Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5771

Título: Transmissibilidade e efeito de Acremonium strictum em sementes de milho
Título Alternativo: Transmissibility and effect of Acremonium strictum in maize seeds
Autor(es): Teixeira, Hudson
Machado, José da Cruz
Assunto: Fungos patogênicos
Milho - Doenças e pragas
Milho – Sementes
Pathogenic fungi
Corn - Diseases and pests
Corn – Seeds
Acremonium strictum
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2003
Referência: TEIXEIRA, H.; MACHADO, J. da C. Transmissibilidade e efeito de Acremonium strictum em sementes de milho. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 27, n. 5, p. 1045-1052, set./out. 2003.
Resumo: Acremonium strictum é patogênico ao milho e a outras culturas, podendo causar podridão de sementes, podridão de colmos e a morte de plântulas. Trata-se de um fungo que pode interferir no vigor, estande e produtividade final das plantas. Além disso, pode ser disseminado e transmitido à progênie via sementes, ainda que não sejam conhecidas as proporções reais em que isso ocorre. Neste trabalho, avaliou-se o efeito de A. strictum nas qualidades fisiológica e sanitária de sementes e plântulas, no crescimento vegetativo e na sanidade (taxas de infecção e de transmissão) de plantas de milho em seu estádio inicial de desenvolvimento. As taxas de infecção e de transmissão do fungo foram avaliadas usando-se a técnica da restrição hídrica, previamente desenvolvida para infectar as sementes. O meio MA (extrato de malte-ágar), suplementado com manitol para obter o potencial de água de -1,4 MPa, foi o substrato utilizado na inoculação das sementes. Observou-se que a germinação das sementes de milho foi reduzida por A. strictum em períodos de contato com a colônia fúngica acima de 72 horas. O vigor e a viabilidade potenciais das sementes de milho não foram afetados pela presença de A. strictum. Após 28 dias da semeadura, a incidência de A. strictum reduziu o crescimento vegetativo de plantas de milho. O fungo A. strictum, oriundo de sementes inoculadas, foi transmitido às plantas jovens de milho.
Abstract: Acremonium strictum is pathogenic to seeds, stalk and seedlings of maize. It is a fungus that can interfere in the vigor, stand and final productivity of plants. In addition, it can be disseminated and transmitted through seeds to the progeny, although the real proportions of that are not well known. This study reports the effects of A. strictum on maize seeds and seedlings quality (germination, vigor, healthness), some vegetative growth parameters and also sanity (infection and transmission rates) of young maize plants. The transmission rate of the fungus was evaluated using the water restriction technique. The fungus formulation was cultivated on malt extract agar medium amended with mannitol to a water potential of -1,4 MPa. The maize seeds germination was reduced by seeds exposition to A. strictum for periods longer than 72 hours. The potentials vigor and viability were not affected by A. strictum. Theincidence of this fungus reduced the vegetative growth of maize plants measured 28 days after sowing. The fungus originating from inoculated seeds was transmitted to young maize plants.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000500011
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback