo avaliar o comportamento e o crescimento de clones de seringueira (Hevea brasiliensis Muell. Arg.) introduzidos na região noroeste do estado de Minas Gerais. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados, constituído de 12 tratamentos, compostos pelos clones de seringueira (PB 235, PR 255, IAN 3193, IAN 3087, IAN 3156, IAN 2880, RRIM 600, RRIM 701, PR 107, IAC 15, IPA 1 e GT 1) e quatro repetições, avaliadas em esquema de parcelas subdivididas no tempo. As subparcelas representam as avaliações realizadas aos 62, 77, 87, 99, 113 e 128 meses após o plantio. Foram avaliadas a sobrevivência, a circunferência e altura total da planta. A partir destas informações, foram calculados o incremento corrente anual e o incremento médio anual das variáveis circunferência e altura, e também o número de árvores aptas à sangria. Os resultados obtidos indicaram que os clones GT 1, IAN 2880, IAC 15, RRIM 600, PB 235 e IAN 3156 apresentam potencial de estabelecimento às condições edafoclimáticas da região. As curvas de crescimento em altura e circunferência ao longo do período de avaliação evidenciam que os clones de seringueira apresentam diferentes ritmos de crescimento na região de estudo. Os clones GT 1, IAN 3087, IAN 3156 e PR 255 foram os que apresentaram maior circunferência de caule aos 128 meses, sendo o clone PR 255 o único clone apto à sangria aos 128 meses de idade após o plantio na região noroeste do estado de Minas Gerais.
This study aimed at evaluating the growth of rubber tree clones (Hevea brasiliensis Muell. Arg.) introduced in the northwest region of the state of Minas Gerais. The design used was randomized blocks, constituted of three treatments, made of rubber tree clones (PB 235, PR 255, IAN 3193, IAN 3087, IAN 3156, IAN 2880, RRIM 600, RRIM 701, PR 107, IAC 15, IPA 1 e GT 1) and four repetitions, evaluated in scheme of parcels subdivided in time. The subparcels represent the evaluations carrie out at the age of 62, 77, 87, 99, 113 e 128 months after its planting. We evaluated the survival, stem circumference and total plant hight. From that information, it was calculated the annual current increment and the annual average increment of circumference and hight variables and also the number of tree fit for rubber tapping. The obtained results indicate that the clones GT 1, IAN 2880, IAC 15, RRIM 600, PB 235 e IAN 3156 present potencial to stabilish under the local edaphoclimatic conditions. The growing curves in plant hight and stem circumference throughout the evaluation period make evident that the rubber tree clones present different growing paces in the studied region. Clones GT 1, IAN 3087, IAN 3156 e PR 255 were the ones that displayed larger stalk circumference at 128 months, being clone PR 255 the only one fit for rubber tapping at the age of 128 months after its planting in the northwest region of the State of Minas Gerais.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, área de concentração Silvicultura, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/571
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Dinâmica de crescimento de clones de seringueira (Hevea brasileinsis (Willd. ex. Adr. Jussieu) Muell. Arg.) na Região.pdf1,88 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback