Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5869

Título: Estudo das curvas de crescimento de cordeiros das raças santa inês e bergamácia considerando heterogeneidade de variâncias
Título Alternativo: Growth functions of Santa Inês and Bergamacy lambs considering heteroscedastic variance
Autor(es): Guedes, Marlon Henrique Paiva
Muniz, Joel Augusto
Perez, Juan Ramon Olalquiaga
Silva, Fabyano Fonseca e
Aquino, Luis Henrique de
Santos, Cristiane Leal dos
Assunto: Curva de crescimento
Regressão ponderada
Cordeiro
Growth functions
Weighted regression
Lamb
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2004
Referência: GUEDES, M. H. P. et al. Estudo das curvas de crescimento de cordeiros das raças santa inês e bergamácia considerando heterogeneidade de variâncias. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 2, p. 381-388, mar./abr. 2004.
Resumo: Funções de crescimento não-lineares foram ajustados a dados de peso-idade de 40 cordeiros das raças Santa Inês e Bergamácia. Pelos testes de Hartley e de Bartlett, verificou-se que os dados apresentavam heterogeneidade de variâncias; em função disso, ajustaram-se as funções de crescimento pelo método dos quadrados mínimos ponderado pelo inverso da variância dos pesos a cada pesagem utilizando a opção WEIGTH do PROC MODEL (SAS INSTITUTE, 1996). As funções de crescimento foram comparadas pela interpretação biológica dos parâmetros e pelos indicadores de qualidade do ajuste (coeficiente de determinação ajustado, quadrado médio do resíduo e teste de Durbin-Watson). As funções de von Bertalanffy e Gompertz apresentaram a melhor qualidade de ajuste, ao passo que as funções de Richards, Logística e Brody não se mostraram adequadas para descrever o crescimento dos animais por apresentarem estimativas não condizentes com a realidade.
Abstract: Non linear growth functions were fitted to weight-age data of 40 Santa Inês and Bergamacy lambs. The Hartley and Bartlett tests indicated that the data presented heteroscedastic variance, so the growth functions were fitted through weighted minimum square method by the inverse variance weight in each sampler using the WEIGHT option in PROC MODEL (SAS INSTITUTE, 1996). The functions were compared using the biological interpretation of the parameters and the quality indicators of fit (adjusted determination coefficient, mean square error and Durbin-Watson test). The von Bertalanffy and Gompertz functions provided the best fittings, whereas Richards, Logistic and Brody functions turned out not to be suitable for describing growth behavior, became estimates based on them do not agree with observation.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000200019
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback