Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5860

Título: Fungitoxic activity avaliation of the hexane and methanol extracts of copaiba plant leavesCopaifera langsdorffi Desfon
Título Alternativo: Avaliação da atividade fungitóxica dos extratos foliares hexânico e metanólico da Copaifera langsdorffi Desfon
Autor(es): Amorim, Ana Carolina Lourenço
Cardoso, Maria das Graças
Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
Souza, Paulo Estevão de
Delú Filho, Nelson
Assunto: Copaiba plants
Colletotrichum gloeosporioides
Bipolaris sorokiniana
Biological control
Óleo copaíba
Controle biológico
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2004
Referência: AMORIM, A. C. L. et al. Fungitoxic activity avaliation of the hexane and methanol extracts of copaiba plant leavesCopaifera langsdorffi Desfon. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 2, p. 314-322, mar./abr. 2004.
Resumo: Avaliou-se a fungitoxicidade dos extratos hexânico e metanólico do óleo copaíba por meio de ensaios biológicos contra os fitopatógenos Colletotrichum gloeosporioides e Bipolaris sorokiniana. Os referidos extratos foram escolhidos em razão dos melhores rendimentos obtidos na extração a frio. O material biológico foi obtido na UFLA no Departamento de Fitopatologia, repicado em meio de cultura BDA (C. gloeosporioides) e PCA (B. sorokiniana) e incubados em câmara de germinação com controle de temperatura e luz. Empregaram-se cinco tratamentos (0/100/200/400/800 ppm), realizando-se três repetições e avaliando-se quatro raios, medidos em centímetros, a partir do micélio central. Os valores aferidos foram aplicados à fórmula do Índice de Crescimento Micelial (ICM) para as análises estatísticas. Observou-se que o extrato metanólico apresentou uma tendência à redução de 32% contra o B. sorokiniana, ao passo que o hexânico foi eficaz para ambos os fitopatógenos, apresentado uma tendência à redução de 49% para o B. sorokiniana e 18% para o C. gloeosporioides.
Abstract: The fungitoxicity of hexane and methanol extracts of copaiba plants were evaluated by biological tests against the phytopathogens Colletotrichum gloeosporioides and Bipolaris sorokiniana. These extracts were chosen because they presented the highest yields in the extraction at room temperature. The biological material was obtained from the Department of Phytopathology of the UFLA, transplanted in BDA (C. gloeosporioides) and PCA (B. sorokiniana) culture media and incubated in a germination chamber with control of light and temperature. Five treatments (0/100/200/400/800 ppm) were used with three repetitions of each, and four mutually perpendicular radii, were measured in centimeters from the mycelial center. The formula for the Mycelial Growth Index (MGI) was applied to the values obtained for statistical analyses. A 32% reduction in the growth of B. sorokiniana was observed in the presence of the methanol extract, while the hexane extract was effective against both of the phytopathogens, resulting in a 49% reduction in the growth of B. sorokiniana and an 18% reduction in the growth of C. gloeosporioides.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000200010
Idioma: en
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback