Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5845

Título: Influência da adição de iodeto de potássio e citrato de sódio na qualidade do sêmen de pacu (Piaractus mesopotamicus - Holmberg, 1887)
Título Alternativo: The effects of potassium iodide and sodium citrate on semen quality of pacu (Piaractus mesopotamicus)
Autor(es): Maria, Alexandre Nízio
Murgas, Luis David Solis
Silva, Márcia Oliveira Barbosa
Miliorini, Alécio B.
Franciscatto, Renan T.
Logato, Priscila Vieira Rosa
Assunto: Peixes - Reprodução
Peixes - Motilidade espermática
Diluentes de sêmen
Fishes - Reproduction
Fishes - Sperm motility
Semen extender
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Fev-2004
Referência: MARIA, A. N. et al. Influência da adição de iodeto de potássio e citrato de sódio na qualidade do sêmen de pacu (Piaractus mesopotamicus - Holmberg, 1887). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 1, p. 191-194, jan./fev. 2004.
Resumo: Atualmente, tem-se dado maior atenção ao desenvolvimento de tecnologias para estocagem de sêmen de peixes em curto prazo, por dias ou semanas, utilizando diluentes de sêmen que não ativem a motilidade espermática. Essa técnica é indicada em piscicultura para facilitar a reprodução artificial ou aumentar sua eficiência. Conduziu-se este trabalho com o objetivo de verificar o efeito do diluidor BTS (Beltsville Thawing Solution - MINITUB®) na qualidade do sêmen de pacu, após a coleta, enriquecido com iodeto de potássio e com citrato de sódio. Foram utilizados seis reprodutores de pacu (Piaractus mesopotamicus) submetidos à indução hormonal e liberação dos gametas, manualmente. O sêmen coletado de cada macho foi dividido em três frações, as quais receberam diluição (1:3) com o diluidor 1 (BTS 5% + iodeto de potássio 0,16%), diluidor 2 (BTS 5% + citrato de sódio 1,28%) e uma fração não diluída (controle). A ativação espermática foi realizada com água destilada, e, a seguir, foram avaliadas as taxas e duração da motilidade espermática, cujos valores médios respectivos foram de 95,00 ± 3,16% e 486,83 ± 314,55 segundos para o sêmen in natura, 80,00 ± 9,49% e 221,50 ± 207,89 segundos para o sêmen com o diluidor 1 e 80,00 ± 11,40% e 320,66 ± 181,14 segundos para o sêmen no diluidor 2. Em seguida, foram coletadas amostras para a avaliação da concentração espermática, que obteve um valor médio de 13,89 ± 1,26 x 10(9)/mL. Pelas análises estatísticas, verificou-se que não houve diferença significativa na duração da motilidade (P>0,05) entre o sêmen in natura e os diluidores 1 e 2. A motilidade espermática foi estatisticamente melhor (P<0,05) no sêmen in natura, quando comparada com os diluidores 1 e 2. Não houve diferença entre os dois diluidores para esse parâmetro. Conclui-se, assim, que os diluidores reduziram a motilidade espermática, sem entretanto, afetar a duração da motilidade, podendo ser utilizado na conservação do sêmen dessa espécie, desde que sua osmolaridade seja aumentada. Há necessidade de mais pesquisas para se avaliar a eficiência desses diluidores várias horas após resfriamento.
Abstract: Currently, it has been given a special attention to developing technologies for short-term storage of fish semen, for a few days to weeks, using extenders of semen that do not activate the sperm motility. The short-term storage technique is indicated for fish culture to facilitate the artificial reproduction and to increase its efficiency. The objective of this study was to verify the effect of BTS (Beltsville Thawing Solution - MINITUB®) as an extender for pacu (Piaractus mesopotamicus) semen. Semen of each of the six males (previously treated with carp pituitary extract) was divided into three fractions: one fraction was kept in natura and the other two fractions were diluited (1:3) with either extender 1 (BTS 5% + potassium iodide 0,16%) or extender 2 (BTS 5% + sodium citrate 1,28%). The sperm motility was induced with distilled water, and the percentage and duration of sperm motility was scored. The percentage of moving sperm cell was significantly higher (P<0,05) in semen in natura (95,00 ± 3,16%) compared with semen diluted in extender 1 (80,00 ± 9,49%) or 2 (80,00 ± 11,40%). On the other hand, the duration of sperm motility was not affected by any extender (P>0,05) and ranged from 221,50 ± 207,89 seconds (semen diluted in extender 1) to 486,83 ± 314,55 seconds (semen in natura). After that samples for the evaluation of the sperm concentration were collected, with an average value of about 13,89 ± 1,26 x 109/mL. One can conclude, that BTS may be used to preserve pacu semen, as long as the salts used may be added on a higher concentration, in order to increase the BTS solution osmolarity. It is also suggested that other salts should be tested.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000100025
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback