Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5867

Title: Crescimento e sobrevivência de mudas de eucalipto sob doses de boro cultivadas em condições de viveiro e de campo
Other Titles: Development and survival by eucalypts seedlings under boron rates in field and nursery conditions
???metadata.dc.creator???: Silveira, Ronaldo Luiz Vaz de Arruda
Moreira, Adônis
Higashi, Edson Namita
Keywords: Eucalipto - Manejo
Eucalipto - Altura
Diâmetro do caule
Eucalyptus grandis
Eucalyptus saligna
Eucalypts - Management
Eucalypts - Height
Stem diameter
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Apr-2004
Citation: SILVEIRA, R. L. V. de A.; MOREIRA, A.; HIGASHI, E. N. Crescimento e sobrevivência de mudas de eucalipto sob doses de boro cultivadas em condições de viveiro e de campo. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 2, p. 366-371, mar./abr. 2004.
???metadata.dc.description.resumo???: Conduziu-se este trabalho, em condições de viveiro e de campo para avaliar o efeito do boro sobre o crescimento em altura e diâmetro e a sobrevivência de mudas de eucalipto. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 5 x 2: cinco doses de boro (0, 0,325, 1,3, 5,2 e 20,8 mg L-1) na forma de octaborato e duas espécies de eucalipto (Eucalyptus grandis w. Hill ex Maiden e Eucalyptus saligna Sm), com cinco repetições. Pelos resultados, verifica-se que as mudas cultivadas com 5,2 e 20,8 mg L-1 de B apresentam redução significativa no crescimento em altura e no diâmetro do caule. Nas condições de campo, a aplicação de até 20,8 mg L-1 não afeta a sobrevivência das mudas das duas espécies de eucalipto. Observou que, nas condições de viveiro, o E. saligna é mais sensível à fitotoxidez de boro do que o E. grandis.
Abstract: The objective this work carried out under nursery and field conditions was determine the development and survival by eucalypts seedlings under boron rates. The randomized blocks experimental design in a 5 x 2 factorial scheme was used: five rates of boron (0, 0.325, 1.3, 5.2 and 20.8 mg L-1) and two species (Eucalyptus grandis w. Hill ex Maiden and Eucalyptus saligna Sm), with five replicates. The results showed that in two conditions, the eucalypts seedlings grown with 5.2 and 20.8 mg L-1 of boron had significative reduction in diameter and height. The application at 20.8 mg L-1 of boron did not affect the two eucalypts species survival in the field. The Eucalyptus saligna was more sensible than Eucalyptus grandis to boron rates under nursery conditions.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000200017
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback