Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5868

Title: Análise de dados de gastroenterite hemorrágica canina para identificar fatores de risco por regressão logística
Other Titles: Data analysis of hemorrhagic gastroenteritis to identify risk factors by logistic regression
???metadata.dc.creator???: Mendes, Paula Roberta
Muniz, Joel Augusto
Nunes, Hélio Rubens de Carvalho
Chalita, Liciana Vaz de Arruda Silveira
Aquino, Luiz Henrique de
Keywords: Gastroenterite hemorrágica
Epidemiologia
Modelo logístico
Razão de chances
Máxima verossimilhança
Hemorrhagic gastroenteritis
Odds ratio
Maximum likelihood
Logistic model
Epidemiology
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Apr-2004
Citation: MENDES, P. R. et al. Análise de dados de gastroenterite hemorrágica canina para identificar fatores de risco por regressão logística. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 2, p. 372-380, mar./abr. 2004.
???metadata.dc.description.resumo???: No presente estudo, ajustou-se um modelo de regressão logística para prever a probabilidade de óbito de cães acometidos por gastroenterite hemorrágica. O modelo Logístico é recomendado para variáveis-resposta dicotômicas em estudo de Coorte. Registraram-se 176 animais censitariamente atendidos com gastroenterite hemorrágica em quatro clínicas veterinárias da cidade de Lavras, sul de Minas Gerais, entre os anos de 1992 e 1999. Após terem sido selecionadas por meio do teste de <img src="/img/revistas/cagro/v28n2/a18img01.gif"> de Pearson ou teste exato de Fisher, ajustou-se o modelo considerando-se as variáveis sexo, idade, diárias de internação e número de atendimentos. A estimação dos parâmetros foi feita pelo método da máxima verossimilhança. Conclui-se que quando os cães acometidos por gastroenterite hemorrágica são atendidos apenas uma vez, aqueles com idade superior a 6 meses possuem 15,45 vezes mais chances de morrerem (P<0,05) do que aqueles com menos de 6 meses de idade. Quando os animais que apresentam a enfermidade possuem mais de 6 meses de idade, a chance de morrerem, se forem atendidos apenas uma vez, é 20,251 vezes maior (P<0,05) do que se recebessem de 2 a 7 atendimentos.
Abstract: This paper presents a study of how to fit a logistic regression model to predict the death probability of dogs with hemorrhagic gastroenteritis. A logistic model is recommended to treat dichotomic variables in Coorte study. Using a census procedure from 1992 to 1999 four veterinary clinic in Lavras, MG, registered 176 infected animals. The variables of the model have been chosen to be sex, age internment days rates and number of clinical treatments by the or Fisher's exact test. The parameters were estimated by the maximum likelihood method. The results showed that if the infected dogs were clinically treated only once then the animals older than six months had their mortality chances 15.45 times (P<0.05) larger than those younger than six months. If the infected animals younger than six months were clinically treated only once then their mortality chances were 20.251 (P<0.05) higher than if they had received two to seven medical treatments.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000200018
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback