Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5745

Título: Uso do fungo Fusarium oxysporum como indicador de ametrina, através da medida de biomassa, pela quantificação do ergosterol
Autor(es): Galvão,José Geraldo
Guerreiro,Mário César
Souza,Josefina Aparecida de
Coura,Samuel Martins da Costa
Assunto: ergosterol
ametrina
bioindicador
Fusarium
CLAE
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Ago-2003
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000400015
Informações adicionais: Neste trabalho avaliou-se o fungo Fusarium oxysporum como potencial bioindicador de contaminação de herbicida da classe das triazinas, por meio do monitoramento do crescimento fúngico. Para tanto, foi avaliado o crescimento micelial em meio de cultura extrato malte e ágar na presença do herbicida ametrina, em diversas concentrações. O crescimento micelial foi avaliado pela determinação do teor de ergosterol, por CLAE/DAD, em comprimento de onda de 281 nm. A quantificação do ergosterol passa pelas etapas de extração em etanol, saponificação em base forte, fracionamento em hexano:água (4:1) e análise por CLAE. O crescimento do fungo foi retardado pelo aumento da concentração do herbicida, mostrando que o potencial dessa técnica de avaliação de contaminação por ametrina. O ergosterol mostrou ser um bom indicador de biomassa fúngica metabólicamente ativa.
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback