Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5902

Title: Curvas de crescimento e influência de fatores não-genéticos sobre as taxas de crescimento de bovinos da raça Nelore
Other Titles: Growth curves and non-genetic factors affecting growth rate of Nelore cattle
???metadata.dc.creator???: Silva, Natascha Almeida Marques da
Aquino, Luiz Henrique de
Silva, Fabyano Fonseca e
Oliveira, Antonio Ilson Gomes de
Keywords: Curva de crescimento
Fatores não-genéticos
Nelore
Taxa de crescimento
Growth curve
Growth rate
Nelore cattle
Non-genetic factors
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Jun-2004
Citation: SILVA, N. A. M. da et al. Curvas de crescimento e influência de fatores não-genéticos sobre as taxas de crescimento de bovinos da raça Nelore. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 28, n. 3, p. 647-654, maio/jun. 2004.
???metadata.dc.description.resumo???: Avaliou-se a influência de efeitos não-genéticos sobre as taxas de crescimento de bovinos da raça Nelore nas seguintes fases: do nascimento à desmama, 205 dias, (TX1); da desmama a um ano, 365 dias, (TX2); e de um ano ao sobreano, 550 dias, (TX3). Os dados constam de nove pesagens bimestrais do nascimento aos dois anos de idade, observadas entre 1978 e 1993, em 1.138 animais da raça Nelore, sendo 508 machos e 630 fêmeas. Os modelos não-lineares de Brody, Gompertz, Richards, Bertalanffy e Logístico foram ajustados aos dados de peso-idade de cada animal, para a obtenção de pesos em idades de interesse. O modelo de Gompertz foi o que melhor se ajustou aos dados e, a partir dele, foram calculadas as taxas de crescimento. Foram observadas influências (P<0,01) de sexo sobre TX2 e TX3, de ano sobre todas as taxas e de época de nascimento sobre TX2 e TX3. Com a identificação dos fatores não-genéticos que influenciam a eficiência do crescimento dos animais em diferentes fases de sua vida, torna-se possível otimizar as técnicas de manejo empregadas em rebanhos especializados.
Abstract: Non-genetic effects were evaluated on growth rate of Nelore cattle from birth to 205 days (TX1), 205 to 365 days (TX2), and 365 to 550 days (TX3) of age. The data came from nine bimonthly weight-age records, from birth to two years of age, of 1.138 animals, 508 males and 630 females, collected between 1978 and 1993. Brody, Gompertz, Richards, Bertalanffy and Logistic nonlinear models were fitted for each animal, generating weight estimates at different ages. Gompertz model showed the best fitting and was chosen for growth rates computations. Effects (P<0,01) of sex on TX2 and TX3, year of birth on all growth rates, and season of birth on TX2 and TX3 (P<0,01), were observed. The optimization of management techniques in specialized herds is possible with the informations of the non-genetic factors that influence growth rates at distinct ages.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542004000300022
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback